Mark Jansen

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mark Jansen em concerto com o Epica no Tuska Open Air Metal Festival 2006

Mark Jansen (15 de Dezembro de 1978) é um compositor, arranjador, orquestrador, cantor, fundador, vocalista extremo, guitarrista e instrumentista dos Países Baixos. Participa da banda de metal sinfônico neerlandesa Epica, também tendo fundado e sendo ex-integrante de outra banda internacional do mesmo gênero e conterrânea - o After Forever.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Graduado em Psicologia pela Universidade de Maastricht e com título de mestre nessa mesma área, seria a música que o levaria ao reconhecimento internacional. Mark Jansen iniciou em seus estudos musicais em 1993, aos 15 anos de idade, dedicando-se ao estudo da técnica e da interpretação em guitarra elétrica.

Em 1995, fundou a banda de metal sinfônico neerlandesa After Forever, ao lado do também cantor e instrumentista Sander Gommans, com a qual lançaria dois álbuns de estúdio, a saber: Prison of Desire, em 2000, e Decipher, em 2001.

Nos dois álbuns fonográficos que gravou com o After Forever, Mark se responsabilizou por boa parte do processo criativo da obra. Em parceria com a compositora, cantora lírica, multi-instrumentista, letrista e professora de técnica e interpretação vocais Floor Jansen (compositora, vocalista e letrista da banda), conterrânea sua, assinou, enquanto co-autor, tanto a partitura quanto o texto das 22 faixas dos dois discos.

Em 2002, cerca de um ano após o lançamento de Decipher, Mark desligou-se do After Forever; não obstante, sua saída foi pacífica, motivada exclusivamente por diferenças criativas (uma vez que os demais integrantes posicionavam-se em favor de um direcionamento estilístico mais pesado e menos sifônico ou orquestral), mas em nada pessoais.[carece de fontes?]

Ainda no mesmo ano, no final de 2002, Mark Jansen aventurou-se em um novo projeto, fundando a banda de metal sinfônico Epica, então chamada Sahara Dust e convidando a cantora lírica Helena Michaelsen (ex-vocalista da banda de symphonic metal norueguesa Trail of Tears), o guitarrista Ad Sluijter, o baixista Yves Huts, o tecladista Coen Janssen e o baterista Jeroen Simons, todos conterrâneos seus (exclusive Helena, natural da Noruega), para integrarem o elenco, como intérpretes.

Assim como no After Forever, também em sua nova banda, Mark se responsabilizaria tanto pelas composição, arranjo e orquestração musicais quanto pela radacção das letras, e, em 2003, com a entrada da cantora lírica e instrumentista neerlandesa Simone Simons (então namorada do líder da banda) como vocalista, no lugar de Helena Michaelsen, o então Sahara Dust lança a sua primeira demo, intitulada Cry for the Moon.

Ainda em 2003, Sahara Dust mudou seu nome, passando a se chamar Epica, e nos anos seguintes, lançaria sete singles ("The Phantom Agony", em 2003; "Feint" e "Cry for the Moon", em 2004; "Solitary Ground" e "Quietus (Silent Reverie)", em 2005; "Never Enough", em 2007; e "Chasing the Dragon", em 2008) e cinco álbuns de estúdio (The Phantom Agony, em 2003; Consign to Oblivion e The Score - An Epic Journey, em 2005; The Divine Conspiracy, em 2007; Design Your Universe, em 2009), um DVD (We Will Take You With Us, em 2004), e dois álbuns ao vivo (The Road to Paradiso, em 2006; The Classical Conspiracy, em 2009), somando 14 lançamentos em um intervalo de quatro anos.

Recentemente, Mark Jansen compôs a trilha sonora para uma produção cinematográfica alemã e, segundo consta em sua página, no site oficial de sua banda, tem mergulhado em outros projetos dentro desse novo universo que é o cinema.

Dentre seus ídolos e aqueles que lhe tem inspirado nas criações, constam musicistas e bandas da música erudita, da trilha sonora cinematográfica e do metal sinfônico, a saber, por exemplo: Rachmaninov, Hans Zimmer, Ennio Morricone, Danny Elfman, Chuck Schuldiner, Nightwish, Ayreon, Iced Earth, Kamelot e Opeth.[carece de fontes?]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Mark Jansen
Portal A Wikipédia possui o
Portal dos Países Baixos