Maria do Carmo Bueno

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Maria do Carmo Bueno
Nome completo Maria do Carmo Bueno Garcia
Nascimento 21 de setembro de 1948 (72 anos)
Santa Bárbara do Sul, RS
Nacionalidade brasileira
Ocupação jornalista, apresentadora de televisão e política

Maria do Carmo Bueno Garcia (Santa Bárbara do Sul, 21 de setembro de 1948), nascida Maria do Carmo Teixeira Bueno, ou apenas Maria do Carmo é uma jornalista, apresentadora de televisão e política brasileira.[1] É formada pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul em Jornalismo.

Carreira jornalística[editar | editar código-fonte]

Trabalhou na RBS TV onde apresentou por dezoito anos o Jornal do Almoço,[2] na Rádio Bandeirantes e na TV Bandeirantes e atualmente apresenta o Guaíba Revista na Rádio Guaíba na programação vespertina da emissora.[3] Já passou também pela Ulbra TV.

Trajetória política[editar | editar código-fonte]

Sua primeira candidatura política foi em 1990, para o cargo de vice-governadora, na chapa de Nelson Marchezan, então no Partido Democrático Social (PDS), derrotado por Alceu Collares.

Em 1994, foi eleita deputada estadual no Rio Grande do Sul pelo PPB (época em que o partido se chamava PPR) com 209.833 votos.[4] Sendo reeleita em 1998, abandonou a política em 2002.[5]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

  • Prêmio Soroptimista Destaque (2002)[6]
  • Medalha da 50ª Legislatura (2002)[7]

Referências

  1. «Caras Sul' lança primeira edição nesta sexta-feira». Coletiva.net. 26 de abril de 2007. Consultado em 29 de março de 2012 [ligação inativa]
  2. «Com as feras». Coletiva.net. Consultado em 29 de março de 2012. Arquivado do original em 27 de julho de 2014 
  3. «Maria do Carmo na Band TV e no rádio». Coletiva.net. Consultado em 29 de março de 2012.. Arquivado do original em 27 de julho de 2014  |nome1= sem |sobrenome1= em Authors list (ajuda); Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  4. «As mulheres eleitas na história da Assembléia Legislativa do RS». Vermelho.org. 20 de maio de 2007. Consultado em 29 de março de 2012 
  5. «Maria do Carmo não concorrerá». Porto Alegre. Correio do Povo (em Língua portuguesa). 26 de junho de 2002. Consultado em 20 de abril de 2012 
  6. «Deputada e desembargadora homenageadas». Porto Alegre. Correio do Povo (em Língua portuguesa). 18 de abril de 2002. Consultado em 20 de abril de 2012 
  7. «Medalha da 50ª Legislatura destaca a Agert». Porto Alegre. Correio do Povo (em Língua portuguesa). 2 de outubro de 2002. Consultado em 20 de abril de 2012