Marco Cláudio Marcelo (cônsul em 331 a.C.)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Marco Cláudio Marcelo.
Marco Cláudio Marcelo
Cônsul da República Romana
Consulado 331 a.C.

Marco Cláudio Marcelo (em latim: Marcus Claudius Marcellus) foi um político da gente Cláudia da República Romana, eleito cônsul em 331 a.C. com Caio Valério Potito Flaco. Foi também nomeado ditador em 327 a.C.. É a primeira pessoa com este nome que se tem notícia. Marco Cláudio Marcelo, cônsul em 287 a.C, era seu filho.

Consulado (331 a.C.)[editar | editar código-fonte]

Foi eleito cônsul em 331 a.C. com Caio Valério Potito Flaco.[1] Durante seu mandato, muitos dos cidadãos mais influentes da cidade morreram em uma doença que apresentava sempre os mesmos sintomas. As mortes foram atribuídas a uma conspiração de mulheres: cento e setenta matronas foram condenadas por envenenamento depois que muitas delas se suicidaram. Todas foram condenadas por causa do testemunho de uma escrava[2].

Para apaziguar os deuses, Cneu Quíncio Capitolino foi nomeado ditador "clavi figendi causa" (para pregar o clavus annalis no Templo de Júpiter Capitolino). Seu mestre da cavalaria foi Caio Valério.

Ditadura (327 a.C.)[editar | editar código-fonte]

Em 327 a.C., enquanto os cônsules estavam focados nas campanhas da Segunda Guerra Samnita, recém-iniciada, Marco Cláudio foi nomeado ditador "comitiorum habendorum causa" para garantir a realização da assembleia das centúrias. Seu mestre da cavalaria foi Espúrio Postúmio Albino Caudino. A nomeação foi depois invalidada pelos áugures, que a consideraram viciada, um ato que os tribunos da plebe alegaram ter sido motivado pelo fato de Marcelo ser um plebeu.[3] A decisão criou um novo interregno que perdurou até que o 14º interrex, Lúcio Emílio, nomeou cônsules Caio Petélio e Lúcio Papírio Cursor.[4]

Árvore genealógica[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Cônsul da República Romana
SPQR.svg
Precedido por:
'Cneu Domício Calvino

com Aulo Cornélio Cosso Arvina II

Caio Valério Potito Flaco
331 a.C.

com Marco Cláudio Marcelo

Sucedido por:
'Lúcio Papírio Crasso

com Lúcio Pláucio Venão


Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]