Mark Hunt

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Mark Hunt
Mark Hunt on 22 November 2007.jpg
Mark Hunt em 2007
Informações
Nascimento 23 de março de 1974 (44 anos)
South Auckland, Ilha Norte
Nova Zelândia
Nacionalidade neozelandês
Outros nomes Super Samoan
Alunos notáveis James Te-Huna
Altura 1,77 m
Peso 120 kg
Divisão Super-Pesado (kickboxing)
Peso-Pesado & Super-Pesado (MMA)
Envergadura 183 cm
Modalidade Kickboxing, muay thai
Equipe Oceania Super Fighter Gym
Liverpool Kickboxing Gym
Tony Mundine Boxing Club
American Top Team
Treinador Hape Nganoroa
Marcelo Rezende
Tony Mundine
Ricardo Liborio
Período em
atividade
1999-2003, 2008 (Kickboxing)
2004–presente
Cartel profissional no boxe
Total 2
Derrotas 1
Empates 1
Cartel profissional no kickboxing
Total 43
Vitórias 30
Por nocaute 13
Derrotas 13
Por nocaute 2
Cartel nas artes marciais mistas
Total 27
Vitórias 13
Por nocaute 10
Por decisão 3
Derrotas 12
Por nocaute 5
Por finalização 6
Por decisão 1
Empates 1
Sem resultado 1
Ligações externas
Página oficial:
http://www.markhuntfighter.com/
Cartel no Boxe pelo BoxRec
Cartel no MMA pelo Sherdog

Mark Hunt (South Auckland, 23 de março de 1974) é um lutador de kickboxing e de artes marciais mistas da Nova Zelândia.[1] A carreira de Mark Hunt, assim como suas lutas, é marcada pela superação e reviravolta. Hunt tem lutas notáveis contra Fedor Emelianenko,Wanderlei Silva, Mirko Filipović, Stefan Struve, Junior dos Santos, Antônio Pezão, Roy Nelson e Frank Mir.

Foi campeão do K-1 World GP 2001, ao vencer Francisco Filho no round extra.

Iniciou sua carreira de lutador por acaso quando saia de uma boate e foi surpreendido por um agressor, onde se defendeu com muita técnica, o segurança da boate ao ver seu desempenho na luta o despertou o interesse. Mark Hunt representa a Liverpool Kickboxing no Pride e já representou no K1 também, Mark Hunt tem vários títulos acumulados no K1.

Carreira no MMA[editar | editar código-fonte]

Ultimate Fighitng Championship[editar | editar código-fonte]

Hunt estreou no UFC em 25 de setembro de 2010 no UFC 119 contra o até então invicto Sean McCorkle. Hunt apareceu com muito mais peso que na época do Pride,[2] e acabou sendo derrotado por uma chave-de-braço aos 1:03 do primeiro round. Hunt, que tinha sido contratado à contragosto por Dana White, ficou muito perto da demissão.

Numa luta valendo seu emprego, Hunt derrotou Tuchscherer por nocaute no segundo round no UFC 127, e ganhou o prêmio nocaute da noite. Com isso deu fim a uma sequência de 6 derrotas, e 5 anos sem vencer.

No UFC 135 em Setembro de 2011, Hunt venceu Ben Rothwell por decisão unânime.

Hunt nocauteou o francês Cheick Kongo no primeiro round em Fevereiro de 2012 no UFC 144.

No UFC on Fuel TV: Silva vs. Stann em Março de 2013, Hunt levou o prêmio de nocaute da noite contra o gigante Stefan Struve. O lutador teve de ser levado para o hospital em Saitama, no Japão, por ter sofrido uma fratura no maxilar após o golpe de esquerda que decretou o final da luta. O nocaute rendeu a Hunt o prêmio de "Nocaute da noite", no valor de US$ 50 mil (cerca de R$ 100 mil).[3]

Apenas 2 meses depois de nocautear Struve, Hunt substituiu Alistair Overeem numa luta contra Junior dos Santos em 25 de Maio de 2013 no UFC 160. valendo o titleshot para os pesos pesados. A luta foi muito dura, e Hunt conseguiu golpear Cigano com vários contragolpes, mesmo com o dedão do pé quebrado. No entanto, um espetacular chute rodado levou o neozelandês à lona. A luta faturou o título de luta da noite.

