Maria de Saxe-Altemburgo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Maria de Saxe-Altenburg)
Ir para: navegação, pesquisa
Maria
Rainha de Hanôver
Princesa de Saxe-Altemburgo
Rainha de Hanôver
Reinado 18 de novembro de 1851 – 20 de setembro de 1866
Antecessor(a) Frederica de Mecklemburgo-Strelitz
Sucessor(a) Tira da Dinamarca
 
Cônjuge Jorge V de Hanôver
Descendência Ernesto Augusto, Príncipe Herdeiro de Hanôver
Frederica de Hanôver
Maria de Hanôver
Nascimento 14 de abril de 1818
Hildburghausen, Ducado de Saxe-Altemburgo
Morte 9 de janeiro de 1907 (88 anos)
Gmunden, Império Austro-Húngaro
Pai José, Duque de Saxe-Altemburgo
Mãe Amélia de Württemberg

Maria de Saxe-Altemburgo (Alexandrina Maria Guilhermina Catarina Carlota Teresa Henriqueta Luísa Paulina Isabel Frederica Jorgina), (14 de abril de 1818 - 9 de janeiro de 1907) foi rainha-consorte de Hanôver através do seu casamento com o rei Jorge V, um neto do rei Jorge III do Reino Unido e da rainha Carlota.

Primeiros anos[editar | editar código-fonte]

Maria nasceu em Hildburghausen, como princesa Maria de Saxe-Hildburghausen, sendo a filha mais velha do príncipe-herdeiro José de Saxe-Hildburghausen e da duquesa Amélia de Württemberg. Em 1826, a família mudou-se para Altemburgo como resultado da uma transferência de territórios entre os vários ramos dos Wettin Ernestinos e Maria passou a ter o título de princesa de Saxe-Altemburgo.

Casamento e descendência[editar | editar código-fonte]

Maria casou-se no dia 18 de fevereiro de 1843 com o príncipe-herdeiro Jorge de Hanôver. Juntos tiveram três filhos:

  1. Ernesto Augusto, Príncipe Herdeiro de Hanôver (21 de setembro de 1845 - 14 de novembro de 1923), casado com a princesa Tira da Dinamarca; com descendência.
  2. Frederica de Hanôver (9 de janeiro de 1848 - 16 de outubro de 1926), casada com o barão Litubert von Pawel-Rammingen; com descendência
  3. Maria de Hanôver (3 de dezembro de 1849 - 4 de junho de 1904), nunca se casou.

Rainha de Hanôver[editar | editar código-fonte]

Maria e Jorge tornaram-se reis de Hanôver após a morte do pai de Jorge, Ernesto Augusto I de Hanôver, no dia 18 de novembro de 1851. O seu marido acabou por ser expulso do seu reino em 1866 por ter ficado do lado da Áustria durante a Guerra Austro-Prussiana e, no dia 20 de setembro do mesmo ano, o Reino de Hanôver foi anexado ao Reino da Prússia. No entanto, Jorge nunca abdicou. A família viveu no exílio em Gmunden, na Áustria, até à morte de Jorge em 1878.

No dia 18 de setembro de 1872, Maria foi escolhida para ser madrinha da princesa Maria Luísa de Schleswig-Holstein, uma neta da rainha Vitória, filha da princesa Helena.

Genealogia[editar | editar código-fonte]

Os antepassados de Maria de Saxe-Altemburgo em três gerações
Maria de Saxe-Altemburgo Pai:
José, Duque de Saxe-Altemburgo
Avô paterno:
Frederico, Duque de Saxe-Altemburgo
Bisavô paterno:
Ernesto Frederico III, Duque de Saxe-Hildburghausen
Bisavó paterna:
Ernestina de Saxe-Weimar
Avó paterna:
Carlota Jorgina de Mecklemburgo-Strelitz
Bisavô paterno:
Carlos II, Grão-Duque de Mecklemburgo-Strelitz
Bisavó paterna:
Frederica de Hesse-Darmstadt
Mãe:
Amélia de Württemberg
Avô materno:
Luís, Duque de Württemberg
Bisavô materno:
Frederico II Eugénio, Duque de Württemberg
Bisavó materna:
Frederica de Brandemburgo-Schwedt
Avó materna:
Henriqueta de Nassau-Weilburg (1780–1857)
Bisavô materno:
Carlos Cristiano, Príncipe de Nassau-Weilburg
Bisavó materna:
Carolina de Orange-Nassau
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Maria de Saxe-Altemburgo