Marianum

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Emblem of the Papacy SE.svg

Série de artigos sobre
Mariologia católica
Murillo immaculate conception.jpg

Maria, mãe de Jesus
Devoção

HiperduliaImaculado CoraçãoSete AlegriasSete DoresTítulosSanto RosárioEscapulário do CarmoDireito Canônico

Orações marianas famosas

Ave MariaMagnificatAngelusInfinitas graças vos damosLembrai-vosSalve-rainha

Dogmas e Doutrinas

Mãe de DeusPérpetua VirgindadeImaculada ConceiçãoAssunçãoMãe da IgrejaMedianeiraCorredentoraRainha do Céu

Aparições
Crenças reconhecidas ou dignas de culto
GuadalupeMedalha Milagrosa
La SaletteLourdesFátimaCaravaggioProuille


Maria na arte


Doutrina da Igreja Católica

O Marianum é tanto o nome do Pontifício Instituto para o estudo da Mariologia, bem como o nome de uma prestigiada revista de teologia mariana[1][2]. A escola e a revista partilham o mesmo nome desde a sua fundação que teve por base o trabalho do padre Gabriel Roschini, que fundou tanto a revista como a escola moderna.

O nome Marianum remonta ao Papa Bonifácio IX, que em 1398 concedeu a Ordem dos Servos de Maria o direito de conferir graus teológicos. A escola foi fechada em 1870 pela novo governo italiano, que, passou a controlar os Estados Papais, universidades católicas e muitas outras instituições. A escola abriu novamente sob o nome de Santo Alessio Falcioneri em 1895. [3]

Em 1939 o Padre Roschini fundou e dirigiu a revista Marianum por trinta anos. Em 1950, ele fundou a Faculdade Teológica Marianum, que, em 8 de dezembro de 1955 se tornou uma Pontifícia Faculdade pelo Decreto Coelesti Honorandae reginae da Sagrada Congregação de Seminários e Universidades, sob a autoridade de Papa Pio XII. Roschini serviu como o reitor da escola. Desde 1971, o Pontifício Instituto foi aberto para pessoas leigas.[4][5]

O Pontifício Instituto Marianum é agora uma instituição acadêmica conhecida sobre o estudo da Mariologia e está localizada na Viale 30 Aprile-6, 00153, Roma, Itália. No Marianum, pode-se começar um mestrado em Mariologia (2 anos de programa acadêmico) e também pode-se obter um doutorado em Mariologia. Esta faculdade tem uma biblioteca com mais de 85.000 volumes sobre Mariologia e uma série de revistas e periódicos de teologia mariológicas.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Mariology
  2. Mariology Society of America
  3. Annuario Pontificio 2005, p.1905
  4. Centers of Marian Study
  5. Publisher’s Notice in the Second Italian Edition (1986), reprinted in English Edition, Gabriel Roschini, O.S.M. (1989). The Virgin Mary in the Writings of Maria Valtorta (English Edition). Kolbe's Publication Inc. ISBN 2-920285-08-4

Ligações externas[editar | editar código-fonte]