Maria Helena da Rocha Pereira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Gnome globe current event.svg
Este artigo é sobre uma pessoa que morreu recentemente.
Algumas informações relativas às circunstâncias da morte podem mudar a qualquer instante.

Editado pela última vez em 17 de abril de 2017.

Maria Helena da Rocha Pereira
Nome completo Maria Helena Monteiro da Rocha Pereira
Nascimento 3 de setembro de 1925
Porto, Portugal
Morte 10 de abril de 2017 (91 anos)
Porto, Portugal
Nacionalidade Portugal Portuguesa
Ocupação Professora universitária
Prémios Prémio P.E.N. Clube Português de Ensaio (1989)

Prémio Jacinto do Prado Coelho (2003)
Grande Prémio Vida Literária APE/CGD (2009)

Magnum opus Estudos de História da Cultura Clássica

Maria Helena Monteiro da Rocha Pereira (Cedofeita, Porto, 3 de setembro de 1925Porto, 10 de abril de 2017[1]) foi uma especialista portuguesa em estudos clássicos (cultura grega e latina).

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filha do Doutor Alfredo Rocha Pereira (1887-1962), lente de Clínica Médica da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto, formou-se em filologia clássica na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra em 1947. Foi bolseira do Instituto de Alta Cultura na Universidade de Oxford, onde foi discípula de E. R. Dodds, Rudolf Pfeiffer e John Beazley. Concluiu o seu doutoramento em Letras na Universidade de Coimbra em 1956, com a tese Concepções helénicas de felicidade no além: de Homero a Platão.

Entre 1948 e 1957 foi professora de latim e depois de grego antigo no Centro de Estudos Humanísticos da Universidade do Porto. Em 1951 tornou-se segundo assistente de Filologia Clássica na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, onde faria a sua carreira universitária. No ano de 1964 tornou-se professora catedrática da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra com a cadeira de Literatura Grega. Entre 1965 e 1966 foi directora do Instituto de Arqueologia da Universidade de Coimbra e entre 1991 e 1995 directora do Instituto de Estudos Clássicos desta mesma universidade. Foi também directora das revistas Humanitas e Biblos.

É sócia efectivo da Classe de Letras da Academia das Ciências de Lisboa desde 1991.[2] Jubilou-se no ano de 1995.

A sua obra conta com mais de trezentos títulos, entre traduções, monografias e artigos enciclopédicos. É particularmente conhecida pela obra Estudos de História da Cultura Clássica (dois volumes), obra adoptada em Portugal nas licenciaturas da área da literatura e da história. Foi também autora de uma obra sobre os vasos gregos em Portugal, um dos seus campos de estudo. Publicou livros sobre autores clássicos, em especial sobre os gregos Platão, Anacreonte, Píndaro e Pausânias.

Em sua honra a Fundação Engenheiro António de Almeida criou o prémio "Doutora Maria Helena da Rocha Pereira", que visa galardoar uma tese de doutoramento em Estudos Clássicos da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra.[3]

Maria Helena da Rocha Pereira, em conjunto com Aníbal Pinto de Castro, entretanto falecido, foi incumbida pela Academia das Ciências de Lisboa de fazer a supervisão científica do novo Vocabulário da Língua Portuguesa que incluirá os neologismos incorporados no léxico comum em Portugal ao longo dos últimos quarenta anos, observando as regras do Acordo Ortográfico de 1990.[4]

Em 2009 recebeu o grau de doutor honoris causa pela Universidade de Lisboa.[5] Em 2010 foi galardoada com o prémio Vida Literária.

Morreu em 10 de abril de 2017, no Porto, aos 91 anos de idade.[1]

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Temas Clássicos na Literatura Portuguesa. 1972.
  • Eurípides. Medeia. Tradução de Maria Helena da Rocha Pereira. Imprensa de Coimbra. 1ª edição. 1991.
  • Estudos de História da Cultura Clássica I Volume. Fundação Calouste Gulbenkian. 2009
  • Estudos de História da Cultura Clássica II Volume. Fundação Calouste Gulbenkian. 2002
  • A Civilização Romana. Pierre Grimal. Editora: Edições 70. Ano: 2009

Prémios[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.