Maria Helena Rosas Fernandes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Maria Helena Rosas Fernandes
Informação geral
Nascimento 8 de julho de 1933 (87 anos)
Local de nascimento Brazópolis, MG
 Brasil
Gênero(s) clássico
Ocupação(ões) Maestrina, compositora e pianista
Instrumento(s) piano
Página oficial rosasfernandes.com

Maria Helena Rosas Fernandes (Brazópolis, 8 de julho de 1933) é uma conceituada compositora brasileira de música erudita, reconhecida internacionalmente, e também regente e pianista.

Em 2010, recebeu a comenda Carlos Gomes (2010) e, em 2013, o prêmio da Associação dos Críticos de Arte de São Paulo (2013) pelo conjunto da sua obra musical.[1]

Seu trabalho é citado, entre outras obras, no New Grove Dictionary of Women Composers e na Aaron I Cohen International Encyclopedia of Women Composers (Estados Unidos, 1987).[1]

Maria Helena é membro da Sociedade Brasileira de Música Contemporânea.[1]


Principais obras[editar | editar código-fonte]

Ópera
  • Marília de Dirceu, 1994, 1h30min, Opera em 3 atos, libreto: Isolde Helena Brans.
  • Anita Garibaldi, 2012, 1h06min, Opera em 3 atos e um prólogo, libreto: Maria helena Rosas Fernandes.

Referências

  1. a b c «Coleção Maria Helena Rosas Fernandes». Centro de Integração, Documentação e Difusão Cultural da Unicamp. 17 de outubro de 2017. Consultado em 2 de abril de 2019 
Ícone de esboço Este artigo sobre um músico é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.