Margarida Holland

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Margarida
Condessa consorte de Somerset
Duquesa consorte de Clarence
Cônjuge João Beaufort, 1º conde de Somerset
Tomás de Lencastre, Duque de Clarence
Descendência Henrique Beaufort, 2.° Conde de Somerset
João Beaufort, 1.° Duque de Somerset
Tomás Beaufort, Conde de Perche
Edmundo Beaufort, 2.° duque de Somerset
Joana, Rainha da Escócia
Margarida Beaufort, Condessa de Devon
Casa Holland
Beaufort
Lencastre
Nascimento entre 1381/85
Morte 31 de dezembro de 1439
  Abadia de São Salvador, Bermondsey, Londres, Inglaterra
Enterro Catedral de Cantuária, Kent, Inglaterra
Pai Tomás Holland, 2.° Conde de Kent
Mãe Alice FitzAlan

Margarida Holland (em inglês: Margaret; entre 1381/85Londres, 30 ou 31 de dezembro de 1439)[1] [2] foi condessa consorte de Sormeset através de seu primeiro casamento com João Beaufort, 1º conde de Somerset, e duquesa consorte de Clarence pelo seu segundo casamento com Tomás de Lencastre, Duque de Clarence.

Família[editar | editar código-fonte]

Margarida possuía laços sanguíneos com a família real inglesa, e também era associada a Dinastia Plantageneta por casamento.

Seu pai era Tomás Holland, 2.° Conde de Kent, filho de Tomás Holland, 1.º Conde de Kent e de Joana de Kent. Joana, neta do rei Eduardo I de Inglaterra, casou-se pela terceira vez com Eduardo, o Príncipe Negro, filho do rei Eduardo III de Inglaterra, e foram pais do rei Ricardo II de Inglaterra.

Sua mãe era Alice FitzAlan, filha de Ricardo FitzAlan, 10.° Conde de Arundel e de Leonor de Lencastre, cujo pai Henrique, 3.º Conde de Lencastre, era neto paterno do rei Henrique III de Inglaterra.

Margarida foi a sétima de dez filhos. Entre seus irmãos estavam: Tomás, 1.° Duque de Surrey, marido de Joana Sttaford; Leonor, condessa de March e baronesa Cherleton, foi casada duas vezes; Joana, foi casada quatro vezes, sendo a primeira vez com Edmundo de Langley; Edmundo, 4.° conde de Kent, marido de Lúcia Visconti; Leonor, condessa de Salisbury; Isabel, esposa de João Neville, e Brígida, uma freira em Barking.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Em data anterior a 28 de setembro de 1397, Margarida casou-se com João Beaufort. João era filho ilegítimo de João de Gante, filho do rei Eduardo III, e de sua amante e depois esposa, Catarina Swynford.

O casal teve seis filhos. Ele morreu em 16 de março de 1410.

Após obter uma dispensa papal, Margarida casou-se com o duque Tomás de Lencastre, sobrinho de seu falecido marido, em 10 de novembro de 1411. Porém, eles não tiveram filhos.

Como o segundo filho do rei Henrique IV de Inglaterra e de Maria de Bohun, Tomás foi por um tempo herdeiro de seu irmão mais velho, Henrique V. O duque perdeu sua vida durante a Batalha de Baugé, parte da Guerra dos Cem Anos, em 22 de março de 1241.

Em 1399, ela foi investida como Dama Companheira da Ordem da Jarreteira.

Vinte e oito anos após ficar viúva pela última vez, Margarida morreu em 30 ou 31 de dezembro de 1439, na Abadia de São Salvador, em Bermondsey, em Londres. Ela foi enterrada na Catedral de Cantuária, ao lado de seus dois maridos. [3]

Descendência[editar | editar código-fonte]

De seu primeiro casamento:

Ascendência[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Margarida Holland

Referências