Maria Victoria Barros

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Maria Victoria Barros
Deputada Estadual do Paraná
Período 1º de fevereiro de 2015
até atualidade
Dados pessoais
Nascimento 1 de fevereiro de 1992 (28 anos)
Maringá, Paraná
Progenitores Mãe: Cida Borghetti
Pai: Ricardo Barros
Partido PP (2008-presente)
Profissão empresária

Maria Victoria Borghetti Barros (Maringá, 1º de fevereiro de 1992) é uma empresária, pintora e política brasileira.[1] Filiada ao Progressistas (PP), atualmente é deputada estadual pelo Paraná.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filha da ex-governadora do estado do Paraná, Cida Borghetti, e do deputado federal e ex-ministro da saúde do governo Temer, Ricardo Barros, Maria Victoria é natural do município de Maringá, no Norte Central Paranaense, mas mudou-se para a capital do estado em 1995, onde cursou o ensino fundamental.[2] Herdeira da família Barros, presente na política maringaense desde o início de sua história, Maria Victoria também é neta do 6° prefeito de Maringá, Silvio Magalhães Barros, e sobrinha de Silvio Barros, também ex-prefeito do município e ex-secretário de desenvolvimento urbano do Paraná.[2]

Em 2007, Maria Victoria mudou-se para Lugano, na Suíça, para cursar o primeiro ano do ensino médio e, em 2008, retornou à Curitiba para estudar na International School of Curitiba.[2] Formada em Turismo na Suíça, em 2010 Maria Victoria estagiou por 5 meses no hotel Sofitel, em Suzhou, na China, e, atualmente, administra os negócios da família: a St. James International School, a Borghetti Barros Imóveis e a Construtora Magalhães Barros.[3]

Além disso, Maria Victoria Barros é casada com o advogado Diego da Silva Campos e tem uma filhaː Maria Antonia.[4][5]

Em abril de 2020, testou positivo para o COVID-19, junto com seu marido, filha e com a mãe, Cida Borghetti.[6][7] Anteriormente, Ricardo Barros, seu pai, havia sido diagnosticado.[8]

Trajetória política[editar | editar código-fonte]

Em 2014 e com 22 anos de idade, Maria Victoria disputou pela primeira vez um cargo eletivo ao candidatar-se ao cargo de deputada estadual pela coligação PP/PMN.[9] Alcançando a soma de 44.870 votos (0,78% dos votos válidos), conseguiu eleger-se como a parlamentar mais jovem naquele pleito.[10] Durante o primeiro mandato como deputada, em 2015 destacou-se por votar a favor do PL 252/2015 que alterava a previdência dos servidores públicos do Paraná, apoiando a proposta apresentada pelo então governador do estado, Beto Richa (PSDB).[11]

Nas eleições de 2016, então com 27 anos, candidatou-se à prefeitura de Curitiba pela coligação Renova Curitiba, formada pelo PP, PRTB, PR, PHS, PMB e Solidariedade, tendo o ex-deputado Luciano Pizzatto (PRTB) como vice na chapa.[2] Após a apuração dos votos, ficou em 4° lugar na disputa ao angariar 52.576 votos, o equivalente a 5,66% dos votos válidos.[12]

Atual presidente do Progressistas no Paraná,[12] em 2018 Maria Victoria elegeu-se novamente deputada estadual pela coligação Paraná Firme, composta pelo PP, PTB, DEM, PSDB e PSB, obtendo a soma de 50.414 votos (0,88% dos votos válidos).[13][14]

Desempenho em eleições[editar | editar código-fonte]

Ano Eleição Coligação Partido Candidato a Votos % Resultado
2014 Estadual no Paraná PP/PMN PP Deputada estadual 44.870 votos 0,78 Eleita[11]
2016 Municipal de Curitiba PP, PRTB, PR, PHS, PMB e Solidariedade PP Prefeita 52.576 votos (4°) 5,66 Não Eleita[12]
2018 Estadual no Paraná PP, PTB, DEM, PSDB e PSB PP Deputada estadual 50.414 votos 0,88 Eleita[13]

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]