Maria Ribeiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Maria Ribeiro
Maria em 2016.
Nome completo Maria do Amaral Ribeiro
Nascimento 9 de novembro de 1975 (42 anos)
Rio de Janeiro, RJ
Nacionalidade Brasileira
Ocupação
Atividade 1993–presente
Cônjuge Paulo Betti (c. 2001–05)
Caio Blat (c. 2007–17)
IMDb: (inglês)

Maria do Amaral Ribeiro (Rio de Janeiro, 9 de novembro de 1975) é uma atriz, escritora e diretora de cinema brasileira.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascida numa família abastada, é filha de Marina Raquel Carneiro do Amaral e Silva e de Leonídio Ribeiro Filho (falecido em 2013).[1][2]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Iniciou sua carreira na TV em 1994, com uma participação na minissérie Memorial de Maria Moura. No ano seguinte, participou da novela História de Amor, de Manoel Carlos. Ficou cinco anos afastada das novelas, fazendo participações, no entanto, emendou em sete peças de teatro: Confissões de Adolescente, Cabaré Filosófico, A Primeira Valsa, O Inimigo do Povo, Cabaré Filosófico 2 e Separações e Capitu.[3] Em 2001, retornou às novelas em A Padroeira. Em 2003, lançou seu primeiro trabalho como diretora no curta-metragem Vinte e Cinco.[4] Em 2004, se muda para RecordTV, onde trabalhou em telenovelas como a reedição de A Escrava Isaura em 2004, interpretando a bela Malvina,[5] e também Luz do Sol, interpretando Zoé.[6] Fez também a jovem Ana Maria no filme Tolerância, dirigido pelo diretor gaúcho Carlos Gerbase.[7] No teatro, ja atuou em muitas peças.[8] Em 2008 retornou aos palcos em Depois do Começo do Mundo vivendo Adalgisa.[9] Em 2011, protagoniza a peça Deus é um DJ.[10]

Em 2014, retornou à Globo, na novela das 21h, Império.[11][12] No ano seguinte, lança seu primeiro livro titulado Trinte e Oito e Meio reunindo “crônicas, reflexões e desabafos” com textos autobiográficos .[13] Em 2017, juntou-se à atriz Carolina Dieckmann, sua amiga há mais de 20 anos, e ao músico Pretinho da Serrinha para montar o espetáculo Tryo Elétryco - Ensaio sobre alguma coisa que a gente ainda não sabe o que é.[14] Em 2018, a atriz estará na série do Netflix, O Mecanismo.[15] Ela tem também um projeto pessoal: "Estou começando a montar um documentário sobre o meu pai, que filmei dez anos antes de ele morrer, quando ele vendeu uma casa que a gente tinha em Angra. Ele era presidente da SulAmérica Seguros, tinha cavalo no Jockey, era cheio de histórias, charmosão. Meu pai foi um filho de intelectuais que ganhou muito poder e grana, e que perdeu absolutamente tudo. Uma aristocracia decadente que dá muito boa dramaturgia."[16]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Antes de se estabelecer como atriz, cursava jornalismo na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.[17] Seu primeiro casamento foi com o ator Paulo Betti, com quem viveu de 2001 a 2005, onde tiveram um filho, João, nascido em 2003.[18] No mesmo ano de sua separação, começou a namorar o ator Caio Blat. Em 2007 foram viver juntos. Desta união nasceu seu segundo filho, Bento, em 2010.[19] Em 2015 o casal se separou por alguns meses, mas logo em seguida reataram o relacionamento.[20] Em 2017 o casamento de dez anos dos dois atores chegou ao fim.[21] Desde 2018, namora o ator Fábio Assunção.[22]

A atriz é assumidamente bissexual,[23] e militante do movimento feminista.[24]

