Maria Zilda Bethlem

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Maria Zilda Bethlem
Bethlem em 2014
Nome completo Maria Zilda Bethlem Bastos
Pseudônimo(s) Maria Zilda
Nascimento 20 de outubro de 1953 (67 anos)
Rio de Janeiro, RJ
Nacionalidade brasileira
Cônjuge Roberto Talma (1974–1983)
Ana Kalil (2008–2017)
Ocupação
Período de atividade 1974–2019[1]
Principais trabalhos
Prêmios

Maria Zilda Bethlem Bastos, também conhecida somente como Maria Zilda (Rio de Janeiro, 20 de outubro de 1953)[2][3] é uma atriz e produtora brasileira. Iniciou sua vida artística em 1974 na telenovela Fogo sobre Terra, interpretando Márcia. No cinema, por outro lado, a consagração veio logo em seu primeiro trabalho, vivendo Juliana em A Intrusa, papel que lhe garantiu o prêmio de Melhor Atriz no Festival Internacional de Cinema de Montreal. Posteriormente, também conquistaria os prêmios de Melhor Atriz pela atuação em Vagas para Moças de Fino Trato e Eu Não Conhecia Tururú pelo Festival de Brasília e Festival de Gramado, respectivamente.

Na televisão, destacou-se em 1984 como Verônica na telenovela Vereda Tropical, sendo indicada como Melhor Atriz no Troféu Imprensa. Além disso, também houve outras personagens marcantes como Regina de Meu Destino É Pecar, Carina de Hipertensão, Ângela de Bebê a Bordo, Mariza de Top Model, Bia de De Corpo e Alma, Walkiria de Olho por Olho, Flávia de Por Amor, Léa de Caras & Bocas, Emma em Êta Mundo Bom!, entre outras.

Quanto à vida pessoal, Maria Zilda Bethlem foi casada com o engenheiro e César Leite Fernandes e o produtor de televisão Roberto Talma, tendo dois filhos, sendo um fruto de casamento com César e o outro com Roberto. Em 2008, casou-se com a arquiteta Ana Kalil, relação que durou por nove anos.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascida no Rio de Janeiro, começou a carreira em 1972 no teatro de Bolso do Leblon, no Rio de Janeiro.[4] Após esse espetáculo a atriz participou de vários filmes, entre eles: O Grande Palhaço, Parceiros da Aventura e O segredo da Múmia.[5]

Durante a década de 1970, época em que ainda estava em busca da consagração profissionalmente, Maria Zilda Bethlem havia procurado diversos executivos de televisão em busca de emprego. No entanto, em 1979, entrou em contato com a atriz veterana Tônia Carrero. Segundo Bethlem, ela disse que sabia atuar num espetáculo (Teu Nome É Mulher, de Marcel Mithois) e ao questionar Carrero sobre um papel, ela afirmou: "Tem, sim. Você pode fazer a minha filha".[3] Posteriormente, as duas continuaram amigas até o falecimento de Tônia em 2018.[3][6]

Carreira na televisão[editar | editar código-fonte]

Iniciou sua trajetória em 1974 na telenovela Fogo sobre Terra, interpretando Márcia.[7] No ano seguinte, deu vida a Ester em Escalada.[8] Em 1977, foi Mimi em Nina e, nos dois anos posteriores, atuou como Sulamita em Sem Lenço, sem Documento e participou da série Plantão de Polícia no episódio "Um Dia de Ratos".[9][10][11] No início da década de 1980, interpretou Gilda e Glorinha França nas telenovelas Água Viva e Coração Alado, respectivamente.[12][13]

Em 1981, viveu Rosana em Jogo da Vida e, dois anos mais tarde, esteve na pele de Vânia em Guerra dos Sexos.[14][15] Em 1984, foi Regina na minissérie Meu Destino É Pecar, além de atuar como Verônica na telenovela Vereda Tropical, sendo indicada como Melhor Atriz no Troféu Imprensa.[16][17][18] Dois anos depois, interpretou Laura em Selva de Pedra, participou do programa Cida, a Gata Roqueira e Carina em Hipertensão.[19][20][21] Concluiu a década vivendo Ângela em Bebê a Bordo e Marisa em Top Model.[22][23]

