Margarida de Blois

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Margarida de Blois
Selo da condessa Margarida.
Condessa de Blois e de Châteaudun
Reinado 121812 de julho de 1230
Antecessor(a) Teobaldo VI
Sucessor(a) Maria
Condessa consorte da Borgonha
Reinado 119013 de janeiro de 1200
Predecessor Águeda da Lorena
Sucessor Isabel de Tirol
 
Cônjuge Hugo d'Oisy
Otão I da Borgonha
Gualtério II de Avesnes
Descendência Joana I, Condessa da Borgonha
Beatriz II, Condessa da Borgonha
Maria, Condessa de Blois
Isabel de Avesnes
Teobaldo de Avesnes
Casa Blois (por nascimento)
Hohenstaufen (por casamento)
Nascimento 1170
Morte 12 de julho de 1230 (60 anos)
Enterro Catedral de Besançon, Franco-Condado, França
Pai Teobaldo V de Blois
Mãe Alice de França

Margarida de Blois (em francês: Marguerite; 117012 de julho de 1230)[1] foi suo jure condessa de Blois e de Châteaudun, e condessa consorte da Borgonha pelo seu segundo casamento com Otão I da Borgonha.

Família[editar | editar código-fonte]

Margarida era a primeira filha e segunda criança nascida do conde Teobaldo V de Blois e da princesa Alice de França. Seus avós paternos eram o conde Teobaldo IV de Blois e Matilde de Caríntia. Seus avós maternos eram o rei Luís VII de França e a duquesa Leonor da Aquitânia.

Ela teve seis irmãos, entre eles: o conde Luís I de Blois; Isabel, suo jure condessa de Chartres e Romoranti, Adelaide, abadessa de Fontevraud, etc.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Primeiro casamento[editar | editar código-fonte]

Em 1183, com cerca de 13 anos de idade, Margarida casou-se com Hugo d'Oisy, châtelain de Cambrai, como sua segunda esposa. Ele era filho de Simão d'Oisy e de Ada de la Ferté-Ancoul.

Eles não tiveram filhos, e Hugo morreu em 29 de agosto de 1189.

Segundo casamento[editar | editar código-fonte]

Pouco tempo depois de ficar viúva, Margarida casou-se novamente em 1190, com o conde Otão I da Borgonha, filho de Frederico I do Sacro Império Romano-Germânico e de Beatriz I da Borgonha. Na época ela tinha aproximadamente 20 anos de idade, e ele, cerca de 21.

O casal teve duas filhas, Joana e Beatriz.

A condessa ficou viúva pela segunda vez, em 13 de janeiro de 1200, após o assassinato de Otão em Besançon.

Terceiro casamento[editar | editar código-fonte]

Seu terceiro e último marido foi Gualtério II de Avesnes, senhor de Avesnes, com quem se casou em data posterior a 1200. Ele era filho de Jaime, senhor de Avesnes e de Adelina de Guise.

Com ele teve mais três filhos.

Em 1218, ela sucedeu ao sobrinho, Teobaldo VI de Blois, como condessa de Blois e de Châteaudun.

A condessa Margarida faleceu no dia 12 de julho de 1230, aos 60 anos de idade. Foi sepultada na Catedral de Besançon, na França.[2]

Descendência[editar | editar código-fonte]

Segundo casamento[editar | editar código-fonte]

Terceiro casamento[editar | editar código-fonte]

  • Maria de Blois (m. após 12 de abril de 1241), sucessora da mãe como condessa de Blois. Foi esposa de Hugo I de Châtillon. Teve descendência;
  • Isabel de Avesnes, foi casada com João, senhor d'Oisy e de Montreuil;
  • Teobaldo de Avesnes, morreu jovem.

Ascendência[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Margarida de Blois

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Genealogy (Casa de Blois)