Marquês de Santa Cruz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Marquês de Santa Cruz é um título nobiliárquico que pode referir-se a:

Portugal[editar | editar código-fonte]

Título criado pelo rei D. João V de Portugal por decreto de 1691 a favor de Teresa de Moscoso Osório, viúva do 5º conde de Santa Cruz, D. João Mascarenhas, enquanto aia dos príncipes de Portugal. D. Teresa era filha do nobre espanhol Gaspar de Moscoso Osório, 5º Marquês de Almazán.

  1. Teresa de Moscoso Osório (c. 1660-?)

Brasil[editar | editar código-fonte]

  1. Romualdo Antônio de Seixas (17871860), arcebispo metropolitano da Bahia e primaz do Brasil, conde e marquês de Santa Cruz. Em 1841, presidiu a cerimónia de sagração do imperador D. Pedro II do Brasil.

Espanha[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]