No início da década de 1990, participou do humorístico TV Pirata, além de interpretar Telma na telenovela Vamp.[24][25] Em 1992, participou do episódio "Coração na Mão" no programa Você Decide como Lúcia e, logo em seguida, viveu Beatriz Lopes Jordão (Bia) em De Corpo e Alma.[26][27] Posteriormente, deu vida a Walkíria em Olho no Olho.[28] Entre 1995 a 1996, participou do episódio "Molambo de Gente" como Natasha em Você Decide; esteve na minissérie Decadência como Irene, e atuou como Cassandra Moreira na telenovela Vira Lata.[26][29][30] Em 1997, fez uma participação no episódio "Norma" como Arlete, em Você Decide, assim como, encarnou na pele de Flávia em Por Amor.[26][31] Concluiu o decênio participando do episódio "Dolores Pra Lá, Dolores Pra Cá" no humorístico Sai de Baixo; foi Catarina na quinta temporada de Malhação e esteve, mais uma vez, em Você Decide, no episódio "Transas de Família" como Elizabeth.[26][32][33]

Em 2003, interpretou Rutinha na telenovela Agora É que São Elas e, dois anos mais tarde, deu vida a Zelândia em A Lua Me Disse.[34][35] Em 2007, fez participação especial em Pé na Jaca e viveu Cíntia em Sete Pecados.[36][37] No ano seguinte, esteve na série Faça Sua História participando do episódio "A Estrela da TV" na pele de Dona Maria.[38] Concluiu a década em 2009 como Léa em Caras & Bocas.[39]

Em 2010, interpretou Gigi na telenovela Ti Ti Ti e, no ano seguinte, foi Olga em Aquele Beijo.[40][41] Em 2016, após meia década de ausência na televisão, deu vida a Emma em Êta Mundo Bom!.[42] Dois anos mais tarde, participou da terceira temporada da série Magnífica 70.[43] Em 2019, encerrou o decênio fazendo participação nas obras Chuteira Preta e Pico da Nebina, dos canais por assinatura Prime Box Brazil e HBO Brasil, respectivamente.[44][45]

Carreira no cinema[editar | editar código-fonte]

Estreou nas telonas em 1979 interpretando Juliana em A Intrusa, papel reconhecido como Melhor Atriz no Festival Internacional de Cinema de Montreal; no mesmo período, também foi uma moça violentada em Eu Matei Lúcio Flávio.[46][47] No ano seguinte, esteve no elenco de Parceiros da Aventura como uma vizinha da Lucinha, além de viver a amiga da surbubana em O Grande Palhaço.[48][49]

Em 1982, fez uma participação especial no filme O Segredo da Múmia e, dois anos mais tarde, deu vida as personagens Bia em Bete Balanço e Leila Assunção em Espelho de Carne, respectivamente.[50][51][52] Concluiu esta década em 1987, na pele da jornalista Cristina Lemos em Rádio Pirata.[53]

Em 1991, esteve no elenco de O Filme da Minha Vida como Lucy e, dois anos depois, deu vida a Madalena em Vagas para Moças de Fino Trato, esta última personagem lhe garantiu o Festival de Brasília como Melhor Atriz.[54][55] Em 1997, encerrou o milênio no cinema interpretando Marieta em O Homem Nu.[56]

Em 2000, foi Rose em Eu Não Conhecia Tururú, eleita Melhor Atriz pelo Festival de Gramado.[57][58] No ano seguinte, viveu Júlia em Minha Vida em Suas Mãos.[59] Posteriormente, retornou as telonas em 2012 como a mãe da protagonista em Dores de Amores e, seis anos mais tarde, como Denise em O Garoto.[56][60]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Bethlem foi casada com o engenheiro César Leite Fernandes e o diretor televisivo Roberto Talma. Tem dois filhos, Rodrigo Bethlem com César e Raphael Vieira com Talma.[61] Rodrigo lhe deu duas netas, Vitória e Catharina. Já Rafael lhe deu uma neta chamada Celina.[62]

Maria Zilda Bethlem já posou nua para a revista Playboy em agosto de 1985, estampando a capa comemorativa de dez anos da revista no Brasil.[63]

