Martelo (osso)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Martelo
Esquerda do martelo. A. de trás. B. de dentro.
Gray912.png

A membrana timpânica direita com o martelo e a corda do tímpano, vista de dentro, por trás, e de cima. (Martelo visível no centro.)
Latim Malleus
Recursos externos
Gray's subject #231 1044
MeSH A09.246.397.247.524

O martelo é um ossículo par do ouvido médio, presente apenas nos mamíferos, originado da porção ventral do primeiro par de arcos faríngeos que filogeneticamente corresponde a uma modificação do osso articular de répteis. Juntamente com os ossículos estribo e bigorna forma uma cadeia articulada responsável pela audição. A presença desses três ossículos possibilitou o melhoramento da audição dos mamíferos.

O martelo é exclusivo dos mamíferos, e evoluiu a partir de um osso da mandíbula inferior em amniotas basais chamado de articular, que ainda faz parte da articulação da mandíbula em répteis e aves.[1]

Referências

  1. Ramachandran, V. S.; Blakeslee, S. (1999). Phantoms in the Brain. [S.l.]: Quill. 210 páginas. ISBN 9780688172176 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Hildebrand, M. Análise da estrutura dos vertebrados. São Paulo: Atheneu, 1995. 700p.
Ícone de esboço Este artigo sobre Anatomia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.