Marco Nanini

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Marco Nanini
Marco Nanini e a atriz Mariana Lima na cerimônia do Prêmio Shell de 2010, em que ambos foram premiados por suas interpretações na peça Pterodátilos.[1][2]
Nome completo Marco Antônio Barroso Nanini
Outros nomes Marco Nanini
Nascimento 31 de maio de 1948 (69 anos)
Recife, Pernambuco
Nacionalidade brasileiro
Ocupação Ator, produtor teatral, humorista, dramaturgo, autor e diretor de teatro
Atividade 1965 — atualmente
IMDb: (inglês)

Marco Antônio Barroso Nanini (Recife, 31 de maio de 1948) é um ator, diretor de teatro, humorista, dramaturgo e produtor teatral brasileiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Dos anos 60 aos anos 90[editar | editar código-fonte]

Trabalhou em um banco e um hotel antes entrar na carreira teatral, atuando profissionalmente pela primeira vez em uma peça infantil no ano de 1965.[3] Antes de ganhar papéis de destaque na teledramaturgia, participou da novela "A Ponte dos Suspiros" da Rede Globo, em 1969, como um figurante que fazia parte de cenas que simulavam batalhas.[4] A partir dos anos 70 fez filmes para o cinema e com o passar dos anos até o final da década 90 esteve envolvido na produção de novelas na Rede Bandeirantes, Rede Tupi e em sua maioria na Rede Globo, fazendo uma carreira de sucesso na televisão. No ano de 1986 estreou a peça O Mistério de Irma Vap, montagem protagonizada junto com Ney Latorraca e reconhecida pelo Guinness Book como a peça que manteve o mesmo elenco por mais tempo, sendo 11 anos em cartaz.[5]

Seriado A Grande Família[editar | editar código-fonte]

Em 2001, estreou na segunda versão do seriado A Grande Família e este programa permaneceu no ar até 2014 devido o sucesso de público com o qual foi agraciado.[6] No ano de 2007, foi lançado nos cinemas A Grande Família - O Filme e, nos três primeiros dias em cartaz, a película havia arrecadado R$ 2,5 milhões.[7]

2016-presente: Retorno às novelas[editar | editar código-fonte]

Em 2016, após 15 anos, retornou às novelas na trama das 18h no papel dos gêmeos Professor Pancrácio Martino [8] e do Doutor Pandolfo Martino.[9] Comemorando 50 anos de carreira, estreia a peça Ubu Rei em maio de 2017.[10] Em 2018 atuará na novela Deus Salve o Rei como um monarca de um reino fictício. A sua participação está garantida até o capítulo de número 50, e ainda voltará nos momentos finais da história[11]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Em outubro de 2011, numa entrevista à revista Bravo!, Nanini assumiu ter tido experiências homossexuais.[12] Em abril de 2012, em entrevista à revista Época, Marco Nanini voltou a tocar no assunto, comentando a entrevista de 2011 e referindo-se às notícias de violência contra homossexuais:

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem
1971 O Cafona Julinho
1972–1979 Caso Especial
1972 A Patota Simões
1972 O Primeiro Amor Rui
1973 Carinhoso Faísca
1975 Pecado Capital Vinícius Lisboa
1975 A Moreninha Felipe
1975 Gabriela Prof. Josué
1976–1982 Planeta dos Homens Vários Personagens
1976 O Feijão e o Sonho Barbeiro
1977 Sítio do Picapau Amarelo Guarda Anselmo (Episódio: O Picapau Amarelo)
1977 Um Sol Maior Lauro
1979 Feijão Maravilha Jorginho
1979 O Todo-Poderoso Caio
1979 Telecurso 2º Grau
1980 As Três Marias Aluísio
1982 Elas por Elas Décio
1985 Joana Cacau
1985 Um Sonho a Mais Mosca/Florisbela Freire
1986 Tele Tema Episódio: A Luneta Mágica[15]
1987 Brega e Chique Montenegro [16]
1988–1990 TV Pirata Billy Joe/Tenente O'Hara/Cientista Louco
1991 Especial Escolinha do Professor Raimundo - 25 Anos de Trapalhões Seu Rolando Lero
1992 Pedra sobre Pedra Ivonaldo Pontes
1993 O Mapa da Mina Dr. Mauro (cirurgião procurado por Toni)
1993–1995 Caso Especial Vários personagens
1993–1994 Terça Nobre Vários Personagens
1994 Brasil Especial
1995 Terça Nobre Coronel Ponciano de Azevedo (Episódio: O Coronel e o Lobisomem)
1995–1997 Comédia da Vida Privada Maurício/Waldemar/Vários Personagens
1998 Dona Flor e Seus Dois Maridos Teodoro Madureira
1999 O Auto da Compadecida Cangaceiro Severino de Aracaju (Capitão)
1999 Andando nas Nuvens Otávio Montana
2000 A Invenção do Brasil Narrador
2000–2001 Brava Gente Euricão (Episódio: O Santo e a Porca) [17]
2001–2014 A Grande Família Lineu Silva [18][19]
2011 O Bem Amado Odorico Paraguaçu
2016 Êta Mundo Bom! Prof. Pancrácio Martino
Dr. Pandolfo Martino
2017 O Álbum da Grande Família Lineu Silva (narrador)[20]
2018 Deus Salve o Rei Rei Augusto de Artena

