Marco Delgado

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Marco Delgado
Nome completo Marco Bruno Tavares Delgado
Nascimento 18 de outubro de 1972 (46 anos)
Moçambique
Nacionalidade português
IMDb: (inglês)

Marco Bruno Tavares Delgado, mais conhecido por Marco Delgado, (Moçambique, 18 de Outubro de 1972) é um actor português.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Marco Bruno Tavares Delgado[1] nasceu em 18 de Outubro de 1972, na África Oriental Portuguesa (Moçambique).[2] Tem um irmão gémeo.[3]

Marco Delgado tem o curso de Formação de Actores do Instituto de Formação, Investigação e Criação Teatral e curso de Formação de Actores de Teatro do Instituto Franco-Português.[4]

A sua estreia no teatro regista-se em 1992 participou no elenco de Os Possessos Os Possessos, de Dostoiévski pelo Grupo Teatral In Periculum. Seguiram-se trabalhos como O Conto de Inverno, de Shakespeare, pelo Teatro da Cornucópia (1994), O Avarento, de Moliére, pela A Barraca (1995), Sonho de uma Noite de Verão, de Shakespeare, pela companhia do Teatro Nacional D. Maria II (1996).[4]

Em 1997 ingressou na Companhia Teatro da Garagem, onde participou em cerca de 10 espectáculos.[4]

No cinema participou em filmes como Corte de Cabelo (1994) de Joaquim Sapinho, António, Um Rapaz de Lisboa (1999) de Jorge Silva Melo, A Bomba (2000), Dot.com (2006) e Refrigerantes e Canções de Amor (2016) de Luís Galvão Telles ou Ruth (2018) de António Pinhão Botelho.[5][6]

Marco Delgado tem também dobrado vários personagens em filmes de animação, como aconteceu em O Panda do Kung Fu 2 (2011),[7] Os Piratas! (2012),[8] Mínimos (2015)[9] ou em À Procura de Dory (2016)[10].

Em televisão registam-se as participações de Marco Delgado em telenovelas como O Olhar da Serpente (2002),[11] Queridas Feras (2004) onde interpretou o papel de gémeos,[3] Santa Bárbara (2015), [12] em Rainha das Flores (2016) onde foi responsável por um dos papéis principais, [13] ou na premiada Paixão (2017)[14][15][16].

Em abril de 2015, numa grande entrevista publicada pela revista Tabu (Sol) Delgado assumiu a sua bisexualidade, revelando ter uma relação de 12 anos com outro homem.[17]

Em novembro de 2015, Marco Delgado e o seu irmão gémeo Sérgio, foram detidos na operação Full House da PSP, que visou encerrar um casino clandestino em Porto Salvo, Oeiras, no âmbito da investigação por jogo ilegal, auxílio à prostituição e tráfico de droga. Ao todo, na operação foram detidas 33 pessoas tendo todas saído em liberdade.[18]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Título Ref.
1996 Corte de Cabelo [5]
1997 Elas [5]
1998 História Sem Interesse [5]
2000 Capitães de Abril [5]
2000 Guiné [5]
2000 A Noiva [5]
2002 António, Um Rapaz de Lisboa [5]
2002 A Bomba [5]
2007 Dot.com [5]
2016 Refrigerantes e Canções de Amor [5]
2018 Ruth [6]

Dobragens[editar | editar código-fonte]

Ano Título Ref.
2011 O Panda do Kung Fu 2 [7]
2012 Os Piratas! [8]
2015 Mínimos [9]
2016 À Procura de Dory [10]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Ref.
2002 O Olhar da Serpente [11]
2004 Queridas Feras [3]
2015 Santa Bárbara [12]
2016 Rainha das Flores [13]
2017 Paixão [14][15][16]

Teatro[editar | editar código-fonte]

