Mariana Torres

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Mariana Torres (Angra dos Reis, 1981) é uma escritora brasileira radicada na Espanha[1][2].

Mudou-se para Madri aos 7 anos de idade. Estudou na Escuela de Cine de Madrid e dirigiu em 2009 o curta-metragem Rascacielos[3]. Participou das antologias Segunda Parábola de los Talentos (2012), Balas Perdidas (2006) e Atocha 17.15 (2005). Em 2017, foi relacionada pela organização do Hay Festival entre os 39 melhores novos autores de ficção da América Latina[4].

Obras[editar | editar código-fonte]

  • 2015 - El Cuerpo Secreto (Páginas de Espuma)[5]

Referências

  1. Figurinismo literario. El País, 16 de setembro de 2015 (em espanhol)
  2. La escritora brasileña Mariana Torres lanza nueva obra. Excelsior, 8 de maio de 2017 9em espanhol)
  3. Mariana Torres a propósito de ‘El cuerpo secreto’, su reciente libro. Culturamas, 16 de setembro de 2015 (em espanhol)
  4. A América Latina em 39 talentos literários. El País, 6 de maio de 2017
  5. El cuerpo secreto, de Mariana Torres (em espanhol). Vísperas, 18 de novembro de 2015

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) escritor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.