Em 2008 se casou com a arquiteta Ana Kalil.[64][65][66] Em maio de 2017, anunciou que estava separada, durante uma entrevista ao programa TV Fama.[67]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Trabalho/Obra Personagem Notas
1974 Fogo sobre Terra Maria de Fátima de Oliveira (Maria Fumaça)
1975 Escalada Ester
1977 Nina Mimi
1978 Sem Lenço, sem Documento Sulamita Episódio: "4 de março"
1979 Plantão de Polícia Mara Duarte dos Santos Episódio: "O Crime do Vidigal"
1980 Água Viva Gilda Sarpo
Coração Alado Glória França (Glorinha)
1981 Jogo da Vida Rosana Ramos Cruz
1983 Guerra dos Sexos Vânia Trabucco de Morais
1984 Meu Destino É Pecar Margarida Santa Rita Avelar (Guida)
Evangelina Santa Rita / Regina
Vereda Tropical Verônica de Oliva Salgado
1986 Selva de Pedra Laura Vilhena
Cida, a Gata Roqueira Anastácia Tremaine Especial de fim de ano
Hipertensão Carina
1988 Bebê a Bordo Ângela
1989 Top Model Mariza Borges Magalhães
1990 TV Pirata Vários personagens
1991 Vamp Telma Leite
1992 Você Decide Lúcia Helena Episódio: "Coração na Mão"
De Corpo e Alma Beatriz Lopes Jordão (Bia)
1993 Olho no Olho Walkíria Zapata
1995 Decadência Irene
Você Decide Judith Episódio: "Veneno Ambiente"
1996 Gláucia Episódio: "Molambo de Gente"
Vira Lata Cassandra Moreira
1997 Você Decide Norma Episódio: "Norma"
Por Amor Flávia Nogueira Dantas[68]
1998 Sai de Baixo Dolores Montovani Episódio: "Dolores Pra Lá, Dolores Pra Cá"
Malhação Catarina da Silva Manhães Temporada 5
1999 Você Decide Érica Motta Episódio: "Transas de Família"
2003 Agora É que São Elas Ruth Castro (Rutinha)
2005 A Lua Me Disse Zelândia Fortunato
2007 Pé na Jaca Alma Abranches Episódios: "5–24 de fevereiro"
Sete Pecados Cíntia Alves
2008 Faça Sua História Letícia Barros Episódio: "O Último Casal Feliz"
Dora Maria Prado Episódio: "A Estrela da TV"
2009 Caras & Bocas Léa Silveira Lontra
2010 Ti Ti Ti Gildete Malta (Madame Gigi) Episódios: "3–7 de agosto"
2011 Aquele Beijo Olga Ferreira Medeiros
2016 Êta Mundo Bom! Emma Thomas
2018 Magnífica 70 Madre Episódio: "Remorso"
2019 Chuteira Preta Dolores Castanho[69] Episódio: "Chuteiras com alma"
Pico da Neblina Suzette Tortoriello[70][71] Episódio: "Semente"

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem
1979 A Intrusa Juliana
Eu Matei Lúcio Flávio moça violentada
1980 Parceiros da Aventura
O Grande Palhaço Maria
1982 O Segredo da Múmia [72] Vítima do Professor (participação especial
1984 Bete Balanço Bia
Espelho de Carne Leila Assunção
1987 Rádio Pirata Cristina Lemos
1991 O Filme da Minha Vida
1993 Vagas para moças de Fino Trato Madalena
1997 O Homem Nu Marieta
2000 Eu não conhecia Tururú Rose
2001 Minha vida em suas mãos Júlia
2013 Dores de Amores Mãe
2019 O Garoto Denise

Teatro[editar | editar código-fonte]

Ano Título Direção
1972 O Genro que era nora
1979 Teu Nome É Mulher
Adolpho Celi
O Belo Burguês
Pedro Porfirio
1991 Artigo de Luxo
Ítalo Rossi
Louco Circo da Paixão
Marcos Paulo
1993 Segundas Intenções
José Renato
Quem É Amélia
Antônio Pedro
2002 Theatro Musical Brasileiro
Flavio Marinho
2006 Isso Era Tudo Que Eu Queria
Ítalo Rossi

Produtora[editar | editar código-fonte]

Ano Título Notas
1998 Eu não Conhecia Tururú Produtora
2001 Minha Vida em Suas Mãos Produtora
2003 Theatro Musical Brasileiro 3 Produtora