Maria Ribeiro ficou casada com Paulo Betti durante sete anos. Antes, o ator viveu um longo relacionamento com Eliane Giardini, mãe de suas duas filhas: Juliana e Mariana. No livro que lança no próximo dia 8, intitulado “Tudo o que eu queria dizer, mas só consegui escrevendo”, Maria escolheu Eliane como uma das destinatárias das cartas registradas.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem / Cargo Notas
1994 Memorial de Maria Moura Freira Episódio: "17 de maio de 1994"
1994 Incidente em Antares Gessy Episódio: "2 de dezembro de 1994"
1995 História de Amor Bianca Moretti
1996 Você Decide Soraya / Renata Episódio: "Tempo de Amar"
Episódio: "Delicadeza"
1996 Malhação Denise Episódio: "17 de agosto de 1996"
1997 O Rei do Gado Prostituta Episódio: "1 de fevereiro de 1997"
1999 Mulher Paciente Episódio: "Recomeçar"
2000 Você Decide Mariana / Débora Episódio: "A Poderosa"
Episódio: "O Poderoso"
2001 A Padroeira Rosa Maria Episódio: "18 de junho–20 de julho de 2001"
2004 Metamorphoses Patrícia Rios
2004 A Escrava Isaura Malvina Cunha Almeida
2005 Prova de Amor Raquel Miranda
2007 Luz do Sol Zoé Bacelar
2009 Poder Paralelo Marília de Castro
2011 Oscar Freire 279 Rita
2012 Rei Davi Mical
2013 Copa Hotel Maria Bartolomeu
2013–16 Saia Justa Apresentadora Temporadas 12–15
2014 Império Danielle de Medeiros
2018 O Mecanismo Andrea Mariano Episódio: "O Último Respiro"

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem Notas
1994 A Terceira Margem do Rio Mãe
1999 Orfeu Joana
2000 Os Idiotas Mesmo Voz na escuridão Curta-metragem
Tolerância Ana Maria
2001 O Xangô de Baker Street Glória
2002 Separações Júlia
2003 Km 0 Ela Curta-metragem
Vinte e Cinco Isadora Curta-metragem
2005 Carreiras Priscila
2007 Tropa de Elite Rosane
2009 Ouro Negro - A Saga do Petróleo Brasileiro Camila Camargo Mattos
2010 Histórias de Amor Duram Apenas 90 Minutos Júlia
Não Se Pode Viver sem Amor Malu
Tropa de Elite 2 Rosane
2013 Entre Nós Silvana
2016 Barata Ribeiro, 716 Natielle
2017 Como Nossos Pais Rosa

Como autora/diretora[editar | editar código-fonte]

Ano Título Função Notas
2003 Vinte e Cinco Diretora; autora Curta-metragem
2011 Domingos Diretora; autora Documentário[25]
2015 Los Hermanos: Esse É Só o Começo do Fim da Nossa Vida Diretora[26]

Teatro[editar | editar código-fonte]

Ano Título
1993 A Entrevista
1994 Cartão de Embarque
1994 A Coruja Sofia
1995 Confissões de Adolescente
1996 Cabaré Filosófico
1996 A Primeira Valsa
1997 O Inimigo do Povo
1998 Cabaré Filosófico 2
1999 Separações
2000 Capitu
2001 Feliz Ano Velho
2003 O Mundo é um Moinho
2006 Mordendo os Lábios
2007 Chorinho
2008 Depois do Começo do Mundo
2011 Deus é um DJ
2013–14 Um Sonho Para Dois
2017 Tryo Elétrico

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Trinta e Oito e Meio (2015)[27]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Trabalho Resultado Ref
2007 Prêmio Qualidade Brasil Melhor Atriz Coadjuvante Tropa de Elite Venceu [28]
2015 Los Angeles Brazilian Film Festival Melhor Atriz Coadjuvante Entre Nós Venceu [29]
2017 Festival de Gramado Melhor Atriz Como Nossos Pais Venceu [30]

