Marinha Raupp

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Marinha Raupp
Deputada federal de  Rondônia
Período 1º de fevereiro de 1995
até a atualidade
(6 mandatos consecutivos)
Dados pessoais
Nascimento 23 de novembro de 1960 (57 anos)
Maracaí-SP
Marido Valdir Raupp
Partido PMDB
Profissão Psicóloga e professora
linkWP:PPO#Brasil

Marinha Célia Rocha Raupp de Matos (Maracaí, 23 de novembro de 1960) é uma política brasileira, filiada ao Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB).

Biografia[editar | editar código-fonte]

Psicóloga formada pela UNESP Assis, foi a Rondônia em 1985 para atuar como professora. Em Rolim de Moura conheceu o então prefeito Valdir Raupp. Casaram-se e tiveram dois filhos, Cristiane e Valdir Filho.[1] Estreou na política em 1994, então filiada ao PSDB quando foi eleita pela primeira vez deputada federal. Foi reeleita por outras três vezes consecutivas. Desde 2001 pertence ao PMDB. Em 2010[2] e 2014[3], Marinha foi a deputada mais votada de Rondônia.

Votou a favor do Processo de impeachment de Dilma Rousseff.[4] Já durante o Governo Michel Temer, votou a favor da PEC do Teto dos Gastos Públicos.[4] Em abril de 2017 foi favorável à Reforma Trabalhista.[4] [5] Em agosto de 2017 votou contra o processo em que se pedia abertura de investigação do então presidente Michel Temer, ajudando a arquivar a denúncia do Ministério Público Federal.[4][6]

Referências

  1. Notícia Nahora-Entrevista com Marinha Raupp
  2. «Eleições 2010 - Apuração: Acompanhe voto a voto - R7». noticias.r7.com. Consultado em 9 de março de 2017 
  3. «Senador e deputados federais/estaduais eleitos: Apuração e resultado das Eleições 2014 RO (Fonte: TSE) - UOL Eleições 2014». UOL Eleições 2014. Consultado em 9 de março de 2017 
  4. a b c d G1 (2 de agosto de 2017). «Veja como deputados votaram no impeachment de Dilma, na PEC 241, na reforma trabalhista e na denúncia contra Temer». Consultado em 11 de outubro de 2017 
  5. Redação (27 de abril de 2017). «Reforma trabalhista: como votaram os deputados». Consultado em 18 de setembro de 2017 
  6. Carta Capital (3 de agosto de 2017). «Como votou cada deputado sobre a denúncia contra Temer». Consultado em 18 de setembro de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.