Maria Leszczyńska

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Maria Leszczyńska
Retrato de 1740 por Louis Tocqué.
Rainha Consorte da França e Navarra
Reinado 4 de setembro de 1725
a 24 de junho de 1768
Predecessor Maria Teresa de Áustria
Sucessor Maria Antonieta
Cônjuge Luís XV de França
Nome completo
em polonês: Maria Karolina Zofia Felicja Leszczyńska
Casa Leszczyński
Bourbon
Pai Estanislau I da Polônia
Mãe Catarina Opalińska
Nascimento 23 de junho de 1703
Trzebnica, Duas Nações
Morte 24 de junho de 1768 (65 anos)
Versalhes, França
Enterro Basílica de Saint-Denis, França
Religião Catolicismo Romano
Assinatura

Maria Carolina Sofia Felícia Leszczyńska (Trzebnica, 23 de junho de 1703Versalhes, 24 de junho de 1768) foi rainha de França, por casamento com Luís XV, o Bem-amado. Nascida em território prussiano, era filha de Estanislau I, rei da Polônia e Senhor das terras da Lituânia, e de Catarina Opalynska.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Após a queda de seu pai, e a ascensão de Augusto da Saxônia como rei da Polônia, Maria e sua família foram viver na Alemanha, onde sofreram algumas privações. Estanislau empenhou-se em granjear um bom casamento para sua filha, fê-la noiva do duque de Bourbon, regente da França em nome de Luis XV.

Intrigas na corte francesa, encabeçadas pelo próprio duque, e por sua amante, a marquesa de Prie, levaram o jovem rei Luís, então com 15 anos, a desposar Maria, sete anos mais velha. O duque e a marquesa tinham medo de que uma noiva rica, bela e dominadora viesse a tomar influência sobre o rei.

Estátua de Maria no Museu do Louvre, de autoria de Guillaume Coustou, o Velho.

A corte logo comentou sobre a união do rei de França com uma princesa, cujo pai "não fora rei por mais de 4 anos (4 de outubro de 1705 - 8 de agosto de 1709)". Consumado o casamento na primeira noite, durante os dez anos seguintes, a fértil rainha deu à luz dez filhos, embora nem todos tenham sobrevivido. Foram eles:

  • Isabel (1727 – 1759), Madame ou Madame Première (depois Madame Infante)Mais tarde conhecida como Duquesa de Parma. Casou-se com Dom Filipe de Bourbon, Infante de Espanha, mais tarde Duque de Parma.
  • Henriqueta (1727 – 1752), Madame Seconde (depois Madame Henriette e Madame) gêmea da anterior.
  • Maria Luísa (1728-1733), Madame Troisième
  • Luís Fernando (1729 – 1765) Delfim de França. Casou-se com a Infanta Maria Teresa Raffaela de Espanha, e depois com Maria Josefa de Saxônia.
  • Filipe (1730-1733), Duque de Anjou
  • Adelaide (1732 – 1800), Madame Quatrième(depois Madame Troisième, Madame Adélaïde e Madame)
  • Vitória (1733 – 1799), Madame Quatrième (depois Madame Victoire)
  • Sofia (1734 – 1782), Madame Cinquième (depois Madame Sophie)
  • Teresa (1736-1744), Madame Sixième (depois Madame Thérèse)
  • Luísa (1737 – 1787), Madame Septième (depois Madame Louise)Tornou-se freira.

Pouco antes do nascimento de Madame Septième, a rainha teve de suportar a traição do marido com uma dama da corte, a condessa de Mailly. Logo depois o rei começou a se envolver com as irmãs desta, até que uma delas, Madame de Chatêauroux, foi nomeada sua dama de companhia (dame du palais). Iniciou-se então uma série de abandono por parte do marido e constantes humilhações, como ocorreu nas chamadas Cenas de Metz, quando Luís doente foi aconselhado a mandar embora sua amante, a Chatêauroux. Após sua recuperação, a devota Maria, que tanto chorara ao lado da cama do marido, foi despachada de Metz a Versalhes com extrema rudeza. Para distrair-se na ociosa vida na corte, a rainha pintava e jogava muito, contraindo dívidas, pagas por Luís e por seu pai, estabelecido na França como duque de Lorena. Faleceu em Versalhes em 1768, deixando o remorso no coração do rei.


Precedida por:
Maria Teresa de Habsburgo
Rainha da França
Marie Leczsinska.png

4 de setembro de 172524 de junho de 1768
Sucedida por:
Maria Antonieta de Habsburgo-Lorena


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Maria Leszczyńska