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel
1973 As Moças Daquela Hora Luizinho
1975 O Roubo das Calcinhas Alfredinho
1978 A Noite dos Duros Bartô
1980 Teu Tua Rapaz
1987 Anjos da Noite Guto
1987 Feliz Ano Velho Beto
1995 Carlota Joaquina, Princesa do Brasil D. João VI
1998 Amor & Cia. Alves
2000 O Auto da Compadecida Cangaceiro Severino de Aracaju (Capitão)
2001 Caramuru - A Invenção do Brasil Narrador
2001 Copacabana Alberto
2001 O Xangô de Baker Street Mello Pimenta
2003 Lisbela e o Prisioneiro Frederico Evandro
2003 Irmão Urso Tuke, o alce (dublagem)
2004 Apolônio Brasil, Campeão da Alegria Apolônio Brasil
2006 Irma Vap: O Retorno Tony Albuquerque/Cleide Albuquerque
2007 A Grande Família - O Filme Lineu Silva
2008 Romance Rodolfo
2009 A Suprema Felicidade Vovô Noel
2010 O Bem Amado Odorico Paraguaçu

Teatro[editar | editar código-fonte]

Ano Título Nota
1965 A Floresta Encantada
1965 O Bruxo E A Rainha (de: Pedro Reis)
1966–68 Escola de Teatro (Conservatório Nacional de Teatro - RJ)
1968 Ralé (direção: Gianni Rato)
1968 Salomé (direção: Martins Gonçalves)
1968 Stanislaw Ponte Preta e o Sexo Zangado (de: Sérgio Porto e Max Frish)
1969 A Gatatarada (com: Dercy Gonçalves]])
1969 O Show do Crioulo Doido (de: Sérgio Porto)
1970 Esse Banheiro é Pequeno Demais Para Nós Dois (de: Ziraldo)
1970–71 A Vida Escrachada de Joana Martini e Baby Stompanato (direção: Antônio Pedro)
1971 A Pequena Notável (show sobre Carmen Miranda)
1972 O Cordão Umbilical (direção: Aderbal Jr.)
1973 O Encontro no Bar ( direção: Celso Nunes)
1973–75 As Desgraças de uma Criança (de: Martins Pena)
1974 Pippin (direção: Flávio Rangel)
1975 Pano de Boca (de: Fauzi Arap)
1976–77 Deus Lhe Pague (direção: Bibi Ferreira)
1976–77 Um Padre à Italiana (de: Pedro Mário Herrera)
1977 Os Filhos de Kennedy (de: Robert Patrick)
1978 Camas Redondas, Casais Quadrados (direção: José Renato)
1978 Zoo Story (de: Edward Albee)
1979 Tiro ao Alvo (de: Flávio Márcio)
1980–81 Brasil da Censura à Aberta ( direção: Jô Soares)
1980–84 Doce Deleite (de: Mauro Rasi)
1984 Mão na Luva (de: Oduvaldo Vianna Filho)
1985–86 O Corsário do Rei (direção: Augusto Boale)
1986 A Bandeira dos Cinco Mil Réis (direção: Aderbal Jr.)
1986 O Mistério de Irma Vap (direção: Marília Pêra)
1995 Kean (de: Jean-Paul Sartre)
1996–98 O Burguês Ridículo (de: Molière)
1998–00 Uma Noite na Lua (de/direção: João Falcão)
2001 Quem Tem Medo de Virgínia Woolf? (de: Edward Albee)
2002 Os Solitários (de/direção: Felipe Hirsch)
2003 A Morte do Caixeiro Viajante (de: Arthur Miller)
2005 Um Circo de Rins e Fígados (de: Gerald Thomas)
2007–08 O Bem Amado (de: Dias Gomes)
2010–11 Pterodatilos (de Nicky Silver)
2012–13 A Arte e a Maneira de Abordar seu chefe para pedir um aumento (de Georges Perec)
2014–15 Beije Minha Lápide (de Jô Bilac)
2017 Ubu Rei Pai Ubu

Parte Técnica[editar | editar código-fonte]

