Marshall Brickman

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Marshall Brickman
Nascimento 25 de agosto de 1939 (81 anos)
Rio de Janeiro
Cidadania Estados Unidos, Brasil
Alma mater Universidade do Wisconsin-Madison
Ocupação roteirista, diretor de cinema, banjoísta, produtor cinematográfico
Prêmios Oscar de melhor roteiro original

Marshall Brickman (Rio de Janeiro, 25 de agosto de 1939) é um roteirista e cineasta estadunidense, mais conhecido por suas colaborações com Woody Allen. Ele vencedor do Oscar de Melhor Roteiro Original de 1977 por Noivo Neurótico, Noiva Nervosa.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Brickman nasceu no Rio de Janeiro, Brasil, filho de pais americanos Pauline (née Wolin) e Abram Brickman.[1] Sua família era judia.[2][3][4] Depois de frequentar a Universidade de Wisconsin-Madison, ele se tornou membro do grupo The Tarriers em 1962, recrutado pelo ex-colega de classe Eric Weissberg. Após a dissolução dos The Tarriers em 1965, Brickman se juntou aos The New Journeymen com John Phillips e Michelle Phillips, que mais tarde tiveram sucesso com The Mamas & the Papas. Ele deixou o The New Journeymen para seguir carreira como escritor, inicialmente escrevendo para a televisão na década de 1960, incluindo Candid Camera, The Tonight Show e The Dick Cavett Show. Foi nessa época que ele conheceu Woody Allen, com quem colaborou em três roteiros de cinema durante os anos 1970: O Dorminhoco (1973), Noivo Neurótico, Noiva Nervosa (1977, que ganhou o Oscar de Melhor Roteiro Original) e Manhattan (1979).

Brickman dirigiu vários de seus próprios roteiros nos anos 1980, incluindo Simon, O Amor tem seu Preço e Jogos Fatais, bem como Sister Mary Explains It All, uma adaptação para a TV da peça de Christopher Durang. Seu roteiro com Allen para Um Misterioso Assassinato em Manhattan (1993) havia sido deixado de lado alguns anos antes, quando o projeto foi revivido mais tarde.[5]

Com o parceiro Rick Elice, ele escreveu o livro para o musical da Broadway Jersey Boys, sobre o grupo de rock da década de 1960 The Four Seasons.[3] Os dois colaboraram novamente em 2009 no musical A Família Addams.[6]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Co-escrito com Woody Allen

Referências

  1. «Marshall Brickman Biography (1941-)». Film Reference. 25 de agosto de 1941. Consultado em 6 de fevereiro de 2020 
  2. Jonas, Gerald (15 de junho de 1985). «Marshall Brickman Humanizes The Nuclear Arms Race». NYTimes.com. Consultado em 6 de fevereiro de 2020 
  3. a b dmichaels (14 de junho de 2013). «A 'Boys' for All Seasons». Jewish Exponent. Consultado em 6 de fevereiro de 2020. Cópia arquivada em 23 de março de 2018  Parâmetro desconhecido |url-status= ignorado (ajuda)
  4. Klickstein, Mathew (14 de setembro de 2016). «The Jewish 'Jersey Boys'». Baltimore Jewish Times. Consultado em 6 de fevereiro de 2020 
  5. Dowd, Maureen (15 de agosto de 1993). «Diane and Woody, Still a Fun Couple». The New York Times. Consultado em 6 de fevereiro de 2020 
  6. Riedel, Michael (30 de janeiro de 2009). «Up & Addams». New York Post. Consultado em 6 de fevereiro de 2020  Parâmetro desconhecido |url-status= ignorado (ajuda)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]