Marilu Bueno

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes confiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. (desde Abril de 2012) Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Marilu Bueno
Marilu Bueno em 2016.
Nome completo Maria Luiza David Bueno de Lima
Outros nomes Marilu Bueno
Nascimento 27 de fevereiro de 1940 (77 anos)
 Rio de Janeiro, Capital,  Brasil
Nacionalidade brasileira
Ocupação atriz e produtora
Atividade 1960-presente
IMDb: (inglês)

Maria Luiza David Bueno de Lima mais conhecida como Marilu Bueno (Rio de Janeiro, 27 de fevereiro de 1940) é uma atriz e produtora brasileira.

É conhecida por papéis como Margot em O Bofe, Marinha em Estúpido Cupido, Gilda Duran em Sem Lenço, Sem Documento, Olívia Krauss em Guerra dos Sexos, Sulamita em Partido Alto, Augusta em Dona Beija, Dona Felicidade em O Primo Basílio, Lacy Bianchi em De Corpo e Alma, Tia Pupu em Quatro por Quatro, Fada Margarida em Caça Talentos, Dona Carochinha em Sítio do Picapau Amarelo, Marieta em Alto Astral e Tetê em A Gata Comeu.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nos anos 90, Marilu trabalhou em um programa da Angélica chamado Caça Talentos, interpretando a Fada Margarida e no programa Flora Encantada.

Em 2003, fez algumas participações no Sítio do Picapau Amarelo, como Dona Carochinha, substituindo a atriz Josie Antello. Em 2005, Marilu recebeu o convite para participar do elenco fixo do programa.

Em 2006, foi para a Rede Record, onde atuou nas novelas Bicho do Mato, como a Tia Zulmira, onde contracenou com Beatriz Segall como duas irmãs e em Chamas da Vida, como a Tia Catarina, irmã e moradora da pensão da Vó Tuquinha, vivida pela atriz Íris Bruzzi.

Após 3 anos longe da TV, voltou para a Rede Globo, onde participou do remake de Guerra dos Sexos, vivendo a personagem Olivia Krauss, do qual interpretou na primeira versão, em 1983.

Mora no tradicional bairro de Copacabana, na capital do Rio de Janeiro.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem
1972 O Bofe Margarida (Margot)
1975 O Noviço Rosa
1976 Estúpido Cupido Maria Antonieta Siqueira (Mariinha)
1977 Sem Lenço, sem Documento Gilda Duran
1982 Chico Anysio Show Pretória
1983 Guerra dos Sexos Olívia Krauss
1984 Partido Alto Sulamita Miranda
1985 A Gata Comeu Tereza Penaforte (Tetê)
1986 Dona Beija Augusta
Tudo ou Nada Dulce
1987 A Rainha da Vida Edna
1988 O Primo Basílio Dona Felicidade de Noronha
1989 República Sofia
1990 Escolinha do Professor Raimundo Pretória
1992 De Corpo e Alma Lacy Bianchi
1994 Quatro por Quatro Calpúrnia (Tia Pupu)
1996 O Fim do Mundo Dagmar
Caça Talentos Fada Margarida
2000 Você Decide Marilda (participaçãespecial)
Angel Mix Noêmia
2001 Brava Gente Oriboncina
2002 O Quinto dos Infernos Violante
2003 Kubanacan Sodoma
Sítio do Picapau Amarelo Dona Carochinha (2003/2005)
2004 Da Cor do Pecado Stela
2006 Bicho do Mato Zulmira de Sá Freitas (Dinda Zuzu)
2008 Chamas da Vida Catarina Amaro da Silva (Tia Catarina)
2012 Guerra dos Sexos Olívia Krauss
2014 A Grande Família Dona Cráudia (Episódio: Mãe de Fases)
Alto Astral Marieta Santana
2016 Êta Mundo Bom! Narcisa Gomes Quintela

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem
1960 O Cupim consulente
1989 Dias Melhores Virão Adelaide [1]
1990 Lua de Cristal Tia Zuleika [2]
2003 O Homem do Ano mãe de Cledir (participação)

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]