Referências

  1. Leonídio Ribeiro Filho. O executivo contador de 'causos'. Por Jorge Bastos Moreno. Blog do Moreno, 1º de abril de 2013.
  2. O mundo sem o meu pai. Por Maria Ribeiro. Tpm #131, 2 de maio de 2013.
  3. «Em busca da verdade». Uol. Consultado em 16 de julho de 2017 
  4. «Vinte e Cinco. Curta-metragem de Maria Ribeiro com Bárbara Paz». O Globo. Consultado em 16 de julho de 2017 
  5. «Elenco fala sobre A Escrava Isaura». Terra Networks. 13 de outubro de 2004. Consultado em 29 de dezembro de 2011 
  6. «Maria Ribeiro se prepara para sua quinta participação em novelas na Record». UOL. 20 de setembro de 2008. Consultado em 29 de dezembro de 2011 
  7. «Maria Ribeiro é destaque de Tolerância». Cineclick. 12 de novembro de 2000. Consultado em 29 de dezembro de 2011 
  8. «Peças : Maria Ribeiro». Enciclopedia Itau. Consultado em 16 de julho de 2017 
  9. «Maria Ribeiro estréia peça de teatro». Correio do Brasil. Consultado em 16 de julho de 2017 
  10. «Marcelo Rubens Paiva dirige peça 'Deus É um DJ' no Rio». Estadão. Consultado em 16 de julho de 2017 
  11. Carla Bittencourt (14 de maio de 2014). «'Falso brilhante': casados na vida real, Caio Blat e Maria Ribeiro levarão romance para a novela». Extra. Consultado em 14 de maio de 2014 
  12. Luiza Souto (16 de outubro de 2014). «Maria Ribeiro, a Danielle de 'Império', conta que nunca aceitaria um José Pedro: 'Gosto de homem-homem'». Extra. Consultado em 16 de outubro de 2014 
  13. «Trinta e oito e meio, novo livro de Maria Ribeiro - Tpm». Revista Trip. Consultado em 16 de julho de 2017 
  14. «Carolina Dieckmann fala de peça com Maria Ribeiro e de rotina fora do Brasil: 'Lá sou estudante'». Gshow. Consultado em 16 de julho de 2017 
  15. «Maria Ribeiro vai participar de série sobre a Lava-Jato». O Globo. Consultado em 16 de julho de 2017 
  16. Maria Ribeiro: ‘Vivemos um tempo de linchamentos que não servem pra nada’. Por Silvio Essinger. O Globo, 20 de agosto de 2017.
  17. «Maria Ribeiro lança seu primeiro longa como diretora». Por Luiz Fernando Vianna.O Globo. 26 de novembro de 2011. Consultado em 8 de fevereiro de 2015 
  18. «Paulo Beti e o caçula, João, em noite cultural». Caras. UOL. 11 de agosto de 2011. Consultado em 29 de dezembro de 2011 
  19. «Nasce Bento, filho de Caio Blat e Maria Ribeiro». EGO. Globo.com. 15 de janeiro de 2010. Consultado em 29 de dezembro de 2011 
  20. «Caio Blat e Maria Ribeiro não estão mais juntos, segundo colunista». Uai. 17 de abril de 2017. Consultado em 11 de setembro de 2017 
  21. «Maria Ribeiro dá a entender que se separou de Caio Blat em post para Paulo Betti». Extra. 8 de setembro de 2017. Consultado em 11 de setembro de 2017 
  22. Fábio Assunção revela namoro com Maria Ribeiro, ex de Caio Blat
  23. «"Sou bi total, só não encontrei a mulher certa", dispara Maria Ribeiro no "Saia Justa"» 🔗. RD1. 10 de abril de 2016. Consultado em 16 de janeiro de 2017 
  24. «Maria Ribeiro faz desabafo: 'Os homens precisam ver que o feminismo é bom para eles também'». Por Cristiane Rodrigues. Gshow. 7 de setembro de 2017. Consultado em 7 de setembro de 2017 
  25. «Maria Ribeiro lança seu primeiro longa como diretora». O Globo. Consultado em 16 de julho de 2017 
  26. «GNT exibe em agosto documentário sobre a banda Los Hermanos / Junho de 2015» 🔗  "GNT exibe em agosto documentário sobre a banda Los Hermanos dirigido por Maria Ribeiro, o filme traz os bastidores da turnê de comemoração dos 15 anos do grupo.
  27. Trinta e oito e meio, novo livro de Maria Ribeiro. Por Natacha Cortêz. Tpm #150, 11 de fevereiro de 2015.
  28. «Rio de Janeiro - 2007 - Prêmio Arte Qualidade Brasil». Prêmio Qualidade Brasil. Consultado em 16 de julho de 2017 
  29. «Maria Ribeiro e Paulo Vilhena são premiados em Los Angeles». O2. Consultado em 16 de julho de 2017 
  30. «Rio de Janeiro - 2007 - Prêmio Arte Qualidade Brasil». Prêmio Qualidade Brasil. Consultado em 16 de julho de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Maria Ribeiro