Marta Metzler

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Marta Metzler é atriz, pesquisadora de História do Teatro Brasileiro e Doutora em Teatro pela UNIRIO, produtora teatral e musical.

Nascida no Rio de Janeiro, em 1971, cursou o Bacharelado em Artes Cênicas – Habilitação em Interpretação Teatral – na Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, UNIRIO. Na mesma instituição, concluiu o Mestrado em Teatro em 2001, com pesquisa sobre tema inédito – o Teatro da Natureza, importante realização teatral do Rio de Janeiro do início do século XX. Este trabalho, transformado no livro Teatro da Natureza – História e Ideias, foi lançado pela Editora Perspectiva em maio de 2006. Em 2015, lançou, pela mesma editora, o livro Alda Garrido: as mil faces de uma atriz popular brasileira, resultado de sua pesquisa de Doutorado sobre a grande estrela cômica do teatro brasileiro do século XX, publicação indicada ao Prêmio APCA 2015.

Idealizou e atuou no espetáculo Revista de Ano: o Olimpo Carioca, com texto de Tania Brandão e direção de Sergio Módena. Como atriz, atuou ainda em espetáculos como Perto do Coração Selvagem e Mistério do Coelho Pensante, ambos com textos de Clarice Lispector, Trilogia Tebana, de Moacyr Góes, Sonho de Uma Noite de Verão, de Gaspar Filho e La Ronde, de Marcus Alvisi, entre outros. Neste último, teve atuação destacada pelo crítico de teatro do Jornal do Brasil, Macksen Luiz. Em 2001/2002 integrou a companhia de atores Teatro Popular Brasileiro, com a qual encenou A História do Teatro da Natureza.

Como assistente de direção, participou de Começaria Tudo Outra Vez – a história de Luiz Gonzaga Jr., de Dacio Malta, desde sua estreia em 1996 até sua remontagem em 2004, com temporadas no Teatro Glória, Teatro Ginástico, Espaço Cultural dos Correios e turnê pelo Brasil.

Lançou, em livro publicado pela Editora 7Letras em 1998, a peça Tempo de Futebol, que dirigiu, interpretou e produziu, realizando temporadas no Teatro Gláucio Gill, no Teatro Glória e na Casa de Cultura da Universidade Estácio de Sá.

Em 1999, produziu e dirigiu o projeto Valsas Brasileiras, criado pelo violonista Marco Pereira, que incluiu um CD e um álbum de partituras. No ano seguinte produziu e dirigiu a turnê que levou o show Valsas Brasileiras por onze cidades do Sul, Sudeste e Nordeste brasileiros. Ambos os projetos foram patrocinados pela BrasilPrev Previdência Privada, por intermédio da Lei Rouanet. Produziu também os CDs Luz das Cordas (Marco Pereira e Hamilton de Holanda, 2001), O samba da minha terra (Marco Pereira, 2004), Camerístico (Marco Pereira, 2006) e Cristal (Marco Pereira, 2010), além dos livros Ritmos Brasileiros (2007), Cristal (livro de partituras, 2010), Sete Cordas: técnica e estilo (Marco Pereira e Rogério Caetano, 2010), Cadernos de Harmonia, 3 volumes (2011), todos lançados por sua produtora e editora Garbolights Produções Artísticas.

Em 2004/2005 criou e coordenou, em conjunto com Gustavo Nunes, o projeto Dramaturgos do Brasil, ciclo de leituras dramatizadas que permaneceu dez meses em cartaz no Instituto Cultural Arteclara, no Rio de Janeiro, apresentando 22 textos de 13 autores clássicos brasileiros, como Machado de Assis, Aluísio Azevedo, Castro Alves, João do Rio, Martins Pena, entre outros, e que contou com a participação de 112 atores, diretores, companhias – experientes e iniciantes.

Marta Metzler foi colaboradora do Dicionário do Teatro Brasileiro, lançado em maio de 2006 pela Editora Perspectiva, do número 13 (edição dedicada ao Teatro de Revista no Brasil) de O Percevejo, revista de Teatro, Crítica e Estética da UNIRIO, da Revista Folhetim, do Teatro do Pequeno Gesto, e também da revista Sala Preta da USP (Espelho falso: a paródia na formação do teatro brasileiro, 2015), entre outras publicações.