Ano Título Cargo
1965 A Floresta Encantada Autor da peça
1973 Descasque o Abacaxi Antes da Sobremesa
1979 Tiro ao Alvo Produtor da peça
1980–84 Doce Deleite
1984 Mão na Luva
1986 A Bandeira dos Cinco Mil Réis
1986–95 O Mistério de Irma Vap
1990–92 Fulaninha e Dona Coisa Diretor da peça
1991 Hello Gershwin
1991–93 Fulaninha e Dona Coisa Produtor da peça
1992 De Rosto Colado Diretor da peça
1994 O Médico e o Monstro
1994 O Médico e o Monstro Produtor da peça
1995 Kean
1995 As Regras do Jogo Diretor da peça
1996 E Continua Tudo Bem
1996–98 O Burguês Ridículo Produtor da peça
1998–00 Uma Noite na Lua
2000/01 Quem Tem Medo de Virgínia Woolf?
2002 Os Solitários
2003 A Morte de um Caixeiro Viajante
2003 Nada de Pânico!!!
2005 Um Circo de Rins e Fígados
2006 Irma Vap - O Retorno Produtor do filme
2007 O Bem Amado Produtor da peça
2008 Cine Teatro Limite
2009 Do Começo ao fim Produtor do filme
2010–11 Pterodáctilos Produtor da peça

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Trabalho Resultado Ref
1977 Prêmio Governador do Estado melhor ator Os Filhos de Kennedy Venceu [21]
1978 Prêmio Governador do Estado melhor ator Zoo Story Venceu [21]
1981 Prêmio Mambembe melhor ator Doce Deleite Venceu [21]
1984 Prêmio Molière Melhor ator Mão na Luva Venceu [21]
1984 Mambembe Melhor ator Venceu [21]
1984 APETESP Melhor ator Venceu [21]
1988 Prêmio APETESP melhor ator O Mistério de Irma Vap Venceu [21]
1988 Prêmio Governador do Estado melhor ator Anjos da Noite Venceu
1994 Festival de Cinema de Damasco melhor ator por júri popular Carlota Joaquina, Princesa do Brazil Venceu
1996 Prêmio Sharp melhor ator O Burguês Ridículo Venceu [21]
1998 Festival de Cinema Brasileiro em Miami melhor ator Amor & Cia. Venceu
1998 Festival de Cinema de Santa Cruz melhor ator Venceu
1998 Prêmio Sharp melhor ator Uma Noite na Lua Venceu [21]
1998 Mambembe melhor ator Venceu [21]
2000 Troféu Imprensa Melhor Ator Andando nas Nuvens Indicado [22]
2000 Grande Prêmio do Cinema Brasileiro Melhor Ator Amor & Cia. Indicado [23]
2001 Prêmio IBEU melhor ator Quem Tem Medo de Virgínia Woolf?' ' Venceu
2001 Prêmio Qualidade Brasil melhor ator de sitcom A Grande Família Venceu
2002 Prêmio APCA melhor ator Venceu
2002 Festival de Cinema Brasileiro em Miami melhor ator Copacabana Venceu
2002 Grande Prêmio do Cinema Brasileiro Melhor Ator Indicado [24]
2002 Melhor Ator coadjuvante O Xangô de Baker Street Indicado
2003 Prêmio Qualidade Brasil melhor ator Lisbela e o Prisioneiro Venceu
2003 Prêmio Qualidade Brasil melhor ator de teatro A Morte do Caixeiro Viajante Venceu
2004 Prêmio ACIE de Cinema Melhor Ator Apolônio Brasil, Campeão da Alegria Venceu [25]
2007 Prêmio Qualidade Brasil melhor ator de teatro de comédia O Bem Amado (peça) Venceu
2008 Prêmio APCA melhor ator Venceu
2008 Prêmio Contigo de teatro melhor ator por júri popular Venceu
2010 Prêmio Faz Diferença do Jornal O Globo Personalidade do Ano Teatro Venceu [26]
2010 Prêmio Arte Qualidade Brasil Melhor Ator Pterodáctilos Venceu
2010 Prêmio Quem Melhor ator de Teatro Venceu
2011 Prêmio APTR Melhor Ator Venceu
2011 Prêmio Shell Melhor Ator Venceu
2011 Prêmio Bravo! Bradesco Prime de Cultura Melhor Espetáculo de Teatro Venceu [27]
2011 Artista do Ano Carreira Venceu
2011 Grande Prêmio do Cinema Brasileiro Melhor Ator O Bem Amado (filme) Indicado [28]
2011 Prêmio Qualidade Brasil Melhor Ator Série/Minissérie O Bem-Amado (série) Indicado [29]
2014 Prêmio F5 ator do ano A Grande Família Indicado [30]
2014 Prêmio Quem de Televisão Melhor Ator Indicado [31]
2016 Prêmio Extra de Televisão Melhor Ator Coadjuvante Êta Mundo Bom! Indicado [32]
2016 Melhores do Ano Melhor Personagem do Ano Venceu [33]
2016 Prêmio Quem de Televisão Melhor Ator Coadjuvante Venceu [34]

