Marina Elali

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Marina Elali
Marina Elali.jpg
Marina em apresentação no Miss Brasil 2010.
Nome completo Marina de Souza Dantas Elali
Nascimento 6 de abril de 1982 (38 anos)
Natal, Rio Grande do Norte
Cônjuge Juan Carlos Salvatierra (c.2015)
Filho(s) 1
Alma mater Berklee College of Music
Ocupação
Carreira musical
Período musical 2004—presente
Gênero(s)
Instrumento(s)
Gravadora(s) Som Livre (2005—presente)
Afiliações
Página oficial
www.marinaelali.com.br

Marina de Souza Dantas Elali (Natal, 6 de abril de 1982) é uma cantora e compositora brasileira.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascida em Natal, no Rio Grande do Norte, filha de carioca com palestino e neta de pernambucanos, ela é formada em música e canto no Berklee College of Music, em Boston. Depois da temporada nos EUA, a artista participou do programa Fama, da Rede Globo[2][3], e logo emplacou a música “Você”, de Roberto e Erasmo Carlos, como tema de Deborah Secco e Murilo Benício na novela “América”, na qual fez uma participação especial no último capítulo.[4]

Além de novelas, filmes, minisséries e especiais, a cantora já participou de vários programas televisivos. Em 2012, Marina participou da minissérie da Rede Globo O Brado Retumbante.[5][6] Em 2013, foi jurada do quadro Mulheres Que Brilham, do Programa Raul Gil.[7]

No cinema, a voz de Marina marcou os temas dos filmes Se Eu Fosse Você, A Fronteira, Didi, o Cupido Trapalhão e Segurança Nacional, onde também fez uma participação especial interpretando o Hino Nacional.

Entre os sucessos, se destacam "Eu Vou Seguir", tema de Míriam, personagem de Gabriela Duarte na novela Sete Pecados, e “One Last Cry”, tema de Nanda, interpretada por Fernanda Vasconcellos na novela Páginas da Vida – uma das músicas mais executadas em todo o país em 2006 e 2007.[8]

Marina lançou um CD/DVD intitulado Marina Elali Duetos – Homenagem a Luiz Gonzaga e Zé Dantas. O trabalho foi gravado em Recife, Pernambuco, em homenagem a dois pernambucanos ilustres: Luiz Gonzaga, o “Rei do Baião”, e Zé Dantas, compositor, principal parceiro de Luiz Gonzaga e avô materno de Marina.[9]

Um momento carregado de emoção no DVD acontece durante a música “Acauã”, que conta com um vídeo com imagens do homenageado Luiz Gonzaga cantando a faixa. Em “A Letra I”, Marina canta ao lado do avô Zé Dantas - que não teve a oportunidade de conhecer -, em dueto proporcionado por imagens no telão.

Em 2018, Marina participou da terceira temporada do talent show Dancing Brasil, da RecordTV, sendo eliminada na semifinal junto com o humorista Rodrigo Capella.[10][11]

Parcerias[editar | editar código-fonte]

Em 2009, Marina Elali deu início a uma parceria com o cantor e compositor cubano radicado nos Estados Unidos Jon Secada. Tudo começou com o convite para a participação no CD/DVD dele ao vivo Stage Rio, onde juntos gravaram as músicas "Só Te Ver Sorrindo…" (com participação do Monobloco) e "Lost Inside Your Heart", escolhida para ser tema da novela Viver a Vida, da Rede Globo.[12] A dupla realizou uma turnê por vários estados brasileiros e gravou um clipe em estúdio do sucesso "Lost Inside Your Heart", que faz parte do DVD Longe ou Perto - o primeiro DVD de Marina Elali -, que também contou com a participação do saudoso Dominguinhos.[13][14]

A parceria mais recente da cantora aconteceu durante a Copa do Mundo 2014, com Carlinhos Brown, quando ela gravou a música "Show Gol Soul" (Marina Elali / Carlinhos Brown / JC Salvatierra).[15] Elali e Brown gravaram um clipe em homenagem à Copa, que foi lançado nacionalmente no programa Fantástico, da Rede Globo, e fez parte da grade do canal Multishow.[16]

Marina também participou da programação oficial dos eventos da FIFA, cantando na abertura da Copa no FIFA Fan Fest Natal.[17]

Em menos de dez anos de carreira, Marina Elali acumula 18 grandes duetos nacionais e internacionais. Além disso, a artista pode ser vista e ouvida em sete DVDs e mais de 30 CDs (coletâneas nacionais e internacionais).