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Premiação Categoria Nomeação Resultado Ref
1979 Festival Internacional de Cinema de Montreal Melhor Atriz
A Intrusa
Venceu [73]
1985 Troféu Imprensa Melhor atriz
Vereda Tropical
Indicado [18]
1993 Troféu Candango do Festival de Brasília Melhor atriz
Vagas para Moças de Fino Trato
Venceu [74]
2000 Kikito de Ouro do Festival de Gramado Melhor atriz
Eu Não Conhecia Tururú
Venceu [75]

Referências

  1. https://noticiasdatv.uol.com.br/noticia/televisao/maria-zilda-desiste-de-novelas-apos-se-irritar-com-atores-de-eta-mundo-bom-42801
  2. «Conheça os nomes reais dos famosos». Terra. 18 de junho de 2003. Consultado em 31 de agosto de 2020 
  3. a b c Sampaio, Paulo (18 de agosto de 2019). «Maria Zilda Bethlem: "Comi todo mundo no Rio, São Paulo, Nova York e Paris"». UOL Universa. Consultado em 31 de agosto de 2020 
  4. Bianca Kreinpaul. «Chegando aos 50, Maria Zilda estrela espetáculo em que canta, dança e faz strip-tease». Época. Consultado em 8 de agosto de 2020 
  5. Adilson Marcelino (2020). «MARIA ZILDA BETHLEM». Mulheres no Cinema Brasileiro. Consultado em 8 de agosto de 2020 
  6. «Atriz Tônia Carrero morre aos 95 anos». Folha de S.Paulo. 4 de março de 2018. Consultado em 31 de agosto de 2020 
  7. Xavier, Nilson. «Fogo Sobre Terra». Teledramaturgia. Consultado em 30 de agosto de 2020 
  8. Xavier, Nilson. «Escalada». Teledramaturgia. Consultado em 30 de agosto de 2020 
  9. «Ficha Técnica - Nina». Memória Globo. Consultado em 30 de agosto de 2020 
  10. Xavier, Nilson. «Sem Lenço, Sem Documento». Teledramaturgia. Consultado em 30 de agosto de 2020 
  11. Xavier, Nilson. «Plantão de Polícia». Teledramaturgia. Consultado em 30 de agosto de 2020 
  12. Xavier, Nilson. «Água Viva». Teledramaturgia. Consultado em 30 de agosto de 2020 
  13. «Personagens - Coração Alado». Memória Globo. Consultado em 30 de agosto de 2020 
  14. Xavier, Nilson. «Jogo da Vida». Teledramaturgia. Consultado em 30 de agosto de 2020 
  15. Costa, Fábio (2018). «Há 35 anos, novela das sete discutia a posição das mulheres com humor e irreverência». Observatório da TV. Consultado em 30 de agosto de 2020 
  16. «Ficha Técnica - Meu Destino É Pecar». Memória Globo. Consultado em 30 de agosto de 2020 
  17. «Trama Principal - Vereda Tropical». Memória Globo. Consultado em 30 de agosto de 2020 
  18. a b «Troféu Imprensa 1984». Chance de Gol. Consultado em 30 de agosto de 2020 
  19. Costa, Fábio (2020). «O amor é lindo; muitos casais no final de Selva de Pedra». Observatório da TV. Consultado em 30 de agosto de 2020 
  20. «Cida, a Gata Roqueira». Memória Globo. Consultado em 30 de agosto de 2020 
  21. Xavier, Nilson. «Hipertensão». Teledramaturgia. Consultado em 30 de agosto de 2020 
  22. Secco, Duh (23 de maio de 2020). «Artistas de Bebê a Bordo que já morreram». TV História. Consultado em 30 de agosto de 2020 
  23. «'Top Model' estreava há 30 anos; veja antes e depois do elenco da novela». Gshow - Vídeo Show. 18 de setembro de 2019. Consultado em 30 de agosto de 2020 
  24. Bruzzi, Taty (10 de outubro de 2018). «Sete curiosidades sobre o humorístico "TV Pirata", que completa 30 anos em 2018». NaTelinha. Consultado em 30 de agosto de 2020 
  25. Xavier, Nilson. «Vamp». Teledramaturgia. Consultado em 30 de agosto de 2020 
