Martha (pombo-passageiro)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Martha, o último pombo-passageiro

Martha (1885 - 1 de setembro de 1914 no Zoológico de Cincinnati) foi o último pombo-passageiro conhecido, ela foi chamada de "Marta" em homenagem a Martha Washington.

Em 1857 foi feita uma tentativa de colocar os pombos passageiros de Ohio sob proteção legal. O Senado estadual, porém, alegou que o pombo-passageiro não estava ameaçado de extinção. Assim, o pombo-passageiro foi caçado até 1914, quando Martha foi a último animal da espécie.

Martha nasceu no Zoológico de Cincinnati, em 1885, e viveu entre outros pássaros. Em 1908, Martha e dois machos (da mesma espécie) foram os últimos animais de sua espécie. Um dos machos morreu em 1909, seguido pelo outro macho, que morreu em 1910. Martha morreu em 1 de setembro de 1914.[1]

Martha morreu aos 29 anos de idade, e foi congelada e enviada para o Instituto Smithsoniano, onde foi empalhado e exposta. A partir da década de 1920 até início dos anos 1950, ela foi exibida no Salão Bird. Ela foi, então, parte dos pássaros da exposição Mundial de 1956 a 1999. Durante esse tempo, ela deixou o Smithsonian duas vezes, em 1966 para ser apresentada na Conferência de San Diego, e em 1974 para o quando foi para o Zoológico de Cincinnati. Martha já não é em exibição pública no Smithsonian.[2] [3] [4]

Referências

  1. In 50 Years Passenger Pigeons Went From Billions To A Lone Bird, Martha. sportsillustrated.cnn.com. Sports Illustrated. Página visitada em 28 de outubro de 2011.
  2. "Martha," The Last Passenger Pigeon. si.edu. Smithsonian Institution. Página visitada em 28 de outubro de 2011.
  3. Passenger Pigeon. si.edu. Smithsonian Institution (março de 2001). Página visitada em 28 de outubro de 2011.
  4. Martha, the World's Last Passenger Pigeon. smithsonianmag.com. Smithsonian Magazine (1 de setembro de 2011). Página visitada em 28 de outubro de 2011.