Marina Tavares Dias

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Marina Tavares Dias
Marina Tavares Dias, olisipógrafa e jornalista, nos anos passados no jornal Diário Popular
Nascimento 1962 (57 anos)
Lisboa, Portugal Portugal
Prémios Prémio Municipal Júlio César Machado (1986)
Género literário Olisipografia
Magnum opus Lisboa Desaparecida

Marina Tavares Dias (Lisboa, 1962) é uma jornalista, fotógrafa, escritora e olisipógrafa portuguesa.[1]

Marina tavares dias.jpg

Desde muito jovem, assinou nos jornais Diário Popular, Expresso e Diário de Lisboa textos e reportagens sobre a cidade que cedo revelam uma conjugação da investigação apurada com a escrita cativante de quem fala para o grande público. Em 1987 publica o seu primeiro livro, Lisboa Desaparecida (volume 1), que lhe vale o Prémio Júlio Castilho. Ao longo dos 19 anos seguintes, continuando o itinerário lisboeta proposto pelo título, são editados mais oito volumes desta obra pioneira de olisipografia. Outras obras da autora sobre temáticas lisboneneses incluem: O Rossio Pelos Olisipógrafos (2002), A Feira da Ladra Pelos Olisipógrafos (2002) Histórias Lisboa (2002) História do Eléctrico da Carris (2001), Lisboa de Eça de Queiroz (2001), A História do Futebol em Lisboa (2000), Os Cafés de Lisboa (1999), Lisboa nos Anos 40 (1998), Lisboa – Past and Present (1998), Os Melhores Postais de Lisboa (1996), Lisboa de Fernando Pessoa (1991), Photographias de Lisboa 1900 (1989), Lisboa Misteriosa. Além destes títulos, a autora especializa-se ainda na divulgação do Primeiro Modernismo, tendo editado obras sobre Mário de Sá-Carneiro e sobre Fernando Pessoa, além de ser responsável pela apresentação em Paris, na sede da UNESCO, da exposição comemorativa de centenário de nascimento de Mário de Sá-Carneiro (1990). Marina Tavares Dias nasceu e vive em Lisboa.Fundou a Ibis Editores (apresentada em Dezembro de 1990 pela escritora Natália Correia), que dirigiu entre 1990 e 1995. Em 2009 fundou a Lisboa Desaparecida Editores.

Marina Tavares Dias, Escritora, Jornalista, Olisipógrafa, Fotógrafa Portuguesa

Obras da autora[editar | editar código-fonte]

Fonte: Catálogo da Biblioteca Nacional de Portugal[2].

  • Lisboa Desaparecida, vol. I. Lisboa: Quimera, 1987
  • Fotobiografia de Mário de Sá-Carneiro. Lisboa: Quimera, 1988
  • «Vates e Tertúlias dos Cafés de Lisboa» in Um Século de Poesia, A Phala, edição especial. Lisboa: Assírio & Alvim, 1988
  • Photographias de Lisboa 1900. Lisboa: Quimera, 1989
  • Lisboa Desaparecida, vol. II. Lisboa: Quimera, 1990
  • O Rossio pelos Olisipógrafos. Lisboa: Ibis, 1990
  • A Feira da Ladra pelos Olisipógrafos. Lisboa: Ibis, 1990
  • Cronologia da Vida e Obra de Mário de Sá-Carneiro. Lisboa: Biblioteca Nacional, 1990
  • A Lisboa de Fernando Pessoa. Lisboa: Ibis, 1991
  • Lisboa Desaparecida, vol. III. Lisboa: Quimera, 1992
  • Cartas a Maria e outra Correspondência Inédita de Mário de Sá-Carneiro. Lisboa, Quimera, 1992.
Leitura, fixação e notas, com François Castex
  • Lisboa Desaparecida, vol. IV. Lisboa: Quimera, 1994
  • Os Melhores Postais Antigos de Lisboa. Lisboa: Quimera, 1995
  • Lisboa Desaparecida, vol. V. Lisboa: Quimera, 1996
  • Lisboa nos Anos 40. Lisboa: Quimera, 1997
  • Lisboa, Anos 40. Lisboa: Universidade Católica Portuguesa, 1998
  • Lisboa, Passado e Presente. Lisboa: Quimera, 1998.
Edição em inglês, castelhano e alemão
  • Lisboa Desaparecida, vol. VI. Lisboa: Quimera, 1998
  • Lisboa nos Passos de Pessoa. Lisboa: Festival dos Oceanos, 1999
  • Os Cafés de Lisboa. Lisboa: Quimera, 1999
  • História do Futebol de Lisboa. Lisboa: Quimera, 2000
  • Lisboa Desaparecida, vol. VII. Lisboa: Quimera, 2001
  • História do Eléctrico da Carris. Lisboa. Carris de Ferro de Lisboa, 2001.
  • Histórias de Lisboa. Lisboa: Quimera, 2002
  • Lisboa de Eça de Queiroz. Lisboa: Quimera, 2002
  • Porto Desaparecido. Lisboa: Quimera, 2002
  • Lisboa Desaparecida, vol. VIII. Lisboa: Quimera, 2003
  • Aqui Nasceu o Futebol em Portugal. Cascais: Câmara Municipal de Cascais, 2004
  • Lisboa Misteriosa, vol. I. Lisboa: Quimera 2005
  • Lisboa Antes e Agora. Lisboa: Quimera, 2006
  • Lisboa Desaparecida, vol. IX. Lisboa: Quimera, 2007
  • D. Carlos: Biografia. Lisboa: Quimera, 2007
  • As melhores fotografias de Lisboa. Lisboa: Desaparecida Editores, 2009
  • Lisboa Misteriosa, vol. II. Lisboa: Objectiva, 2011
  • Titanic: Sobre o Oceano da História. Lisboa: Objectiva, 2012

Fontes[editar | editar código-fonte]

  • Visão: Vinte e cinco anos de arqueologia da cidade. [31 de Dezembro de 2009]
  • Nota Biográfica [badana da capa de Photographias de Lisboa. 1990]
  • Diário Popular [2 de Dezembro de 1987]

Referências

  1. Quimera Editores "MARINA TAVARES DIAS"
  2. Marina Tavares Dias no Catálogo da Biblioteca Nacional de Portugal.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]