Marco Miranda

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes confiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. (desde junho de 2012) Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Marco Miranda
Nome completo Marco Miranda de Castro Araújo
Nascimento 30 de abril de 1953 (64 anos)
Rio de Janeiro
Nacionalidade brasileiro
Ocupação ator
IMDb: (inglês)

Marco Miranda de Castro Araujo (Rio de Janeiro, 30 de abril de 1953), mais conhecido como Marco Miranda é um ator, diretor e autor brasileiro. Como autor assina Marco M. W. de Castro Araujo.

Carioca, ator e diretor teatral formado pela Escola de Teatro Martins Pena do Rio de Janeiro e Professor de Artes Cênicas, graduado pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro – UNIRIO, com Pós-Graduação pela Universidade Carioca – UNICARIOCA.

Atuou em peças de teatro, novelas de televisão e filmes, de diferentes autores, em inúmeros períodos e com os mais variados diretores. É autor de textos, peças de teatro, livros, crônicas, contos e artigos sobre assuntos diversos, publicados em diferentes periódicos.

Foi agraciado com a “Comenda Álvaro de Souza” e com o título “Mérito Honorífico” da Academia de Letras do Brasil – Seccional de Bragança; Com o título de “Honra ao Mérito” da Câmara Municipal da Cidade de Bragança e com o título de “Honra do Mérito” da Academia de Letras e Artes da mesma cidade.

Representou a Cidade do Rio de Janeiro na XIX Reunión del Comité Sectorial de Cultura -  “Las ciudades cuna de la cultura y de la identidad nacional” – Quito – Equador.

Recebeu o Prêmio “Top of Business – 2013” – Rio de Janeiro.

Indicado ao Prémio de Melhor Ator pelo espetáculo “Por que será que as amamos tanto?”.

“Menção Honrosa” no Concurso de Contos de Geneve – Suíça – 2013.

Recebeu o título de Escritor Lusófono por Excelência 2015.

Membro da Academia de Artes do Teatro do Brasil.

Agraciado com a Medalha Cívico Militar da ABRAMIL.

Membro da Academia Virtual dos Poetas da Língua Portuguesa. (Cadeira 27 – Patrono : Emílio de Menezes)

Membro da Academia de Letras, Artes e Ciências de Iguaba Grande.

Membro da Academia de, Letras e Artes Paranapuan (Cadeira 20 – Patrono: Casemiro de Abreu)

Membro da Federação Brasileira dos Acadêmicos das Ciências, Letras e Artes.

Recebeu a Medalha “Monteiro Lobato” da Associação dos Escritores de Angra dos Reis.

Agraciado com o “Grande Prêmio Mérito Cultural e Histórico Guanabara”.

Agraciado com a Comenda da Soberana Ordem da Coroa de Gotland.

Agraciada com a Medalha “Personalidade do Ano” da Academia de Artes de Cabo Frio.

Agraciado com a Medalha “Mérito Cultural Austregésilo de Athayde”

Agraciado com a Comenda “Barão de Ayuruoca”

Prêmio CENYM – Categoria Especial – 2016

Agraciado com a Comenda da Paz Nelson Mandela – 2016

Prêmio Destaque Literário Lusófono do Núcloe Acadêmico de Letras e Artes de Lisboa – Portugal

Membro da Academia de Letras e Artes de Fortaleza

Agraciado com o Título de Personalidade do Ano de 2015 concedido pela Augustíssima e Soberana Casa Real e Imperial dos Godos do Oriente.

Agraciado com O Troféu Honorável Mestre das Ciências, Letras e Artes – Qualidade Ouro da Federação Brasileira dos Acadêmicos dos Ciências, Letras e Artes.

É mais conhecido por seus papeis em novelas de televisão, especialmente na Rede Globo, onde atuou em diversas novelas, dentre elas: O Salvador da Pátria[1] , Começar de novo, Chocolate com Pimenta, Salomé, A Próxima Vítima, Sassaricando, Mulheres de Areia, O Sorriso do Lagarto e A Indomada.

Em teatro interpretou os mais diversos papeis em dramas, comédias e musicais. Dentre os espetáculos em que atuou destacam-se: Piaf, A vida de uma estrela da canção, A Estrela Dalva, O Rei Lear, Mãe coragem, Rio de Cabo a Rabo, O sol feriu a terra e a chaga se alastrou, O castelo das sete torres, Barreado, Memórias de um sargento de milícias, A noite do antílope dourado, Capitães de Areia, Espia uma mulher que se mata e Por que será que as amamos tanto?.

Atuou também no cinema em filmes como Sábado Alucinante, O Beijo no Asfalto e Um tango para Alice. Seu trabalho mais marcante em televisão foi na telenovela Sassaricando.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um ator é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.