Maria Filomena Mónica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Maria Filomena Mónica
Nome completo Maria Filomena de Carvalho Godinho Mónica
Nascimento
São Mamede,  Portugal
Género(s) História, Sociologia
Magnum opus Bilhete de identidade - Memórias 1943-1976

Maria Filomena de Carvalho Godinho Mónica (Lisboa, São Mamede, 30 de janeiro de 1943) é uma historiadora e socióloga portuguesa.

Biografia[editar | editar código-fonte]

É filha do economista José António Godinho Mónica (Ferreira do Zêzere, Águas Belas, Varelinha, 2 de Junho de 1910 - Lisboa, 24 de Abril de 1989) e de sua mulher (casados em Ourém, Fátima, Santuário de Fátima, 2 de Março de 1942) Maria Margarida da Conceição Gonçalves de Carvalho (Lisboa, 25 de Janeiro de 1920 - Lisboa, Junho de 2006).[1]

É licenciada em Filosofia pela Universidade de Lisboa (1969), e doutorada em Sociologia, pela Universidade de Oxford (1978). É autora de vários livros de carácter histórico e sociológico. Em 2009, era investigadora-coordenadora (aposentada) do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa.[2]

Casou primeira vez, religiosamente, em Lisboa, São Mamede, a 4 de Abril de 1963 com Carlos Braamcamp Freire Pinto Coelho (Lisboa, Santa Isabel, 26 de Fevereiro de 1940 - Lisboa, Santo Condestável, 10 de Maio de 2008), comandante piloto da aviação civil, de quem se separou judicialmente em Dezembro de 1972 (obtendo o divórcio de forma automática em 1976, logo após a sua legalização), e de quem teve uma filha, a jornalista Sofia Pinto Coelho, e um filho, o publicitário Filipe Mónica Pinto Coelho (Lisboa, São Jorge de Arroios, 22 de Novembro de 1964).[3]

Entre 1974 e 1976, viveu com Vasco Pulido Valente.

Casou segunda vez com o sociólogo António Barreto, do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa.

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Educação e Sociedade no Portugal de Salazar (Presença, 1978)
  • A Escola e as Classes Sociais (Antologia) (Presença, 1981)
  • O Retrato da Lisboa Popular (Presença, 1982) - co-autoria com António Barreto
  • O Movimento Socialista em Portugal (1875-1914) (Imprensa Nacional, 1985)
  • Artesãos e Operários (ICS-UL, 1986)
  • A Queda da Monarquia (Dom Quixote, 1987)
  • Os Grandes Patrões da Indústria Portuguesa (Dom Quixote, 1990)
  • Tabaco e o Poder (Quetzal, 1992)
  • Visitas ao Poder (Quetzal, 1993, pelo qual recebeu o Prémio Máxima de Literatura)
  • Os Costumes em Portugal (Público, 1996)
  • Turista à Força (Quetzal, 1996)
  • Os Filhos de Rousseau (Relógio d'Água, 1997)
  • Guia dos Direitos do Cidadão, Forum Justiça e Liberdades (Círculo de Leitores, 1997)
  • Vida Moderna (Quetzal, 1997)
  • Cenas da Vida Portuguesa (Quetzal, 1999)
  • Fontes Pereira de Melo (Afrontamento, 1999; reedição Alêtheia, 2009)
  • Dicionário de História de Portugal (Figueirinhas, 1999) - co-autoria com António Barreto
  • Eça de Queirós (Quetzal, 2001)
  • Os Sentimentos de uma Ocidental (Quetzal, 2002)
  • Isabel, Condessa de Rio Maior (Quetzal, 2004)
  • Bilhete de Identidade, Autobiografia 1943-1976 (Alêtheia, 2005)
  • Eça de Queiroz (Tamesis, 2005)
  • D. Pedro V (Temas e Debates, 2007)
  • Cesário Verde (Alêtheia, 2007)
  • Ensaios sobre Eça de Queirós (Relógio d'Água, 2007)
  • Confissões de uma Liberal (Quasi, 2007)
  • Nós, os Portugueses (Quasi, 2008)
  • Vale a Pena Mandar os Filhos para a Escola? (Relógio d'Água, 2008)
  • Os Cantos: A Tragédia de uma Família Açoriana (Alêtheia, 2010)
  • Vidas: Biografias, Perfis e Encontros (Alêtheia, 2010)
  • A Morte (Relógio d'Água/Fundação Francisco Manuel dos Santos, 2011)
  • A Sala de Aula (Fundação Francisco Manuel dos Santos, 2014)
  • A Minha Europa (A Esfera dos Livros, 2015)

Referências

  1. "Bilhete de Identidade - Memórias 1943-1976", Maria Filomena Mónica, Aletheia Editores, 1ª Edição, Lisboa, 2005
  2. http://www.ucp.pt/site/resources/documents/IEP/Pós-Graduação,%20Mestrado%20e%20Doutoramento/CVs%20Docentes/CV%20-%20Maria%20Filomena%20Mónica.pdf
  3. "Anuário da Nobreza de Portugal - 2006", António Luís Cansado de Carvalho de Matos e Silva, Dislivro Histórica, 1ª Edição, Lisboa, 2006, Tomo IV, pp. 918-919

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.