  26. a b c d Xavier, Nilson. «Você Decide». Teledramaturgia. Consultado em 30 de agosto de 2020 
  27. «Ficha Técnica - De Corpo e Alma». Memória Globo. Consultado em 30 de agosto de 2020 
  28. Xavier, Nilson. «Olho no Olho». Teledramaturgia. Consultado em 30 de agosto de 2020 
  29. «Ficha Técnica - Decadência». Memória Globo. Consultado em 30 de agosto de 2020 
  30. «Personagens - Vira Lata». Memória Globo. Consultado em 30 de agosto de 2020 
  31. Rodrigues, Guilheme (2019). «No ar na reprise de Por Amor, Maria Zilda Bethlem afirma: "As pessoas me param nas ruas"». Observatório da TV. Consultado em 30 de agosto de 2020 
  32. Xavier, Nilson. «Sai de Baixo». Teledramaturgia. Consultado em 30 de agosto de 2020 
  33. Xavier, Nilson. «Malhação 98-99». Teledramaturgia. Consultado em 30 de agosto de 2020 
  34. Alves Jr., Dirceu (2003). «Maria Zilda Bethlen». ISTOÉ Gente. Consultado em 30 de agosto de 2020 
  35. «Ivan se aproxima de Zelândia». Central Globo de Comunicação. 9 de setembro de 2005. Consultado em 30 de agosto de 2020 
  36. Stein, Natasha (12 de janeiro de 2007). «Maria Zilda faz participação especial em 'Pé na jaca'». O Globo. Consultado em 30 de agosto de 2020 
  37. Reipert, Fabíola (9 de agosto de 2007). «Maria Zilda deixa "Sete Pecados"; atriz fica insatisfeita com pouco destaque». Folha de S.Paulo. Zapping. Consultado em 30 de agosto de 2020 
  38. «A estrela da TV, no ar 11/05». Central Globo de Comunicação. 9 de maio de 2008. Consultado em 30 de agosto de 2020 
  39. «'Caras & Bocas': Frederico expulsa Léa de casa». Terra. 31 de julho de 2009. Consultado em 30 de agosto de 2020 
  40. «Maria Zilda grava participação em "Ti Ti Ti" no Rio de Janeiro». UOL. 15 de julho de 2010. Consultado em 30 de agosto de 2020 
  41. Petrolli, Marina (23 de dezembro de 2011). «Irmã de Débora Falabella entra em Aquele Beijo». Ofuxico. Consultado em 30 de agosto de 2020 
  42. Rodrigues, Guilherme (2020). «Lauro e Emma terminam juntos em Êta Mundo Bom!? Relembre». Observatório da TV. Consultado em 30 de agosto de 2020 
  43. Matias, Karina (9 de outubro de 2018). «Com destaque para o cenário político, série Magnífica 70 estreia última temporada dia 14». Folha de S.Paulo. Consultado em 30 de agosto de 2020 
  44. Santuario, Marcos (14 de abril de 2018). «Cineasta filma série "Chuteira Preta" em Porto Alegre e Região Metropolitana». Correio do Povo. Consultado em 30 de agosto de 2010 
  45. Ramos, Anderson (23 de agosto de 2018). «HBO anuncia o começo das filmagens da série original 'Pico da Neblina'». O Universo da TV. Consultado em 30 de agosto de 2020 
  46. «Filmografia - A Intrusa». Cinemateca brasileira. Consultado em 30 de agosto de 2020 
  47. «Filmografia - Eu Matei Lúcio Flávio». Cinemateca brasileira. Consultado em 30 de agosto de 2020 
  48. «Filmografia - Parceiros da Aventura». Cinemateca brasileira. Consultado em 30 de agosto de 2020 
  49. «Filmografia - O Grande Palhaço». Cinemateca brasileira. Consultado em 30 de agosto de 2020 
  50. «Filmografia - O Segredo da Múmia». Cinemateca brasileira. Consultado em 30 de agosto de 2020 
  51. «Filmografia - Bete Balanço». Cinemateca brasileira. Consultado em 30 de agosto de 2020 
  52. «Filmografia - Espelho de Carne». Cinemateca brasileira. Consultado em 30 de agosto de 2020 
  53. «Filmografia - Rádio Pirata». Cinemateca brasileira. Consultado em 30 de agosto de 2020 
