Maria Anunciata de Bourbon-Duas Sicílias

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Maria Anunciata
Princesa das Duas Sicílias
Arquiduquesa da Áustria
A arquiduquesa fotografada por Ludwig Angerer, c. 1865.
Cônjuge Carlos Luís da Áustria
Descendência
Francisco Fernando
Oto Francisco
Fernando Carlos
Margarida Sofia
Nome completo
Maria Anunciata Isabel Filomena Sebásia de Bourbon-Duas Sicílias
Casa Bourbon-Duas Sicílias
Pai Fernando II das Duas Sicílias
Mãe Maria Teresa Isabel da Áustria
Nascimento 24 de março de 1843
Caserta, Reino das Duas Sicílias
Morte 4 de maio de 1871 (28 anos)
Viena, Império Austro-Húngaro
Enterro Cripta Imperial de Viena, Viena, Áustria

Maria Anunciata Isabel Filomena Sebásia (em italiano: Maria Annunziata Isabella Filomena Sebasia; Caserta, 24 de março de 1843 - Viena, 4 de maio de 1871), foi princesa da Casa Real das Duas Sicílias e arquiduquesa da Áustria pelo casamento.

Biografía[editar | editar código-fonte]

Família[editar | editar código-fonte]

Quarta filha do rei Fernando II das Duas Sicílias e de sua segunda esposa, a arquiduquesa Maria Teresa Isabel da Áustria, Maria Anunciata era chamada carinhosamente de Ciolla por seu pai. Seus avós paternos foram o rei Francisco I das Duas Sicílias e Maria Isabel de Bourbon, infanta de Espanha; enquanto seus avós maternos foram o arquiduque Carlos de Áustria-Teschen (herói austríaco, vencedor da Batalha de Aspern-Essling) e a princesa Henriqueta de Nassau-Weilburg. À semelhança de suas irmãs, Maria Anunciata herdou o temperamento tímido e reservado da mãe, sempre reclusa e avessa às festas e cerimônias da corte (contrastando com seu marido e filhos varões, de temperamento alegre e festivo).

Exílio[editar | editar código-fonte]

Com o avanço da Expedição dos Mil de Giuseppe Garibaldi sobre a Sicília e a Calábria, a família real das Duas Sicílias se refugia em Gaeta, onde as tropas fiéis a Francisco II combatem ferozmente por três meses. Em 13 de fevereiro de 1861 o exército finalmente capitula, obrigando o rei e sua família a exilar-se em Roma. Sob a proteção do Papa Pio IX, a realeza destronada ocupa inicialmente o Palácio do Quirinal e, em seguida, o Palácio Farnese.

Casamento e filhos[editar | editar código-fonte]

Maria Anunciata de Bourbon-Duas Sicílias e arquiduque Carlos Luís da Áustria

Maria Anunciata permaneceu pouco mais de um ano com sua família em Roma, pois as negociações para seu casamento com o arquiduque Carlos Luís da Áustria, filho do arquiduque Francisco Carlos e da princesa Sofia da Baviera, já estavam bastante adiantadas. A cerimônia ocorreu em Veneza, em 21 de outubro de 1862. O casal teve quatro filhos:

Maria Anunciata e seu filho, o arquiduque Francisco Fernando

Morte[editar | editar código-fonte]

Maria Anunciata morreu de tuberculose, em 4 de maio de 1871, em Viena. Tinha apenas 28 anos. Seu corpo foi sepultado na Cripta Imperial de Viena.

Nota[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Weissensteiner, F. Franz Ferdinand - Der verhinderte Herrscher. Öst.Bundesverlag, 1983
  • Petacco, A . La regina del sud. Milano, Mondadori, 1992. ISBN 88-04-43391-4

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Maria Anunciata de Bourbon-Duas Sicílias