Mariska Veres

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mariska Veres
Mariska Veres (2006)
Informação geral
Nascimento 1 de outubro de 1947
Local de nascimento Haia
 Países Baixos
Data de morte 2 de dezembro de 2006 (59 anos)
Local de morte Haia
 Países Baixos
Gênero(s) Rock psicodélico, pop, jazz
Ocupação(ões) Músico
Instrumento(s) Voz
Período em atividade 1963–2006
Afiliação(ões) Shocking Blue
Mariska Veres (1970)

Mariska Veres (1 de Outubro de 1947 – 2 de Dezembro de 2006) foi uma cantora neerlandesa que ficou mais conhecida como a vocalista da banda de rock Shocking Blue.

Família[editar | editar código-fonte]

Veres nasceu em Haia. Seu pai era o violinista húngaro cigano Lajos Veres; sua mãe nasceu na Alemanha de pais franceses e russos. Sua irmã mais velha Ilonka acompanhava seu pai no piano.[1] Sua irmã mais nova, Irene, nunca teve carreira na música.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Veres começou sua carreira como cantora em 1963 com a banda Les Mysteres. Em 1964 esta banda fez um EP (gravadora GTB) com apenas 10 cópias e Mariska está cantando no lado 1: Summertime (solo) e Someone (um dueto). Este EP foi re-lançado pela gravadora Platenclub Utrecht (PLUT 009). Em www.platenclubutrecht.nl você pode ver a manga e escutar uma parte de Summertime. Em 1965 ela entrou nas bandas The Bumble Bees,[1] The Blue Fighters, Danny and his Favourites e General Four em 1966, e The Motowns mais tarde em 1966. Ela também tocou órgão nesta última banda. Em 1968 ela foi convidada a entrar na banda Shocking Blue para substituir o vocalista Fred de Wilde que teve que se alistar ao exército. Em 1969/1970 Shocking Blue ganhou fama mundial com o single "Venus". No mês de sua chegada aos Estados Unidos um colunista chamado Earl Wilson se referiu a Veres como uma garota bonita peituda.[2] Entretanto, quando ela entrou na banda Shocking Blue ela deixou claro aos outros membros que relacionamentos românticos não aconteceriam.[1]

A banda Shocking Blue se separou em 1 de Junho de 1974; Veres continuou em carreira solo até a banda ser reunida em 1984. Este retorno deu um relativo sucesso, mas um dos membros originais, Robbie van Leeuwen, saiu do grupo, em parte porque ele se mudou para Luxemburgo mas também por causa do sucesso do cover de "Venus" pela banda Bananarama.

Mariska Veres criou o grupo de jazz The Shocking Jazz Quintet em 1993, e gravou um álbum chamado Shocking You com canções pop dos anos 60 e 70, agora em uma versão em jazz. De 1993 a 2006 ela cantava em uma futura reencarnação da banda Shocking Blue (gravou as canções "Body and Soul" e "Angel", ambas produzidas pelo ex-integrante da banda Robbie van Leeuwen), e também gravou um álbum com Andrei Serban em 2003, chamado "Gipsy Heart", voltando a suas raízes ciganas. Uma versão de "Venus" foi postumamente lançada em 2007, alguns meses depois de sua morte, gravado com o pianista/líder da banda Dolf de Vries (no álbum "Another Touch"). Mariska gravou "Venus" quatro vezes: com a banda Shocking Blue (1969), com a banda Mariska Veres Shocking Jazz Quintet (1993), com Formula Diablos (em inglês/espanhol, 1997), e com Dolf de Vries (uma versão lounge de "Venus", 2005/2006).

Discografia[editar | editar código-fonte]

Singles Solo[editar | editar código-fonte]

  • 1975 "Take Me High/I Am Loving You" (Pink Elephant, Polydor, Decca)
  • 1976 "Tell It Like It Is/Wait Till' I Get Back To You" (Pink Elephant, Polydor)
  • 1976 "Loving you/You Showed Me How" (Pink Elephant)
  • 1977 "Little By Little/Help The Country" (Pink Elephant)
  • 1978 "Too Young/You Don't Have To Know" (Seramble)
  • 1978 "Bye Bye To Romance/It's A Long Hard Road" (CNR)
  • 1980 "Looking out for number one/So Sad Without You" (CNR)
  • 1982 "Wake Up City/In The Name Of Love" (EMI Records)

Álbuns[editar | editar código-fonte]

  • 1993 Shocking You (Red Bullet) Um álbum por Mariska Veres Shocking Jazz Quintet
  • 2003 Gipsy Heart (Red Bullet) Um álbum por Mariska Veres & Ensemble Andrei Serban

Morte[editar | editar código-fonte]

Mariska Veres morreu de câncer em 2 de Dezembro de 2006 aos 59 anos de idade.[3] De acordo com a revista belga Flair, ela relembrou sua antiga fama: "Eu era apenas uma boneca pintada (de volta a aqueles dias), ninguém podia nem chegar em mim. Atualmente, eu estou mais aberta às pessoas."

Referências

  1. a b c Mariska Veres, A edição independente da internet, Terça-feira 5 de Dezembro 2006.
  2. Earl Wilson, Condado de Delaware, Pensilvânia - Times, Segunda-feira, 26 de Janeiro de 1970, pág. 27.
  3. Morre a cantora original de Venus, ABC News, 12 de Dezembro de 2006.