Marino de Cesareia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Marino (desambiguação) ou San Marino (desambiguação).

São Marino de Cesareia (m. 260) foi oficial do exército imperial romano, radicado em Cesareia na Palestina, que foi martirizado por ser cristão.

Devido à sua bravura, fora nomeado centurião, cargo bastante almejado. Enquanto se aguardava a cerimónia da entrega da vara da videira, símbolo da sua promoção, um dos pretendentes ao cargo acusou-o de ser seguidor de fé de Jesus Cristo. Teve o apoio do bispo Teotecno, que diante do altar, apresentou-lhe uma espada e a Bíblia pedindo-lhe que escolhesse. Mas, na altura a Igreja cristã era perseguida e, diante das autoridades, ao ter escolhido o livro sagrado sabia que ia ser condenado à morte como aconteceu.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre a biografia de um santo, um beato ou um religioso é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.