  54. «Filmografia - O Filme da Minha Vida». Cinemateca brasileira. Consultado em 30 de agosto de 2020 
  55. «Filmografia - Vagas para Moças de Fino Trato». Cinemateca brasileira. Consultado em 30 de agosto de 2020 
  56. a b «Maria Zilda comenta cena de sexo com Débora Bloch vetada em filme: Iam perder público». NaTelinha. 29 de junho de 2020. Consultado em 30 de agosto de 2020 
  57. Conti, Mario Sergio (10 de maio de 2002). «Bolkan faz fantasia cruel e egocêntrica». Folha de S.Paulo. Consultado em 30 de agosto de 2020 
  58. «Gramado ganha o "kikito" de desorganização». O Estado de S.Paulo. 30 de agosto de 2020 
  59. Couto, José Geraldo (11 de maio de 2001). «Filme de Maria Zilda diverte, mesmo que involuntariamente». Folha de S.Paulo. Consultado em 30 de agosto de 2020 
  60. de Almeida, Carlos Heli (8 de outubro de 2012). «'Dores de amores' mostra estripulias de um casal em crise». O Globo. Consultado em 30 de agosto de 2020 
  61. Rafaela Lima (18 de agosto de 2019). «Maria Zilda Bethlem fala sobre fama: "Comi todo mundo"». Metrópoles. Consultado em 8 de agosto de 2020 
  62. Rafael Godinho (21 de outubro de 2019). «Com livro e selinho, os 66 anos de Maria Zilda: "Mais liberal do que nunca"». Uol. Consultado em 8 de agosto de 2020 
  63. «Metralhadora de histórias: As revelações de Maria Zilda que vêm dando o que falar». NaTelinha. 12 de julho de 2020. Consultado em 8 de agosto de 2020 
  64. «Maria Zilda e Ana Kalil estão casadas desde 2008:"Muito felizes", diz companheira». Extra. 29 de outubro de 2013. Consultado em 31 de agosto de 2020 
  65. Lacerda, Lu (2 de novembro de 2013). «Invertida, com Maria Zilda Bethlem». LuLacerda. Consultado em 31 de agosto de 2020 
  66. Gshow (27 de novembro de 2015). «Veja o elenco da nova novela das 6, 'Êta Mundo Bom!'». TV - Gshow. Consultado em 14 de dezembro de 2015 
  67. «Soleitra, Maria Zilda fala sobre termino de casamento com arquiteta». TV UOL. 5 de maio de 2017. Consultado em 31 de agosto de 2020 
  68. Camacho, Marcelo (8 de abril de 1998). «Os astros no ringue: Socos, pontapés e empurrões ajudam a garantir a audiência da novela Por Amor». Veja. Consultado em 26 de março de 2017 
  69. «Cineasta filma série "Chuteira Preta" em Porto Alegre e Região Metropolitana». Correio do Povo. 14 de abril de 2018. Consultado em 2 de novembro de 2018 
  70. TV, O. Universo da. «HBO anuncia o começo das filmagens da série original 'Pico da Neblina'». O Universo da TV. Consultado em 24 de fevereiro de 2019 
  71. O ator Luis Navarro será o protagonista Biriba. Seu amigo Vini será interpretado pelo ator e YouTuber Daniel Furlan. A série conta ainda com Teca Pereira, Bruno Giordano e Maria Zilda
  72. Cinemateca Brasileira, O Segredo da Múmia [em linha]
  73. «Em papo reto com Glamurama, Maria Zilda fala de seu livro e dispara: "Nunca me ofendi por ser considerada bonita"». Glamurama. 7 de outubro de 2019. Consultado em 8 de agosto de 2020 
  74. Sérgio Maggio (17 de setembro de 2017). «O dia em que Dercy Gonçalves ganhou o Candango no Cine Brasília». Metrópoles. Consultado em 8 de agosto de 2020 
  75. Sérgio Maggio (6 de agosto de 2000). «Gramado ganha o "kikito" de desorganização». O Estado de S. Paulo. Consultado em 8 de agosto de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Maria Zilda Bethlem