Hunt enfrentou "Pezão" em 02013-12-06 6 de dezembro de 2013 no evento principal do UFC Fight Night: Hunt vs. Pezão. Em uma bela luta, onde Hunt e Pezão estiveram perto de finalizar, os dois ficaram com um empate após cinco rounds. Ao soar do fim da luta, os dois se abraçaram e foram aplaudidos de pé por toda a arena, inclusive por Bruce Buffer. Empolgado, Dana White classificou por twitter como a luta mais "louca" da história dos pesos pesados, e completou: "Nunca estive tão feliz com um empate na minha vida. Os vencedores são os fãs! Ambos vão levar o bonus da noite, e talvez eu compre uma ilha privada para os dois lutadores!" [4] Hunt e Pezão levaram o prêmio de luta da noite.[5] Logo após a luta, Pezão foi flagrado no anti-doping.[6]

Hunt derrotou Roy Nelson em 02014-09-20 20 de setembro de 2014 no evento principal do UFC Fight Night: Hunt vs. Nelson. Hunt venceu a luta com um nocaute no segundo round se tornando o primeiro lutador a nocautear Roy Nelson no UFC, faturando assim o prêmio de Performance da Noite.

Após a vitória sobre Nelson, o UFC colocou Hunt para enfrentar Fabrício Werdum como substituto de Cain Velasquez, valendo Cinturão Peso Pesado Interino do UFC, em 15 de Novembro de 2014 no UFC 180. Hunt começou a luta bem, aplicou dois knockdowns, mas viu sua chance de ser campeão indo embora no segundo round quando sentiu uma joelhada de Werdum e foi ao chão, onde recebeu alguns socos até o árbitro interromper a luta.

Após sua derrota na luta pelo título interino, Hunt novamente sofreu uma derrota, dessa vez para Stipe Miocic em 9 de Maio de 2015 no UFC Fight Night: Miocic vs. Hunt. Ele foi derrotado por nocaute técnico no quinto round.

Hunt fez a revanche da épica luta contra Antônio Silva em 14 de Novembro de 2015 no UFC 193. Hunt venceu a luta por nocaute técnico ainda no primeiro round.

Hunt enfrentou o ex campeão do ufc Frank Mir em 19 de Março de 2016 no evento principal UFC Fight Night: Hunt vs. Mir. Hunt precisou de apenas um round para vencer Mir por nocaute.

Hunt enfrentou o ex-campeão Brock Lesnar no co-evento principal do UFC 200 e perdeu por decisão unânime. o resultado passou a ser um '' no contest '' após Lesnar cair no doping

Hunt enfrentou o holandês Alistair Overeem no UFC 209 e acabou nocauteado no 3 round.

Hunt acabou com a fase ruim lutando em casa, venceu o lutador em ascensão Derrick Lewis por nocaute no UFC Fight Night: Lewis vs. Hunt.

Particularidades[editar | editar código-fonte]

Mark Hunt costuma surpreender seus adversários pela tranquilidade que apresenta em todas suas lutas, mesmo em momentos difíceis, parece não se importar com os golpes contundentes de seu adversário. Sua tática é não gastar energia desnecessariamente, o que erroneamente é interpretado como despreparo ou exaustão para os desavisados. O resultado é a reviravolta surpreendente no combate, onde qualquer um que não estiver preparado devidamente, poderá sucumbir com socos fortíssimos em intervalos variáveis. Junior dos Santos afirmou que Hunt tem a "mão muito pesada", onde todo cuidado é pouco. A luta entre Pezão e Hunt foi considerada como uma das melhores da história do UFC, fato que evidencia Hunt como o mesmo sereno e implacável lutador, que se defendeu muito bem de um agressor ao sair de uma boate.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Kickboxing[editar | editar código-fonte]

  • Campeão do K-1 World GP 2001
  • Campeão do K-1 World GP 2001 in Fukuoka
  • 3º lugar no K-1 World GP 2001 in Melbourne
  • Campeão do K-1 Oceania Tournament Elimination 2000
  • Campeão do K-1 Oceania Tournament Elimination 2000
  • Campeão do K-1 American Latin Tournament Medianeira 2010

Artes Marciais Mistas[editar | editar código-fonte]

  • Fight Matrix
    • Novato do Ano de 2005
    • Maior virada do Ano de 2004 vs. Wanderlei Silva
  • World MMA Awards
    • Nocaute do Ano 2014 vs. Roy Nelson

Cartel no MMA[editar | editar código-fonte]