Referências

  1. «Atores prestigiam a 23ª edição do Prêmio Shell de Teatro, no Rio de Janeiro». UOL Celebridades. Consultado em 14 de julho de 2016 
  2. «'Pterodátilos' conquista três prêmios de teatro». Diário do Grande ABC. Consultado em 14 de julho de 2016 
  3. http://contigo.abril.com.br/famosos/marco-nanini/ator/vida
  4. http://memoriaglobo.globo.com/Memoriaglobo/0,27723,GYN0-5273-223580,00.html
  5. http://revistaquem.globo.com/Revista/Quem/0,,EMI13036-8224,00.html
  6. http://memoriaglobo.globo.com/Memoriaglobo/0,27723,GYN0-5273-258078,00.html
  7. http://www1.folha.uol.com.br/folha/ilustrada/ult90u68014.shtml
  8. «Veja o elenco da nova novela das 6 "Êta Mundo Bom"». Consultado em 6 de dezembro de 2015 
  9. «Irmão gêmeo de Pancrácio estreia em "Êta Mundo Bom"; veja primeira foto». UOL TV e FAMOSOS. Consultado em 17 de julho de 2016 
  10. «Marco Nanini celebra 50 anos de carreira com espetáculo 'Ubu Rei'». Metro Jornal. Consultado em 28 de setembro de 2017 
  11. «Marco Nanini terá personagem de destaque em Deus Salve o Rei». Planeta TV. Consultado em 28 de setembro de 2017 
  12. http://ego.globo.com/famosos/noticia/2011/10/vezes-pintam-uns-namorados-diz-marco-nanini-em-entrevista.html
  13. Época
  14. Mix Brasil
  15. «Túnel do Tempo: Relembre Marco Nanini no Teletema 'A Luneta Mágica' Programa estreou na telinha da Globo há 25 anos». Globo.com -Vídeo Show. Consultado em 17 de julho de 2016 
  16. «Marília Pêra na novela 'Brega e Chique' ao lado de Marco Nanini». PurePeople. Consultado em 17 de julho de 2016 
  17. «FOCO Brava Gente leva qualidade à tevê - ISTOÉ Gente Online - Marco Nanini: o ator está na adaptação da peça O Santo e a Porca, de Ariano Suassuna». FOCO-ISTOÉ Gente Online. Consultado em 17 de julho de 2016 
  18. «Marco Nanini se despede do Lineu de 'A grande família', estreia peça e diz que assumir ser gay não mudou em nada sua vida» 
  19. «Marco Nanini fala sobre o fim do personagem Lineu: 'Um companheiro'-Seriado chega ao 430º episódio e pode terminar até o final de 2013.». EGO. Consultado em 17 de julho de 2016 
  20. «'Álbum da Grande Família' vai voltar à TV em formato de especial» 
  21. a b c d e f g h i j «Nova novela das 19h é sobre roqueiro decadente vivido por Vladimir Brichta». Enciclopedia. Consultado em 20 de setembro de 2017 
  22. Troféu Imprensa 1999. Chance de Gol. Página visitada em 9 de Agosto de 2015.
  23. «Sai a lista de indicados para o Oscar brasileiro». Grupo Estado. 9 de dezembro de 1999. Consultado em 28 de setembro de 2017 
  24. «Rio de Janeiro - Veja os concorrentes do Primeiro Grande Prêmio BR». EPipoca. Consultado em 25 de fevereiro de 2017 
  25. «Todas as edições do Prêmio ACIE de Cinema». Prêmio ACIE de Cinema. Consultado em 25 de fevereiro de 2017 
  26. «Confira os vencedores do Prêmio - O Globo - Prêmio Faz Diferença». O Globo. 2010. Consultado em 28 de setembro de 2017 
  27. «Marco Nanini é eleito o artista do ano do Prêmio Bravo! -». Cultura e Mercado. 2010. Consultado em 28 de setembro de 2017 
  28. «Grande Prêmio do Cinema Brasileiro anuncia lista de indicados». Correio 24 horas. Consultado em 25 de fevereiro de 2017 
  29. «Categoria Televisão - 2011 - Prêmio Arte Qualidade Brasil». premioartequalidade.org.br. Consultado em 19 de junho de 2016 
  30. «Prêmio F5 - Ator do Ano (série ou minissérie)» 
  31. «Prêmio QUEM 2014: Conheça e vote nos finalistas da categoria TV». Revista Quem. Consultado em 25 de fevereiro de 2017 
  32. «Prêmio Extra de TV 2016: vote nos melhores da televisão». Extra Online 
  33. «'Melhores do Ano': conheça os indicados ao prêmio em 2016». tv 
  34. Os vencedores do Prêmio QUEM

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Marco Nanini
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.