Maria Antônia de Bourbon

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Maria Antonieta de Bourbon)
Ir para: navegação, pesquisa
Maria Antônia
Retrato por Anton Raphael Mengs
Rainha Consorte da Sardenha
Reinado 20 de fevereiro de 177319 de setembro de 1785
Cônjuge Vítor Amadeu III da Sardenha
Nome completo
María Antonia Fernanda de Borbón y Farnesio
Casa Casa de Bourbon
Casa de Saboia
Pai Filipe V da Espanha
Mãe Isabel Farnésio
Nascimento 17 de novembro de 1729
Reales Alcázares de Sevilla, Sevilha, Espanha
Morte 19 de setembro de 1785 (55 anos)
Castelo de Moncalieri, Turim, Itália
Enterro setembro de 1785
Basílica de Superga, Turim
Assinatura

Maria Antônia Fernanda (Reales Alcázares de Sevilla, 17 de novembro de 1729 - Castelo de Moncalieri, 19 de setembro de 1785), foi uma infanta de Espanha pelo nascimento, e duquesa de Saboia, princesa de Piemonte e rainha consorte de Sardenha, pelo seu casamento com Vítor Amadeu III, rei da Sardenha.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Maria Antônia era a filha mais nova de Filipe V de Espanha e da sua segunda esposa Isabel Farnésio sendo, por isso, Infanta de Espanha.

Em 31 de maio de 1750, Maria Antonieta casa-se em Oulx, próximo de Turim, com o príncipe Vítor Amadeu de Saboia, herdeiro do rei Carlos Emanuel III da Sardenha e de sua esposa Polixena Cristina, Landegravina de Hesse-Rheinfels-Rotenburgo. Com a morte do sogro em 1773, torna-se na nova rainha consorte da Sardenha.

Filhos[editar | editar código-fonte]

Do seu casamento com Vítor Amadeu III, nasceram doze filhos:

  1. Carlos Emanuel (1751-1819), que sucedeu a seu pai em 1796;
  2. Maria Isabel Carlota (1752-1753),
  3. Maria Josefina (1753-1810), que veio a casar em 1771 com Luís XVIII de França (1755-1824),
  4. Amadeu Alexandre, duque de Monferrato (1754-1755),
  5. Maria Teresa (1756-1805), que veio a casar em 1773 com Carlos X de França (1757-1836),
  6. Maria Ana (1757-1824), casada em 1775 com seu tio Carlos Maurício Bento de Saboia, duque de Chablais (1741-1808),
  7. Vítor Emanuel (1759-1824) que se torna rei da Sardenha em 1802,
  8. Maria Cristina Josefina (1760-1768),
  9. Maurício José Maria, duque de Monferrato, (1762-1799),
  10. Carolina (1764-1782), que veio a casar com António I da Saxónia (1755-1836),
  11. Carlos Félix (1765-1831), que se torna rei da Sardenha em 1821,
  12. José Bento (1766-1802), conde de Maurienne (1796) e de Asti (1796-1802).

Genealogia[editar | editar código-fonte]

Os antepassados de Maria Antônia de Bourbon em três gerações
Maria Antonieta de Bourbon Pai:
Filipe V de Espanha
Avô paterno:
Luís, o Grande Delfim de França
Bisavô paterno:
Luís XIV de França
Bisavó paterna:
Maria Teresa de Áustria
Avó paterna:
Maria Ana Vitória de Baviera
Bisavô paterno:
Fernando Maria
Bisavó paterna:
Henriqueta Adelaide
Mãe:
Isabel Farnésio
Avô materno:
Eduardo, Príncipe herdeiro de Parma
Bisavô materno:
Ranuccio II Farnésio
Bisavó materna:
Isabel d'Este
Avó materna:
Doroteia Sofia de Neuburgo
Bisavô materno:
Filipe Guilherme de Neuburgo
Bisavó materna:
Isabel Amália de Hesse-Darmstadt

Galeria[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Isabel Teresa de Lorena
Rainha Consorte da Sardenha
Arms of Maria Antonia of Spain (1729-1785), Queen of Sardinia.jpg

20 de fevereiro de 177319 de setembro de 1785
Sucedido por
Maria Clotilde de França
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Maria Antônia de Bourbon


Fonte[editar | editar código-fonte]