Margarida dos Países Baixos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Margarida
Princesa dos Países Baixos, Princesa de Orange-Nassau, Princesa de Lippe-Biesterfeld, Sra. Van Vollenhoven
Cônjuge Pieter van Vollenhoven
Descendência
Maurício
Bernardo
Pedro Cristiano
Floris
Nome completo
Margarida Francisca dos Países Baixos
Casa Orange-Nassau
Pai Príncipe Bernardo
Mãe Rainha Juliana
Nascimento 19 de janeiro de 1943 (73 anos)
Ottawa, Ontário, Canadá
Família principesca de Lippe
Casa de Lippe
Wappen Deutsches Reich - Fürstentum Lippe.png
  • SAS o Príncipe *
    SAS a Princesa *
    • SAS o príncipe herdeiro *
    • SAS o príncipe Henrique *
    • SAS o príncipe Benjamin *
    • SAS a princesa Luísa *
    • SAS a princesa Matilde *

SAS a princesa-mãe Traute *


  • SAS o príncipe Winfried-Chlodwig *

Margarida Francisca (Ottawa, 19 de janeiro de 1943), é a terceira filha da rainha Juliana e de Bernardo de Lippe-Biesterfeld e tia do atual monarca, o rei Guilherme Alexandre I. Ocupa a oitava posição na linha de sucessão ao trono holandês.

A princesa Margarida cumpre deveres reais representando a rainha Beatriz em eventos oficiais ou semi-oficiais. Algumas destas funções levaram-na de volta ao Canadá (seu país de nascimento) e outras a participar dos eventos organizados pela marinha mercante holandesa, da qual ela é patrona.

Nascimento e infância[editar | editar código-fonte]

A princesa Margarida Francisca nasceu em Ottawa, no Canadá, onde a família real holandesa vivia desde a occupação nazi da Holanda em 1940. Foi a terceira filha da princesa Juliana, única filha e herdeira da rainha Guilhermina, e do seu marido, o príncipe Bernardo. A princesa tem duas irmãs mais velhas, a rainha Beatriz e a princesa Irene, e uma irmã mais nova, a princesa Cristina. A maternidade do Ottawa Civic Hospital, onde a princesa nasceu, foi temporariamente declarada extaterritorial pelo governo Canadense, de modo a assegurar que a princesa recebia exclusivamente a cidadania holandesa, e não do Canadá, a que teria direito se tivesse nascido em solo canadense.

O nome da princesa (Margriet, em neerlandês) deriva da margarida, a flor usada durante a guerra como símbolo da resistência à Alemanha Nazi. Margarida foi batizada na St Andrew's Presbyterian Church, em Otava, no dia 29 de junho de 1943. Os seus padrinhos incluíram o Presidente dos Estados Unidos da América, Franklin D. Roosevelt, a rainha Maria do Reino Unido, a princesa herdeira Marta da Noruega, Martine Roell (dama de companhia da princesa Juliana) e a marina mercante holandesa.

A princesa pisou nos Países Baixos pela primeira vez em agosto de 1945, depois da libertação do país. Os príncipes Juliana e Bernardo regressaram ao Palácio de Soestdijk, em Baarn, onde a família vivia antes da guerra.

Casamento e descendência[editar | editar código-fonte]

Enquanto estudava na Universidade de Leiden, Margarida conheceu o seu futuro marido, Pieter van Vollenhoven. O noivado foi anunciado a 10 de Março de 1965 e os dois casaram-se a 10 de janeiro de 1967 em Haia. O casal tem quatro filhos:

Margarida em 2005
  • Maurício de Orange-Nassau, van Vollenhoven (1968). É casado com Marilène van den Broek e tem 3 filhos:
    • Anastásia ("Ana") Margarida Josefina de Lippe-Biesterfeld de Vollenhoven (2001)
    • Lucas Maurício Pedro Henrique de Lippe-Biesterfeld de Vollenhoven (2002)
    • Felícia Juliana Benedita Bárbara de Lippe-Biesterfeld de Vollenhoven (2005)
  • Bernardo de Orange-Nassau, van Vollenhoven (1969). É casado com Annette Sekrève e tem 3 filhos:
    • Isabel Lilian Juliana de Vollenhoven (2002)
    • Samuel Bernardo Luís de Vollenhoven (2004)
    • Benjamin Pedro Floris de Vollenhoven (2008)
  • Pedro Cristiano de Orange-Nassau, van Vollenhoven] (1972). É casado com Anita van Eijk (1969) e tem dois filhos:
    • Ema Francisca Catarina de Vollenhoven (2006)
    • Pedro Antônio Maurício Eric de Vollenhoven (2008)
  • Floris de Orange-Nassau, van Vollenhoven (1975). É casado com Aimée Söhngen e tem 2 filhas:
    • Magali Margarida Leonor de Vollenhoven (2007)
    • Eliane Sofia Carolina de Vollenhoven (2009)

Os filhos da princesa Margarida portam os títulos de "Alteza" e "Príncipe de Orange-Nassau, van Vollenhoven". Como estes não são hereditários, os seus netos usam o sobrenome do avô paterno. Contudo, os filhos do príncipe Maurício que usam o sobrenome "van Lippe-Biesterfeld van Vollenhoven", em referência ao nome do pai de Margarida, Bernardo de Lippe-Biesterfeld.

Os príncipes Pedro Cristiano e Floris perderam os seus direitos de sucessão ao trono holandês por não solicitarem autorização oficial do parlamento para se casarem.

Tem os títulos de Princesa dos Países Baixos, Princesa de Orange-Nassau e Princesa e Lippe-Biesterfeld.

Títulos e estilos[editar | editar código-fonte]

  • 5 de agosto de 1939 - 10 de janeiro de 1967: Sua Alteza Real Princesa Margarida dos Países Baixos, Princesa de Orange-Nassau, Princesa de Lippe-Biesterfeld
  • 10 de janeiro de 1967 - presente: Sua Alteza Real Princesa Margarida dos Países Baixos, Princesa de Orange-Nassau, Princesa de Lippe-Biesterfeld, Sra. Van Vollenhoven

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Margarida dos Países Baixos
Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.