Marco Emílio Lépido (cônsul em 158 a.C.)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Marco Emílio Lépido (em latim, Marcus Aemilius M. f. M. n. Lepidus) foi um magistrado romano, possivelmente filho do pretor de 213 a.C. do mesmo nome.

Foi cônsul em 158 a.C. com Caio Popílio Lenas, sendo mencionado unicamente por Plínio[1] e pelos Fastos Capitolinos.

Árvore genealógica[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Hist. Nat. xxxiv. 6
  2. Michael Harlan, Roman Republican Moneyers and their Coins 63 BC - 49 BC, Londra, Seaby, 1995, pag. 3.
  3. Ronald Syme, L'aristocrazia augustea, Rizzoli Libri, Milano, 1993, ISBN 978-8817116077, tavola IV.
Precedido por:
Cneu Cornélio Dolabela e
Marco Fúlvio Nobilior
Cônsul da República Romana junto
com Caio Popílio Lenas

158 a.C.
Sucedido por:
Sexto Júlio César e
Lúcio Aurélio Orestes