Mariana Lima

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Mariana Lima
Mariana em 2003.
Nome completo Mariana Gomes Ferreira Lima-Díaz
Nascimento 17 de setembro de 1972 (46 anos)
São Paulo, SP
Nacionalidade Brasileira
Ocupação Atriz
Atividade 1991–presente
Cônjuge Enrique Díaz (c. 1997)
IMDb: (inglês)

Mariana Gomes Ferreira Lima-Díaz, mais conhecida como Mariana Lima (São Paulo, 17 de setembro de 1972) é uma atriz e produtora brasileira.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Quando retomou a sua cidade, em 91, iniciou uma peregrinação pelas oficinas teatrais. Passou pelo CPT (Centro de Pesquisa Teatral), do diretor Antunes Filho.[2] E naquele mesmo ano, aconteceu sua estréia profissional no teatro, em Comala, espetáculo baseado no romance de Juan Rulfo, viajando pelo mundo com a peça. Em 1994, substitui Maria Luisa Mendonça, protagonista do espetáculo Futebol, de Alberto Renault. Aos 25 anos, entra para a equipe do Teatro da Vertigem.[3] participando da peça Livro de Jó com Matheus Nachtergaele em 1995, no papel de Mulher de Jó que foi realizada em um hospital fechado.[4] E foi no teatro, que Luiz Fernando Carvalho a decobriu e a chamou para seu primeiro trabalho na televisão nas novelas, em O Rei do Gado, se destando como Liliana.[2] No cinema, ela estreou no papel da produtora do filme Sábado, de Ugo Giorgetti.[2] Em 2004, interpretou a irmã de Luís Carlos Prestes no filme Olga.[5][6] Em 2011 foi a Rainha Helena de Seráfia, em Cordel Encantado, e em 2015 interpretou Isabel, em Sete Vidas.[7][8] Em 2018, ela estreia em SP espetáculo CérebroCoração e atua em longas de Daniela Thomas, Júlio Bressane e documentário de Maria Flor, que mostra o processo da montagem de Nômades, com Mariana, Malu Galli e Andréa Beltrão no elenco.[9]

Vida Pessoal[editar | editar código-fonte]

É casada com o diretor Enrique Díaz, com quem tem duas filhas: Elena e Antônia.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel Notas
1996 O Rei do Gado Liliana Caxias Mezenga
1998 Mulher Participação
1998 Serras Azuis Branca Bela
2002 Desejos de Mulher Antônia Donaggio
2003 Os Normais Bia Episódio: "Até Que Enfim Profundos"
2006 Filhos do Carnaval Ana Cristina
2006 Pé na Jaca JJ Episódio: "20-21 de dezembro de 2006"
2010 Diversão.com Luciana Especial de Fim de Ano
2011 Cordel Encantado Rainha-viúva Helena de Seráfia do Sul
2012 O Brado Retumbante Fernanda Dummont[10]
2012 Doce de Mãe Susana de Souza Especial de fim de ano
2012 Do Amor Ela mesma Participação
2012–13 Sessão de Terapia Ana Temporadas 1–2[11]
2014 Doce de Mãe Susana de Souza[12]
2014 O Rebu Roberta Camargo[13]
2015 Sete Vidas Isabel Barreto
2016–18 Magnífica 70 Marina Boaventura Temporadas 2–3
2016 Lúcia McCartney Eleonor
2017 Os Dias Eram Assim Natália Andrade[14]
2017 Cidade Proibida Laura Fernandes Episódio: "Caso Laura"
2018 Assédio Glória[15][16]