Foi curadora do Festival Beckett 100 Anos, evento internacional que idealizou junto com Isabel Cavalcanti, que aconteceu em julho e agosto de 2006 no Centro Cultural Telemar (atual Oi Futuro) e no CCBB do Rio de Janeiro.

Entre 2012 e 2014, foi professora do Departamento de Teoria do Teatro da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro – UNIRIO, período em que coordenou a criação e a execução do I FITU – Festival Integrado de Teatro da UNIRIO (2013) e participou da concepção e criação do “Artes Cênicas em Extensão”, projeto de extensão universitária que visa promover o intercâmbio de saberes das artes da cena, a partir de encontros entre a comunidade acadêmica da Escola de Teatro da UNIRIO e os coletivos teatrais em atividade na Baixada Fluminense e nas zonas Oeste e Norte da Cidade do Rio de Janeiro, e do qual ainda participa como professora colaboradora voluntária, em conjunto com as professoras coordenadoras Ana Achcar, Inês Cardoso, Marina Henriques e Marina Vianna, além de dois representantes dos grupos, Alexandre Damascena e Leandro Santanna.

Em 2018, foi gerente do Theatro NET Rio, em Copacabana, no Rio de Janeiro.

Desde 2016, ministra treinamentos para atores e para profissionais de empresas de diversas especialidades.

Para atores, atua na formação profissional na área de Teatro e em cursos livres.

Para os demais profissionais, desenvolve cursos personalizados baseados nas técnicas teatrais, com atendimento individual e/ou empresarial,  nos seguintes temas: Gestão de Equipes; Liderança Positiva; Treinamento para Palestras, Aulas e Apresentações Irresistíveis; Treinamento Organizacional e Consciência Cidadã; entre outros.

[1] [2] [3] [4] [5] [6] [7] [8] [9]

[10][11][12]

Referências

  1. {{citar web|url=http://www.editoraperspectiva.com.br/index.php?apg=cat&npr=791‎
  2. {{citar web|url=http://www.cultura.rj.gov.br/artigos/a-nossa-revista-do-ano
  3. {{citar web|url=http://www.estadao.com.br/arquivo/arteelazer/2006/not20060710p5357.htm
  4. {{citar web|url=http://www.pequenogesto.com.br/index.php/portfolio/detail/folhetim-16/
  5. {{citar web|url=www.seer.unirio.br/index.php/pesqcenicas/article/view/181/154
  6. {{citar web|url=http://lattes.cnpq.br/6817202365329596
  7. {{citar web|url=http://plsql1.cnpq.br/buscaoperacional/detalhepesq.jsp?pesq=6817202365329596 Arquivado em 3 de janeiro de 2014, no Wayback Machine.
  8. {{citar web|url=www.garbolights.com.br
  9. Metzler, Marta (2 de julho de 2015). «Espelho falso: a paródia na formação do teatro brasileiro». Sala Preta (em inglês). 15 (1): 71–82. ISSN 2238-3867. doi:10.11606/issn.2238-3867.v15i1p71-82 
  10. «Rio comemora centenário de Samuel Beckett - Cultura - Estadão». Consultado em 5 de setembro de 2015 
  11. «Folhetim 16 | Pequeno Gesto». www.pequenogesto.com.br. Consultado em 5 de setembro de 2015 
  12. Metzler, Marta (17 de setembro de 2008). «ALDA GARRIDO: CARACTERÍSTICA POPULAR, A HISTÓRIA ARTÍSTICA DA ATRIZ». Cadernos Virtuais de Pesquisa em Artes Cênicas. 0 (1) 

[1]

[2][3]

  1. «A NOSSA REVISTA DO ANO». Consultado em 5 de setembro de 2015 
  2. METZLER, Marta (2006). Teatro da Natureza: História e Ideias. São Paulo: Perspectiva. ISBN 85-273-0752-9 
  3. METZLER, Marta (2015). Alda Garrido: as mil faces de uma atriz popular brasileira. São Paulo: Perspectiva. ISBN 9788527310291