Marguerite Clayton

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Marguerite Clayton
Nome completo Margaret Fitzgerald
Nascimento 12 de abril de 1891
Ogden, Utah, EUA
Nacionalidade Estados Unidos Norte-americana
Morte 20 de dezembro de 1968
Los Angeles, Califórnia, EUA
Ocupação atriz
Atividade 1909-1928
Cônjuge Victor Bertrandias (? - 1961) (morte dele)

Marguerite Clayton (Ogden, 12 de abril de 1891 - Los Angeles, 20 de dezembro de 1968) foi uma atriz de cinema estadunidense da era do cinema mudo. Ela atuou em 179 filmes entre 1909 e 1928, muitos deles Westerns com Broncho Billy Anderson e Harry Carey.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Clayton nasceu em Ogden, Utah, e iniciou no cinema em 1909. Foi o primeiro par romântico de Broncho Billy Anderson, e faria muitos filmes ao seu lado; começou essa associação com o homem que, basicamente, criou o gênero Western em 1909, quando ela interpretou o interesse amoroso de Anderson no curta-metragem A Mexican's Gratitude,[1][2] pelo Essanay Studios, companhia para a qual fez vários filmes.[3] A partir dos anos 1920, sua carreira começou a declinar, e seu último filme foi Inspiration, em 1928, pela Excellent Pictures.

Foi casada com o Major-general Victor Bertrandias,[4][5][6] e tiveram um filho.

Morreu em Los Angeles, Califórnia, em um acidente de carro. Ela foi sepultada junto ao seu marido, no Arlington National Cemetery.[7]

Filmografia parcial[editar | editar código-fonte]

Cena de Bride 13 (1920), com Marguerite Clayton, p. 60, 4 de setembro de 1920, Exhibitors Herald
Em The Promise Land (1916), ao lado de Bryant Washburn.
Cartaz do filme According to the Code, de 1916.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas e referências[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Marguerite Clayton