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel Nota
1995 Sábado diretora de produção
1996 Caligrama Curta-metragem
1998 Kenoma Tira
2002 Lara Dora
2004 Olga Lígia Prestes
2004 Bendito Fruto Fernanda/Luciana
2006 Árido Movie Vera
2009 Rua dos Bobos Ella Curta-metragem
2010 Outras Pessoas Curta-metragem
2010 A Alegria Joana
2010 Eu e Meu Guarda-Chuva Mãe de Eugênio
2010 A Suprema Felicidade Sofia
2011 Sudoeste Luzia
2011 Rânia Estela
2011 Amor? Claudia
2013 A Busca Branca
2014 Boa Sorte Mulher do Supermercado[17]
2015 Som Guia Curta-metragem
2016 Amor em Sampa Tutti [18]
2017 Quem é Primavera das Neves? Ela Documentário
2017 Real: O Plano por Trás da História Denise [19]
2018 Antes que eu me Esqueça Maria Pia[20]
2018 O Banquete Bia[21]
2018 Simonal Laura Figueiredo
2018 Sedução da Carne Mulher
2018 Filme Ensaio Documentário
2019 A Terra Negra dos Kawa
2019 Antes Tarde

Teatro[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel / Função
1991 Comala[22]
1992 Amor de Dom Perlimplim com Belisa em Seu Jardim[22]
1994 Futebol[22] Menino
1995 Livro de Jó[22] Mulher de Jó
1998 Tio Vãnia [22]
2000 Apocalipse 1.11[22] Babilônia (Mãe das Meretrizes)
2000 Bartolomeu, Que Será que Nele Deu?
2001 Raiz Quadrada de Menos Um [22]
2002 Não Olhe Agora Diretora da peça
2002 A Paixão Segundo G.H. [22]
2003 A Casa de Bernarda Alba
2003 Acordei que Sonhava
2004 Mare Lunae
2004 Ensaio.Hamlet Assistente de Direção
2006 A Gaivota - Tema para um Conto Curto [22]
2006 Tudo Sobre Mulheres [23]
2009 A Mulher Que Matou os Peixes e Outros Bichos[24] / Produtora
2009 A Máquina De Abraçar Iris
2011 Piterodátilos Grace
2012 À Primeira Vista
2015 Nômades / Produtora
2016 Os Realistas [25] Júlia
2018 CérebroCoração / Autora

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Indicação Resultado Ref
2007 Grande Prêmio do Cinema Brasileiro Melhor Atriz Coadjuvante Árido Movie Indicada [26]
2010 Prêmio Qualidade Brasil Melhor Atriz Teatral Drama A Máquina de Abraçar Indicado [27]
2011 Prêmio Shell de Teatro Melhor Atriz Pterodátilos Venceu [28]
2011 Prêmio Contigo! de Teatro Melhor Atriz de Teatro Indicado [29]
2011 Prêmio APTR de Teatro Melhor Atriz Indicado [30]
2012 Prêmio Cenym Melhor Atriz Coadjuvante A Primeira Vista Indicado [31]
2013 Prêmio ACIE de Cinema Melhor Atriz Sudoeste Indicada [32]
2014 Prêmio Fiesp/Sesi de Cinema Melhor Atriz A Busca Indicado [33]
2018 Prêmio Shell de Teatro - RJ Melhor Atriz CérebroCoração Pendente [34]
2018 Melhor Autor Pendente
2018 Prêmio Cesgranrio de Teatro Melhor Atriz Pendente [35]

