Mario Barbará

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mário Barbará
Informação geral
Nome completo Mário Barbará Dornelles
Nascimento 22 de outubro de 1954 (63 anos)
Origem São Borja, Rio Grande do Sul
País  Brasil
Gênero(s) xote
Ocupação(ões) cantor, compositor.
Instrumento(s) violão

Mário Barbará é um poeta, cantor e compositor gaúcho. Sua música de maior sucesso foi "Desgarrados", escrita junto com Sérgio Napp, vencedora da 11ª Califórnia da Canção Nativa de 1981, em Uruguaiana.

Outras canções memoráveis de Barbará são "Roda Canto", "Campesina", "Era Uma Vez", "Colorada", "Querência Maior", "Portas do Sonho", "Mala de Garupa", "Onde o cantor expõe as razões do seu canto", "Retirante", "Laços", "Se eu me chamasse Lourenço", "Velhas brancas", "Xote da Amizade", "Xote da ponte", "Xotes do sul", "Amanhã será setembro", "Canto de clã", "Gaúcho bronze", "Inverno", "Numa estação", "Quando eu fui embora", "Couro cru" e "Na Rodilha do Laço".

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.

“Um gaúcho que se preze sabe recitar pelo menos um trechinho de Desgarrados e Mala de Garupa, canções consagradas no Rio Grande do Sul, de autoria de um compositor e intérprete igualmente reconhecido: Mário Barbará, figura fácil no cenário musical dos pampas.” (CONFRARIA NATIVISTA)