Martin Hairer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Martin Hairer
Martin Hairer em 2014
Nascimento 14 de novembro de 1975 (45 anos)
Genebra, Suíça
Residência Londres
Nacionalidade austríaco
Cidadania Áustria
Progenitores
  • Ernst Hairer
Alma mater Universidade de Genebra
Ocupação matemático
Prêmios Prêmio Whitehead (2008)
Prêmio Fundação Wolfson/Royal Society (2009)
Prêmio Fermat (2013)
Prêmio Fröhlich (2014)
Medalha Fields (2014)
Empregador Universidade de Warwick, Universidade de Nova Iorque
Orientador(es) Jean-Pierre Eckmann[1]
Campo(s) matemática
Tese 2001: Comportement Asymptotique d'Equations à Dérivées Partielles Stochastiques
Página oficial
http://www.hairer.org/

Martin Hairer (Genebra, 14 de novembro de 1975) é um matemático austríaco.

Em 2020 recebeu o Breakthrough Prize in Mathematics 2021.[2]

Prêmios e honrarias[editar | editar código-fonte]

Publicações selecionadas[editar | editar código-fonte]

  • com J.-P.Eckmann: Uniqueness of the invariant measure for a stochastic PDE driven by degenerate noise. Comm. Math. Phys. 219 (2001), no. 3, 523–565.
  • com Mattingly: Ergodicity of the 2D Navier-Stokes equations with degenerate stochastic forcing. Ann. of Math. (2) 164 (2006), no. 3, 993–1032.
  • Solving the KPZ equation. Ann. of Math. (2) 178 (2013), no. 2, 559–664.
  • A theory of regularity structures. Inv. Math. (2014) pdf

Referências

  1. Martin Hairer (em inglês) no Mathematics Genealogy Project
  2. Sample, Ian (10 de setembro de 2020). «UK mathematician wins richest prize in academia». The Guardian 
  3. «Whitehead Prize» (em inglês). www.lms.ac.uk/prizes. London Mathematical Society. Consultado em 22 de julho de 2016. Cópia arquivada em 16 de setembro de 2015 
  4. «Lauréats des années précédentes» (em francês). Institut de Mathématiques de Toulouse. Consultado em 18 de Julho de 2016. Cópia arquivada em 18 de Julho de 2016 
  5. «Fields Medallists» (em inglês). International Mathematical Union (IMU). Consultado em 26 de dezembro de 2015. Cópia arquivada em 17 de novembro de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Nikolay Nikolov, Oliver Riordan, Ivan Smith e Catharina Stroppel
Prêmio Whitehead
2008
com Timothy Browning, Tamás Hausel e Nina Snaith
Sucedido por
Mihalis Dafermos, Cornelia Druţu, Robert James Marsh e Markus Owen
Precedido por
Manjul Bhargava e Igor Rodnianski
Prémio Fermat
2013
com Camillo De Lellis
Sucedido por
Laure Saint-Raymond e Peter Scholze
Precedido por
Elon Lindenstrauss, Ngô Bảo Châu, Stanislav Smirnov e Cédric Villani
Medalha Fields
2014
com Artur Ávila, Manjul Bhargava e Maryam Mirzakhani
Sucedido por
Caucher Birkar, Alessio Figalli, Peter Scholze e Akshay Venkatesh