Referências

  1. «Mariana Lima: "Depois que minhas filhas nasceram, fui ficando mais careta"». Quem. Globo.com. 11 de maio de 2011. Consultado em 9 de janeiro de 2012. 
  2. a b c «Mariana Lima e Marcello Antony lideram a nova geraçõa de atores que começa a ganhar fama na TV». Folha de S.Paulo. Consultado em 14 de agosto de 2018. 
  3. «Mariana Lima». Enciclopedia Itau. Consultado em 14 de agosto de 2018. 
  4. «O Livro de Jó». Itaucultural. 9 de fevereiro de 1995. Consultado em 9 de janeiro de 2012. 
  5. «OLGA». Cineclick. Consultado em 9 de janeiro de 2012. 
  6. Cinemateca Brasileira Olga [em linha]
  7. Bruno Dias Barbosa (30 de março de 2015). «Mariana Lima, a terapeuta Isabel de 'Sete vidas', conta que faz análise desde os 13 anos: 'Se eu parar, acho que piro'». Extra. Consultado em 1 de abril de 2015. 
  8. «Mariana Lima será terapeuta que se envolverá com paciente em Sete Vidas». Vanessa Paes Barreto. 10 de fevereiro de 2015. Consultado em 11 de fevereiro de 2015. 
  9. «Atriz camaleônica, Mariana Lima se divide entre emoção e razão em peças e filmes». Folha Uol. Consultado em 14 de agosto de 2018. 
  10. Laís Gomes (21 de dezembro de 2011). «Mariana Lima volta à TV em O Brado Retumbante». O Fuxico. Consultado em 24 de dezembro de 2011. 
  11. Geraldo Bessa (16 de setembro de 2012). «Mariana Lima se empolga com a carga emocional de nova série do GNT». O Fuxico. Consultado em 1 de abril de 2015. 
  12. JB. «Atores de 'Doce de Mãe' divulgam nova série no Rio». Terra. Consultado em 23 de janeiro de 2014. 
  13. Carla Bittencourt (16 de junho de 2014). «Novo casal gay: Laura Neiva terá um caso com Mariana Lima em 'O rebu'». Extra. Consultado em 16 de junho de 2014. 
  14. Mariana Lima estará em próxima novela de Lícia Manzo
  15. Maria Fortuna (24 de novembro de 2017). «Mariana Lima é confirmada em 'Assédio': série sobre o ex-médico Roger Abdelmassih». O Globo.com. Consultado em 18 de fevereiro de 2018. 
  16. Julia Pimentel (20 de fevereiro de 2018). «Na próxima série da Globo, Mariana Lima interpreta a primeira mulher do médico estuprador Roger Abdelmassih e lembra sentimento de quando o caso virou notícia: "Foi uma profunda indignação"». Heloisa Tolipan. Consultado em 26 de fevereiro de 2018. 
  17. Mariana Lima faz participação em filme
  18. Miguel Barbieri Jr. «Nas filmagens de Amor em Sampa, com Bruna Lombardi e Riccelli». Consultado em 5 de julho de 2013. 
  19. 3.000 Dias no Bunker - Globo Filmes
  20. A Noite da Melhor Idade - Set - Globo Filmes
  21. Em “O banquete”, dirigido por Daniela Thomas, Mariana dá vida a uma atriz que participa de um jantar com artistas
  22. a b c d e f g h i "Mariana Lima teve a estréia profissional no teatro em 1991, em Comala".
  23. Tudo sobre mulheres - Opinião e Notícia
  24. A Mulher Que Matou Os Peixes... E Outros Bichos - Teatro Nelson
  25. Debora Bloch e Mariana Lima vivem para os maridos na peça 'Os Realistas
  26. «FilmeFobia é o vencedor do Festival de Brasília». Virgula. Consultado em 9 de agosto de 2018. 
  27. «Categoria Teatro – 2010». Prêmio Qualidade Brasil. 2010. Consultado em 17 de junho de 2017. 
  28. «Marco Nanini e Mariana Lima ganham Prêmio Shell de Teatro». Terra. Consultado em 14 de agosto de 2018. 
  29. «A atriz Mariana Lima está indicada na categoria de Melhor Atriz no 5º Prêmio Contigo de Teatro.». Carol Conde. Consultado em 14 de agosto de 2018. 
  30. «Bibi Ferreira: Prêmio APTR de Teatro». abramus. Consultado em 24 de novembro de 2016. 
  31. «12º Prêmio Cenym - Indicados». 12º Prêmio Cenym. Consultado em 19 de fevereiro de 2017. 
  32. «10 Prêmio ACIE de Cinema 2013: correspondentes internacionais escolhem melhores filmes brasileiros». Cultura RJ. 30 de abril de 2013. Consultado em 25 de fevereiro de 2017. 
  33. fiesp. «Anunciados no Teatro do Sesi São Paulo, os grandes vencedores do 10º Prêmio Fiesp/Sesi-SP de Cinema». Consultado em 13 de outubro de 2015. 
  34. «Prêmio Shell de Teatro anuncia os indicados do primeiro semestre». Globo Teatro. Consultado em 14 de agosto de 2018. 
  35. «Confira a lista completa do indicados do 1º semestre». Cesgranrio. Consultado em 14 de agosto de 2018. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Este artigo sobre uma atriz é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.