Maria de Jülich-Berg

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Maria de Jülich-Berg
Duquesa de Jülich, Berg e Cleves
Condessa de Mark e Ravensburg
O brasão de Maria de Jülich-Berg
Marido João III, Duque de Cleves (1509–1539)
Descendência Sibila de Cleves
Ana de Cleves
Guilherme de Jülich-Cleves-Berg
Amália de Cleves
Casa Jülich-Heimbach (por nascimento)
de La Marck (por casamento)
Nascimento 3 de agosto de 1491
  Jülich, Düren, Colônia, Renânia do Norte-Vestfália, Alemanha
Morte 29 de agosto de 1543 (52 anos)
Pai Guilherme IV de Jülich-Berg
Mãe Sibila de Brandemburgo

Maria de Jülich-Berg (3 de agosto de 149129 de agosto de 1543) nasceu em Jülich, filha de Guilherme IV de Jülich-Berg e de Sibila de Brandemburgo.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Maria descendia da linhagem de princesas alemãs que se estendia de Sibila de Brandembergo, Sofia da Saxônia, a Adelaide de Teck.

Maria tornou-se herdeira de propriedades de seu pai, sendo elas o Ducado de Jülich, Berg e o Condado de Ravensberg, após sua morte em 1511. Em seu casamento com João III, Duque de Cleves em 1509, propriedades e títulos de Maria foram fundidos com o Ducado de Cleves. João, herdou o Ducado de Cleves-Mark em 1521, e em seguida, tornou-se o primeiro governante da Organização das Nações ducados de Jülich-Cleves-Berg, que existiria até 1666.[1]

A duquesa era uma mulher católica estrita e tradicional, que se posicionava contra a educação de princesas e mulheres nobres, embora esta fosse a norma da nobreza inglesa à época. No livro The Wives of Henrique VIII, a autora Antonia Fraser sugere que, após seu casamento, uma razão pela qual o Henrique VIII não gostasse muito de sua filha Ana foi que, ao contrário de suas duas primeiras esposas e muitas das damas da corte, Ana não possuía dons musicais e conhecimentos suficientes para brilhar na corte inglesa.[2] A própria Maria não parece ter favorecido o envio de sua filha para a Inglaterra. Ela escreveu em uma correspondência mais tarde que ela amava sua filha tanto que ela era "avessa a sofrer dela se afastar dela".[2]

Descendência[editar | editar código-fonte]

Ela se casou com João III, Duque de Cleves, em 1509, de quem teve três filhas e um filho. Foram eles:

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b Alison Weir, família real da Grã-Bretanha: A Complete Genealogy (Londres, Reino Unido: O Chefe Bodley, 1999), página 154. [S.l.: s.n.] 
  2. a b Antonia Fraser, As Esposas de Henry VIII (Vintage Books, 1993), Capítulo: Anne de Cleves. [S.l.: s.n.]