Marie Claire

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Marie Claire
Slogan Chique é ser inteligente
Frequência Mensal
Editora Editora Globo (Brasil)[1]
Categoria Revista feminina
Primeira edição 1937 (França)
Marie Claire Brasil

Marie Claire é uma revista feminina mensal lançada originalmente em França em 1937. A revista pertence ao grupo francês Groupe Marie Claire, tem uma circulação média de cerca de 950 mil exemplares. É distribuída também em 26 outros países com edições específicas nos respectivos idiomas e conta ainda com uma versão na Internet.[2]

A revista enfoca assuntos sobre moda, comportamento e atualidades. Sob o slogan Chique é ser inteligente, a revista adota uma linha editorial que expõe temas polêmicos sobre comportamento e denúncias de violação dos direitos humanos.

Direcionada para mulheres adultas, não possui entretanto um público-alvo definido em termos de faixa etária ou estado civil. Isso faz com que as leitoras encontrem assuntos abrangentes nas seções de moda, beleza, saúde, fofocas e turismo. Ainda integram a revista, depoimentos reais, crônicas e entrevistas com artistas.

A Marie Claire teve uma versão portuguesa nos anos 1990 mas a revista acabou por fechar.[2]

Marie Claire Brasil[editar | editar código-fonte]

No Brasil é publicada pela Editora Globo desde abril de 1991.[1]

A edição brasileira conta com as seções: Beleza, Celebridades, Comportamento, Horóscopo, Lifestyle, Moda e Mulheres do Mundo. Além dessas seções, a edição eletrônica apresenta blogs vinculados, como Acessório é tudo, Fale com Ele, Fashion Rio, Inspiração 2012 e SPFW.

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Prêmio ExxonMobil de Jornalismo (Esso)
  • 1995: Esso de Melhor Contribuição à Imprensa, "Pela nova dimensão conferida ao jornalismo dirigido ao público feminino, na identificação, apuração e tratamento de temas que transcendem a abordagem meramente especializada"[3]
Prêmio Vladimir Herzog
Pêmio Vladimir Herzog de Revista
Ano Obra Veículo de mídia Autor Resultado
2010 "Escravas da moda" Revista Marie Claire Maria Laura Neves Venceu[4]
Lorenzo Natali Awards - oferecido pela União Europeia
Ano Obra Veículo de mídia Autor Resultado
2010 "Terra sem lei" Revista Marie Claire Maria Laura Neves Venceu[5]

Referências

  1. a b Adm. do sítio web (2008). «Princípios editoriais das Organizações Globo». Editora Globo. Consultado em 16 de março de 2014. Arquivado do original em 21 de fevereiro de 2014 
  2. a b «Marie Claire». Porto Editora, 2003-2012. Infopédia. Consultado em 5 de junho de 2012 
  3. «Prêmio Esso de Jornalismo 1995». Prêmio Esso. Consultado em 26 de março de 2020. Arquivado do original em 26 de julho de 2010 
  4. «Saem vencedores do 32º Prêmio Vladimir Herzog». ABRAJI. 20 de outubro de 2010. Consultado em 2 de abril de 2020. Cópia arquivada em 2 de abril de 2020 
  5. «Maria Laura Neves». Portal dos Jornalistas. Consultado em 31 de julho de 2020. Cópia arquivada em 31 de julho de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma revista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.