Ano Peça Companhia Ref.
1992 Os Possessos Grupo Teatral In Periculum [4]
1994 Diálogos sobre a Pintura na Cidade de Roma Teatro da Cornucópia [4]
1994 O Conto de Inverno Teatro da Cornucópia [4]
1995 O Avarento A Barraca [4]
1995 António, Um Rapaz de Lisboa AU - Artistas Unidos [4]
1996 Sonho de uma Noite de Verão Teatro Nacional D. Maria II (companhia) [4]
1997 Hotel Savoy Teatro da Garagem [4]
1997 Pentateuco: Manual de Sobrevivência para o Ano 2000
- O homem que ressuscitou - epifania em vinte estações
Teatro da Garagem [4]
1997 Pentateuco: Manual de Sobrevivência para o Ano 2000
- Desertos - evento didáctico seguido de um poema grátis
Teatro da Garagem [4]
1997 Pentateuco: Manual de Sobrevivência para o Ano 2000
- Peregrinação - O fio de Ariadne
Teatro da Garagem [4]
1998 O Jardim Zoológico de Cristal «Expo'98 - Festival Dos Cem Dias»,
«Teatro Nacional D. Maria II»
[4]
1998 Pentateuco: Manual de Sobrevivência para o Ano 2000
- Escrita da água - No rasto de Medeia
Teatro da Garagem [4]
1998 Pentateuco: Manual de Sobrevivência para o Ano 2000
- A menina que foi avó - Peça teatral em jeito de conto de fadas
Teatro da Garagem [4]
1998 Deuses Geniaes - Histórias de A mar Teatro da Garagem [4]
1999 O Livro das Cartas do Tesouro - O pavilhão dos náufragos - Sobre a compaixão Teatro da Garagem [4]
1999 Mudanças Teatro da Garagem [4]
1999 Saga Press Teatro da Garagem [4]
2001 Sonho de Outono AU - Artistas Unidos [4]
2002 O Amante AU - Artistas Unidos [4]
2002 Traições AU - Artistas Unidos [4]
2003 Loucos por Amor «Teatro Nacional D. Maria II»,
«CAL - Centro de Artes de Lisboa»
[4]
2005 O Método Gronholm «Prati» [4][19]
2005 Luz na Cidade Novo Grupo/ Teatro Aberto [4]
2010 Hedda AU - Artistas Unidos [4]
2013 O Preço Novo Grupo/ Teatro Aberto [4]
2015 As Raposas Novo Grupo/ Teatro Aberto [4]

Referências

  1. «Certidão de lista de associadas da Audiogest» (PDF). IGAC/Ministério da Cultura. 25 de julho de 2007. Consultado em 16 de Janeiro de 2014.. Arquivado do original (PDF) em 24 de dezembro de 2013 
  2. Rita Porto; Vítor Rainho (16 de abril de 2015). «Marco Delgado: Problema com a SIC 'parou a minha vida durante dois anos'». Sol. Consultado em 14 de maio de 2015. 
  3. a b c «Cara ou coroa?». Correio da Manhã. 30 de outubro de 2004. Consultado em 15 de novembro de 2018. 
  4. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z aa ab ac «Ficha de Pessoa : Marco Delgado». Indica erradamente "2006" como data de alteração dado que tem informação de "2015". Centro de Estudos de Teatro & Tiago Certal. 28 de Junho de 2006. Consultado em 15 de novembro de 2018. 
  5. a b c d e f g h i j k «Pessoa : Marco Delgado». Não são referidos os realizadores. CinePT - Cinema Português (Universidade da Beira Interior). Consultado em 15 de novembro de 2018.. Cópia arquivada em 30 de abril de 2018 
  6. a b «Cinema : Ruth». Antena 3 (RTP). 27 de abril de 2018. Consultado em 15 de novembro de 2018. 
  7. a b «Panda Kung Fu 2 : Kung Fu Panda 2». SapoMag. Consultado em 15 de novembro de 2018. 
  8. a b «Os Piratas!». SapoMag. Consultado em 15 de novembro de 2018. 
  9. a b Carolina Morais (15 de abril de 2016). «"Mínimos" já têm data de chegada à TV portuguesa». Diário de Notícias. Consultado em 15 de novembro de 2018. 
  10. a b Margarida Vaz (23 de junho de 2016). «À Procura de Dory, a sequela de À Procura de Nemo chega aos cinemas». Antena 1 (RTP). Consultado em 15 de novembro de 2018. 
  11. a b «Sedução fatal». Correio da Manhã. 26 de setembro de 2002. Consultado em 15 de novembro de 2018. 
  12. a b Carolina Morais (24 de setembro de 2015). «'Santa Bárbara' estreia-se já na segunda-feira». Diário de Notícias. Consultado em 15 de novembro de 2018.. Arquivado do original em 24 de setembro de 2015 
  13. a b Alexandra Martins do Vale (18 de março de 2016). «'Santa Bárbara' estreia-se já na segunda-feira». Movenotícias. Consultado em 15 de novembro de 2018. 
  14. a b TD (11 de abril de 2018). «"Paixão": novela da SIC premiada em Nova Iorque». SapoMag. Consultado em 15 de novembro de 2018. 
  15. a b TD (18 de novembro de 2017). «Hoje em Paixão Emoções fortes no primeiro episódio da nova novela (vídeo)». TeleNovelas. Consultado em 15 de novembro de 2018. 
  16. a b TD (29 de maio de 2018). «Novela gravada em Albufeira arrecadou prémio "Áquila"». Algarve Primeiro. Consultado em 15 de novembro de 2018. 
  17. Rita Porto; Vítor Rainho (16 de abril de 2015). «Marco Delgado: 'A minha sexualidade é uma coisa bastante aberta'». Sol. Consultado em 14 de maio de 2015. 
  18. Alexandre Panda, Valdemar Pinheiro; Sara Oliveira (28 Novembro 2015). «Gémeos de novela apanhados em casa de jogo e sexo». Jornal de Notícias. Consultado em 5 de dezembro de 2015. 
  19. «Guia do Lazer : Teatro : O Método Gronholm». Público. 5 de Abril de 2005. Consultado em 15 de novembro de 2018. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]