Res. Cartel Oponente Método Evento Data Round Tempo Local Notas
Derrota 13-12-1 (1) Estados Unidos Curtis Blaydes Decisão (unânime) UFC 221: Romero vs. Rockhold 10/02/2018 3 5:00 Austrália Perth
Vitória 13-11-1 (1) Estados Unidos Derrick Lewis TKO (socos) UFC Fight Night: Lewis vs. Hunt 11/06/2017 4 3:51 Nova Zelândia Auckland Luta da Noite.
Derrota 12-11-1 (1) Países Baixos Alistair Overeem KO (cotovelada e joelhadas) UFC 209: Woodley vs. Thompson II 04/03/2017 3 1:44 Estados Unidos Las Vegas, Nevada
NC 12-10-1 (1) Estados Unidos Brock Lesnar Sem Resultado UFC 200: Tate vs. Nunes 09/07/2016 3 5:00 Estados Unidos Las Vegas, Nevada Originalmente derrota por decisão unânime. Lesnar testou positivo no exame antidoping e o resultado foi alterado para NC..
Vitória 12-10-1 Estados Unidos Frank Mir KO (soco) UFC Fight Night: Hunt vs. Mir 19/03/2016 1 3:01 Austrália Brisbane Performance da Noite.
Vitória 11-10-1 Brasil Antônio Pezão TKO (soco) UFC 193: Rousey vs. Holm 14/11/2015 1 3:41 Austrália Melbourne
Derrota 10-10-1 Estados Unidos Stipe Miocic TKO (socos) UFC Fight Night: Miocic vs. Hunt 09/05/2015 5 2:47 Austrália Adelaide
Derrota 10-9-1 Brasil Fabricio Werdum TKO (joelhada e socos) UFC 180: Werdum vs. Hunt 15/11/2014 2 2:27 México Cidade do México Pelo Cinturão Peso Pesado Interino do UFC.
Vitória 10-8-1 Estados Unidos Roy Nelson KO (soco) UFC Fight Night: Hunt vs. Nelson 20/09/2014 2 3:00 Japão Saitama Performance da Noite.Nocaute do Ano(2014).
Empate 9-8-1 Brasil Antônio Pezão Empate (majoritário) UFC Fight Night: Hunt vs. Pezão 07/12/2013 5 5:00 Austrália Brisbane Luta da Noite.
Derrota 9-8 Brasil Junior dos Santos KO (chute rodado e socos) UFC 160: Velasquez vs. Silva II 25/05/2013 3 4:18 Estados Unidos Las Vegas, Nevada Pela vaga de desafiante nº 1 ao Cinturão; Luta da Noite.
Vitória 9-7 Países Baixos Stefan Struve TKO (soco) UFC on Fuel TV: Silva vs. Stann 02/03/2013 3 1:44 Japão Saitama Nocaute da Noite
Vitória 8-7 França Cheick Kongo TKO (socos) UFC 144 26/02/2012 1 2:11 Japão Saitama
Vitória 7-7 Estados Unidos Ben Rothwell Decisão (unânime) UFC 135 24/09/2011 3 5:00 Estados Unidos Denver, Colorado
Vitória 6-7 Estados Unidos Chris Tuchscherer KO (soco) UFC 127 27/02/2011 2 1:41 Austrália Sydney Nocaute da Noite
Derrota 5-7 Estados Unidos Sean McCorkle Finalização (chave de braço) UFC 119 25/09/2010 1 1:03 Estados Unidos Indianapolis, Indiana Estreia no UFC.
Derrota 5-6 Arménia Gegard Mousasi Finalização (chave de braço) Dream 9 26/05/2009 1 1:20 Japão Yokohama Quartas de Final do GP Super Hulk do Dream.
Derrota 5-5 Países Baixos Melvin Manhoef KO (socos) Dynamite!! 2008 31/12/2008 1 0:18 Japão Saitama
Derrota 5-4 Países Baixos Alistair Overeem Finalização (americana) Dream 5 21/07/2008 1 1:11 Japão Osaka
Derrota 5-3 Rússia Fedor Emelianenko Finalização (kimura) Pride Shockwave 2006 31/12/2006 1 8:16 Japão Saitama Pelo Cinturão Peso Pesado do Pride.
Derrota 5-2 Estados Unidos Josh Barnett Finalização (kimura) Pride Critical Countdown Absolute 01/07/2006 1 2:02 Japão Saitama Quartas de Final do Grand Prix de Peso Aberto do Pride
Vitória 5-1 Japão Tsuyoshi Kohsaka TKO (socos) Pride Total Elimination Absolute 05/05/2006 2 4:15 Japão Osaka Round de Abertura do Grand Prix de Peso Aberto do Pride
Vitória 4-1 Japão Yosuke Nishijima KO (soco) Pride 31 26/02/2006 3 1:18 Japão Saitama
Vitória 3-1 Croácia Mirko Filipović Decisão (dividida) Pride Shockwave 2005 31/12/2005 3 5:00 Japão Saitama
Vitória 2-1 Brasil Wanderlei Silva Decisão (dividida) Pride Shockwave 2004 31/12/2004 3 5:00 Japão Saitama
Vitória 1-1 Estados Unidos Dan Bobish TKO (chute no corpo) Pride 28 31/10/2004 1 6:23 Japão Saitama
Derrota 0-1 Japão Hidehiko Yoshida Finalização (chave de braço) Pride Critical Countdown 2004 20/06/2004 1 5:25 Japão Saitama

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]