Em novembro de 2018, Marina lançou a música "Olha Pra Mim" em parceria com Vinícius D'Black, com direito a um clipe em que aparece nua. Ela disse que se inspirou na atriz norte-americana Marilyn Monroe para fazer o clipe.[18]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Em janeiro de 2019, a cantora anunciou em suas redes sociais sua gravidez da primeira filha, fruto de seu casamento com o produtor musical Juan Carlos Salvatierra, com quem está desde 2015.[19][20] Ambos moram nos Estados Unidos. Em 16 de junho, nasceu Luna, filha de Marina e Juan Carlos, em Miami, na Flórida.[21][22]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem / Cargo Notas
2002 O Clone Ela mesma
2004 Fama Participante Temporada 3
2005 América Ela mesma Episódio: "5 de novembro"
2008 Poeira em Alto Mar Ela mesma Episódio: "26 de fevereiro"
2012 O Brado Retumbante Fátima
2018 Dancing Brasil Participante Temporada 3

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem / Cargo
2003 Maria - Mãe do Filho de Deus Ela mesma
Didi, o Cupido Trapalhão Ela mesma

Referências

  1. «Perfil de Marina Elali no Dicionário Cravo Albin». Consultado em 13 de março de 2015 
  2. «PHOTOS - Marina Elali participou da terceira temporada do 'Fama', em 2004. Após o reality, a cantora emplacou alguns hits em trilhas sonoras de novelas da TV Globo, como». www.purepeople.com.br (em bretão). Consultado em 15 de novembro de 2019 
  3. «Esses 5 cantores ficaram famosos depois do "Fama": você assistia ao reality?». VIX. Consultado em 15 de novembro de 2019 
  4. «Marina Elali - Novelas | Realizados | Teatro Porto Seguro | O seu teatro no coração de São Paulo». www.teatroportoseguro.com.br. Consultado em 15 de novembro de 2019 
  5. «O Brado Retumbante » Blog Archive » Marina Elali interpreta tradutora misteriosa». gshow.globo.com. Consultado em 15 de novembro de 2019 
  6. OFuxico. «Marina Elali faz sua estreia como atriz em minissérie da Globo». www.ofuxico.com.br. Consultado em 15 de novembro de 2019 
  7. «Mulheres que Brilham». portalnoar.com.br. Consultado em 15 de novembro de 2019 
  8. «Marina Elali - Novelas - CD». www.somlivre.com. Consultado em 15 de novembro de 2019 
  9. «Marina Elali lança DVD homenageando Luiz Gonzaga e Zé Dantas». Programa do Jô. Consultado em 15 de novembro de 2019 
  10. «PHOTOS - A cantora Marina Elali está certa no time da terceira edição do programa 'Dancing Brasil'». www.purepeople.com.br (em bretão). Consultado em 15 de novembro de 2019 
  11. OFuxico. «Marina Elali e Rodrigo Capela são eliminados na semifinal do Dancing Brasil». www.ofuxico.com.br. Consultado em 15 de novembro de 2019 
  12. «Jon Secada lança CD/DVD gravados no RJ e faz turnê pelo Brasil em abril». SRzd. 26 de março de 2010. Consultado em 15 de novembro de 2019 
  13. «Marina Elali e a vitória da paciência». CARAS. Consultado em 15 de novembro de 2019 
  14. «Quem - EDT MATERIA IMPRIMIR - Marina Elali fará turnê com Jon Secada». revistaquem.globo.com. Consultado em 15 de novembro de 2019 
  15. OFuxico. «Mariana Elali divulga prévia de novo clipe para Copa». www.ofuxico.com.br. Consultado em 15 de novembro de 2019 
  16. «Marina Elali lança clipe com produtor internacional Zukari | A Gazeta». Gazeta Online. 11 de julho de 2016. Consultado em 15 de novembro de 2019 
  17. RN, Do G1 (9 de junho de 2014). «Marina Elali abre Fifa Fan Fest em Natal na quinta; veja programação». Rio Grande do Norte. Consultado em 15 de novembro de 2019 
  18. «Marina Elali lança clipe em que aparece nua: "Inspirado em Marlyn Monroe"». Quem. Consultado em 15 de novembro de 2019 
  19. «Marina Elali está grávida: "Me sentindo plena, grata e muito feliz"». Quem. Consultado em 15 de novembro de 2019 
  20. «Aos 36 anos, Marina Elali está grávida pela primeira vez». contigo. Consultado em 15 de novembro de 2019 
  21. «Marina Elali dá à luz primeiro filho: "Parto naturalíssimo"». Quem. Consultado em 15 de novembro de 2019 
  22. OFuxico. «Nasce Luna, a primeira filha de Marina Elali. Veja imagens do parto!». www.ofuxico.com.br. Consultado em 15 de novembro de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]