Marco Aurélio Moreira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Marco Aurélio
Informações pessoais
Nome completo Marco Aurélio Moreira
Data de nasc. 10 de fevereiro de 1952 (66 anos)
Local de nasc. Muriaé, MG,  Brasil
Altura 1,74 m
Apelido Marquinhos
Informações profissionais
Equipa atual Sem clube
Posição Treinador
(ex-Meia)
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
19701972
1972
19731975
1975
19761982
1982
1983
19841987
Brasil Fluminense
Brasil Vitória
Brasil Fluminense
Brasil Noroeste
Brasil Ponte Preta
Brasil São Bento
Brasil Taubaté
Brasil Coritiba
Times/Equipas que treinou
19981999
2000
2000
20002001
20012002
2002
20022003
2004
2004
2005
2005
2006
2007
2007
20072009
2010
2015
Brasil Ponte Preta
Brasil Vitória
Brasil Cruzeiro
Brasil Palmeiras
Brasil Cruzeiro
Brasil Ponte Preta
Japão Kashiwa Reysol
Brasil Ponte Preta
Brasil Cruzeiro
Brasil Figueirense
Brasil Atlético Mineiro
Brasil Ponte Preta
Brasil Fortaleza
Brasil Vitória
Brasil Ponte Preta
Brasil América Mineiro
Brasil Bragantino

Marco Aurélio Moreira, mais conhecido por Marco Aurélio (Muriaé, 10 de Fevereiro de 1952), é um ex-futebolista e treinador de futebol brasileiro. Atualmente está sem clube.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Como jogador[editar | editar código-fonte]

Iniciou sua carreira no Fluminense, onde era conhecido por Marquinhos. Depois teve grandes passagens por Ponte Preta e Coritiba, onde foi campeão brasileiro em 1985.

Como treinador[editar | editar código-fonte]

Foi técnico de equipes como Figueirense, Ponte Preta, Vitória, Cruzeiro, Palmeiras e Kashiwa Reysol do Japão.

Muitos não se lembram, mas foi ele quem dirigiu o time do Palmeiras na final da Copa Mercosul de 2000, onde o time paulista foi derrotado pelo Vasco da Gama de virada por 4 a 3, no jogo que é lembrado até hoje como a Virada do Século[1]. Também foi ele que criou polêmica em 2001 ao dispensar o jogador Alex do Cruzeiro via telefone celular, alegando que o camisa 10 estava acima do peso [2].

Títulos[editar | editar código-fonte]

Como jogador[editar | editar código-fonte]

Fluminense
Coritiba

Como treinador[editar | editar código-fonte]

Ponte Preta
Cruzeiro

Referências

  1. «Nostalgia! Vasco relembra 'virada do século' em site oficial». Terra Esportes. 20 de dezembro de 2013. Consultado em 19 de dezembro de 2014. 
  2. Filipe Rodrigues (8 de dezembro de 2014). «Treinador lembra dispensa de Alex do Cruzeiro em 2001: "Mal entendido"». globoesporte.com. Consultado em 19 de dezembro de 2014. 
Precedido por
Toninho Cerezo
Givanildo Oliveira
Técnico do Vitória
2000
2007
Sucedido por
Arturzinho
Vadão
Precedido por
Paulo Autuori
Ivo Wortmann
Ney Franco (Interino)
Técnico do Cruzeiro
2000
2001-2002
2004
Sucedido por
Luiz Felipe Scolari
Ney Franco (Interino)
Levir Culpi
Ícone de esboço Este artigo sobre um treinador de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.