Maria Zakharova

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Maria Zakharova (2018)

Maria Vladimirovna Zakharova (em russo: Мария Владимировна Захарова, (24 de dezembro de 1975) é a diretora do Departamento de Informação e Imprensa do Ministério dos Negócios Estrangeiros da Federação Russa (representante oficial do Ministério dos Negócios Estrangeiros da Federação Russa) desde 10 de agosto de 2015.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Zakharova nasceu em Pequim em 1975. De 2003 a 2005 e de 2008 a 2011, trabalhou no Departamento de Informação e Imprensa do Ministério dos Negócios Estrangeiros da Federação Russa, foi secretária de imprensa da Missão Permanente da Federação Russa para as Nações Unidas em Nova Iorque.[1]

De 2011 a 10 de agosto de 2015, Zakharova foi Vice-Chefe do Departamento de Informação e Imprensa do Ministério dos Negócios Estrangeiros da Federação Russa. Suas funções incluíam organizar e conduzir porta-voz do Ministério de Relações Exteriores, a organização de trabalho de contas oficiais do Ministério em redes sociais e apoio de informação de visitas estrangeiras do Ministro de Negócios Estrangeiros. Ela é um dos mais citados diplomatas russos.

Em 10 de agosto de 2015, por ordem do Ministério das Relações Exteriores, Zakharova foi nomeado diretora do Departamento de Informação e Imprensa. Zakharova se tornou a primeira mulher na história do departamento a ocupar este cargo.

Em 2016, ela foi escolhida como uma das 100 mulheres da BBC.

Controvérsia[editar | editar código-fonte]

Em 13 de novembro de 2016, Zakharova criticou por brincadeira na televisão estatal russa que os resultados das eleições norte-americanas foram resultado de uma conspiração judaica, afirmando:

Referências

  1. Chris Graham (ed.). «Russian spokeswoman accused of fanning 'Jewish conspiracy' after Trump's victory». Consultado em 16 de dezembro de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre relações internacionais, diplomacia ou sobre um diplomata é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.