Marcos Montes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Marcos Montes Cordeiro)
Marcos Montes Cordeiro
Durante reunião da Frente Parlamentar da Agropecuária. Foto: José Cruz/ABr
Ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Brasil
Período 30 de março de 2022
a 31 de dezembro de 2022
Presidente Jair Bolsonaro
Antecessor(a) Tereza Cristina
Sucessor(a) Carlos Fávaro
Deputado federal por Minas Gerais
Período 1 de fevereiro de 2007
até 1 de fevereiro de 2019
(3 mandatos consecutivos)
59º Prefeito de Uberaba
Período 1 de janeiro de 1997
até 16 de agosto de 2004
Antecessor(a) Luiz Guaritá Neto
Sucessor(a) Odo Adão
Dados pessoais
Nascimento 3 de agosto de 1949 (73 anos)
Sacramento, MG
Nacionalidade brasileiro
Partido PFL (1995-2007)
DEM (2007-2011)
PSD (2011-presente)
Profissão Médico

Marcos Montes Cordeiro (Sacramento, 3 de agosto de 1949) é um médico, produtor rural e político brasileiro, filiado ao PSD. Foi Ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Brasil até 31 de dezembro de 2022.[1]

Anteriormente, foi prefeito de Uberaba de 1997 a 2004, Secretário de Estado de Desenvolvimento Social e Esportes de Minas Gerais, e deputado federal por três mandatos, entre 2007 e 2019. Como deputado, foi líder da bancada do PSD na Câmara, e também presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária, colegiado integrado por deputados federais e senadores.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascido em 3 de agosto de 1949 na histórica cidade de Sacramento - no Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba -, de onde se mudou ainda criança para Uberaba - na mesma região. É filho de Jurandir Cordeiro e Augusta Montes Cordeiro e casado com Marília Andrade, com quem tem duas filhas.

É médico formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com especialização em medicina do trabalho, medicina intensivista e anestesiologia. Foi servidor da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM/Uberaba), e é produtor rural.

Carreira política[editar | editar código-fonte]

Reeleito com 116.175 votos para seu terceiro mandato (2015/2018), o deputado federal Marcos Montes (PSD/MG) saiu das urnas na condição de majoritário em dezenas de cidades – sendo, inclusive, o mais votado na região do Triângulo Mineiro.

Nascido em 3 de agosto de 1949 na histórica cidade mineira de Sacramento, de onde se mudou ainda criança para Uberaba, ele é filho de Jurandir Cordeiro e Augusta Montes Cordeiro, e casado com Marília Andrade, com quem tem duas filhas.

Marcos Montes é médico formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e fez carreira de servidor na Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM/Uberaba). Tem especialização em Medicina do Trabalho, Medicina Intensivista e Anestesiologia. Também é produtor rural.

E, em especial, criou o programa Bom de Bola, Bem de Rua, quando convidou para morar em Uberaba e contratou o bicampeão mundial de futebol Djalma Santos para comandar o programa, que chegou a ter, de uma só vez, mais de 4.000 crianças/adolescentes praticando o esporte. O bicampeão morreu em 2013, em Uberaba, vítima de pneumonia.

Marcos Montes se filou ao PFL em 1995, permanecendo na legenda quando esta foi transformada em DEM, e só mudando em 2011, para o então recém-criado Partido Social Democrático (PSD). Foi líder e vice-líder da bancada do PSD na Câmara dos Deputados; é fundador e presidente do PSD de Uberaba, e a convite do fundador e líder nacional do partido, ex-prefeito de São Paulo, ministro Gilberto Kassab, assumiu a coordenação Regional do PSD/Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba, com o objetivo de fortalecer e ampliar a legenda na mesorregião.

Sua atuação foi importantíssima no crescimento dos números do PSD nas eleições municipais de 2016 - contribuindo com a vitória de vários prefeitos, vices e vereadores da legenda.

Referências

  1. Decretos de 30 de março de 2022. Imprensa Nacional. Acesso em 3 de abril de 2022.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Tereza Cristina
Ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Brasil
2022–
Sucedido por