Marcello Caminha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Marcello Caminha
Nascimento 1971 (47 anos)
Bagé
Cidadania Brasil
Ocupação compositor, violinista

Marcello de Macedo Caminha (Bagé, 1971) é um músico violonista, cantor e compositor brasileiro.[1]

História[editar | editar código-fonte]

Marcello morou até os sete anos na Estância da Queimadinha, no 2º distrito de Lavras do Sul. Depois foi para Bagé, para estudar. Estudou violão com o professor Edemar Teixeira. Mais tarde, a convite da escola, se tornaria ele próprio professor de violão.

Em 1985 participou de seu primeiro festival, o Sentinela da Canção, em Bagé. Depois desse, vieram muitos outros. Em 1993 participou do disco Filosofia de Andejo, de Luiz Marenco. Em 1998 Marcello lançou seu disco solo, Estrada do Sonho, que seria seguido por vários outros.

É o autor de um arranjo do Hino Rio-Grandense que, em sua versão original, tem a letra de Francisco Pinto da Fontoura, música de Joaquim José Mendanha e harmonização de Antônio Corte Real. [2]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Nome do Álbum Nome da Gravadora Ano de Lançamento
Estrada Do Sonho USA Discos 1998
As Belas Canções De Natal Ao Violão USA Discos 1999
Clássicos Gaúchos Ao Violão USA Discos 2000
Tangos Ao Violão USA Discos 2001
Clássicos Gaúchos Ao Violão Vol. II USA Discos 2002
Hinos Brasileiros Ao Violão USA Discos 2003
Clássicos Gaúchos Ao Violão Vol. III USA Discos 2005
Influência Independente 2008
Coletânea Sucessos de Ouro USA Discos 2009
Vídeo Aula Violão Gaúcho Independente 2010
Natal em Cordas ACIT 2011

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Prêmio Açorianos[editar | editar código-fonte]

Ano Categoria Indicação Resultado
2000[3] Instrumentista de Música Regional Marcello Caminha Venceu
2005[4] Instrumentista de Música Regional Marcello Caminha Indicado
2006[5] Instrumentista de Música Regional Marcello Caminha Venceu
2007[6] Instrumentista de Música Regional Marcello Caminha Indicado
2008[7] Compositor de Música Instrumental Marcello Caminha Venceu
Instrumentista de Música Instrumental Marcello Caminha Venceu
Disco de Música Instrumental[8] Influência Indicado
2011[9] Instrumentista de Música Regional Marcello Caminha (por Rio-Grandenses, de César Oliveira & Rogério Melo) Indicado
Instrumentista de Música Instrumental Marcello Caminha (por Natal em Cordas) Indicado
2015[10] Instrumentista de Música Regional Marcello Caminha Venceu
Compositor de Música Regional[11] Marcello Caminha Indicado

Referências

  1. «Marcello Caminha». Last.fm. Consultado em 24 de março de 2012. 
  2. «Hino Riograndense, arranjo: Marcello Caminha» (PDF). Artistas Gauchos. Consultado em 24 de março de 2012. 
  3. Prefeitura Municipal de Porto Alegre. «Vencedores do Prêmio Açorianos de Música - 2000». Consultado em 18 de abril de 2018. 
  4. Prefeitura Municipal de Porto Alegre. «Indicados ao Prêmio Açorianos de Música - 2005». Consultado em 2 de maio de 2018. 
  5. Prefeitura Municipal de Porto Alegre. «Vencedores do Prêmio Açorianos de Música - 2006». Consultado em 2 de maio de 2018. 
  6. Prefeitura Municipal de Porto Alegre. «Indicados ao Prêmio Açorianos de Música - 2007». Consultado em 2 de maio de 2018. 
  7. Prefeitura Municipal de Porto Alegre. «Vencedores do Prêmio Açorianos de Música - 2008». Consultado em 2 de maio de 2018. 
  8. Prefeitura Municipal de Porto Alegre. «Indicados ao Prêmio Açorianos de Música - 2008». Consultado em 2 de maio de 2018. 
  9. Prefeitura Municipal de Porto Alegre. «Indicados ao Prêmio Açorianos de Música - 2011». Consultado em 7 de maio de 2018. 
  10. Jornal do Comércio (2 de novembro de 2016). «Divulgados vencedores do Prêmio Açorianos de Música em Porto Alegre». Consultado em 8 de maio de 2018. 
  11. Prefeitura Municipal de Porto Alegre (5 de outubro de 2016). «Prêmio Açorianos de Música anuncia lista completa de indicados». Consultado em 8 de maio de 2018. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]