Marvão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Marvão
Brasão de Marvão Bandeira de Marvão
Brasão Bandeira
Marvão 27.jpg
Vista de Marvão.
Localização de Marvão
Gentílico Marvanense
Área 154,90 km2
População 3 512 hab. (2011)
Densidade populacional 22,67 hab./km2
N.º de freguesias 4
Presidente da
Câmara Municipal
Victor Manuel Martins Frutuoso [1]
Fundação do município
(ou foral)
Séc. IX por Ibn Marwan. Foral atribuído por D. Sancho II em 1226
Região (NUTS II) Alentejo
Sub-região (NUTS III) Alto Alentejo
Distrito Portalegre
Antiga província Alto Alentejo
Orago Nossa Senhora da Estrela
Feriado municipal 8 de Setembro
Código postal 7330
Sítio oficial C. M. Marvão
Municípios de Portugal Flag of Portugal.svg

A Mui Nobre e Sempre Leal Vila de Marvão localiza-se em Portugal, no Distrito de Portalegre, região Alentejo e sub-região do Alto Alentejo, com menos de 500 habitantes,[2] situada no topo da Serra do Sapoio, a uma altitude de 860 metros.

É sede de um município com 154,90 km² de área[3] e 3 512 habitantes (2011),[2] [4] subdividido em 4 freguesias.[5] O município é limitado a norte e leste pela Espanha, a sul e oeste pelo município de Portalegre e a noroeste por Castelo de Vide.

A vila e as montanhas escarpadas em que se localiza estão inscritas na lista de candidatos a Património Mundial da UNESCO desde 2000.[6] [7]

O título de Mui Nobre e Sempre Leal foi concedido à Vila de Marvão pela Rainha D. Maria II.

População[editar | editar código-fonte]

Número de habitantes [8]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
4 907 5 397 5 678 5 994 6 478 6 292 7 116 7 630 8 290 7 478 5 430 5 418 4 419 4 029 3 512

(Obs.: Número de habitantes "residentes", ou seja, que tinham a residência oficial neste concelho à data em que os censos se realizaram.)

Número de habitantes por Grupo Etário [9]
1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
0-14 Anos 2 127 2 242 2 077 2 238 2 227 2 230 1 748 1 090 924 586 441 333
15-24 Anos 1 091 1 144 1 099 1 368 1 305 1 356 1 144 650 713 537 417 294
25-64 Anos 2 443 2 568 2 595 3 060 3 447 3 885 3 747 2 725 2 663 2 083 1 869 1 725
= ou > 65 Anos 267 360 400 472 556 673 839 965 1 118 1 213 1 302 1 160
> Id. desconh 21 7 79 7 24

(Obs: De 1900 a 1950 os dados referem-se à população "de facto", ou seja, que estava presente no concelho à data em que os censos se realizaram. Daí que se registem algumas diferenças relativamente à designada população residente)

Freguesias[editar | editar código-fonte]

Freguesias do concelho de Marvão.

As freguesias do concelho de Marvão são as seguintes:

História[editar | editar código-fonte]

Desde, pelo menos, o período romano, que os rochedos de Marvão são utilizados como refúgio ou como ponto estratégico militar. No século X foi referida pelo historiador cordovês hispano-muçulmano Isa Ibn Áhmad ar-Rázi como Amaia de Ibn Maruán e Fortaleza de Amaia, fortaleza essa que em 884 serviu de refúgio ao fundador de Marvão, o rebelde muladi Ibn Marwan al-Yil'liqui, "O Galego" (morto em 889), líder de um movimento sufi no Al-Andaluz, que pegou em armas contra os emires de Córdova e criou uma espécie de reino independente sediado em Badajoz até à instauração do califado de Córdova em 931.[10]

A localidade foi conquistada aos muçulmanos por D. Afonso Henriques durante as campanhas de 1160/1166, tendo sido novamente tomada pelos mouros na contra-ofensiva de Almansor, em 1190. Em 1226, D. Sancho II dá foral à população e manda ampliar o castelo. Em 1299, D. Dinis disputa e apodera-se do castelo, que foi incluído no plano das suas reedificações militares e passou a ter uma grande importância estratégica nas guerras com castelhanos e espanhóis.[11]

Património[editar | editar código-fonte]

Cultura[editar | editar código-fonte]

  • Museu Municipal de Marvão

Geminação[editar | editar código-fonte]

Galeria[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas

  1. «Associação Nacional de Municípios Portugueses - Marvão». Consultado em 7 de Fevereiro de 2012. 
  2. a b INE (2012). Censos 2011 Resultados Definitivos – Região Alentejo (Lisboa: Instituto Nacional de Estatística). p. 97. ISBN 978-989-25-0182-6. ISSN 0872-6493. Consultado em 27/07/2013. 
  3. Instituto Geográfico Português (2013). «Áreas das freguesias, municípios e distritos/ilhas da CAOP 2013» (XLS-ZIP). Carta Administrativa Oficial de Portugal (CAOP), versão 2013. Direção-Geral do Território. Consultado em 28/11/2013. 
  4. INE (2012). «Quadros de apuramento por freguesia» (XLSX-ZIP). Censos 2011 (resultados definitivos). Tabelas anexas à publicação oficial; informação no separador "Q101_ALENTEJO". Instituto Nacional de Estatística. Consultado em 27/07/2013. 
  5. Lei n.º 11-A/2013, de 28 de janeiro: Reorganização administrativa do território das freguesias. Anexo I. Diário da República, 1.ª Série, n.º 19, Suplemento, de 28/01/2013.
  6. Site oficial da UNESCO. «Lista do Património Mundial português e candidaturas portuguesas a Património Mundial (Tentative List (em inglês). Consultado em 15 de Março de 2011. 
  7. Site oficial da UNESCO. «Town of Marvao and the craggy mountain on which it is located» (em inglês). Consultado em 15 de Março de 2011. 
  8. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes
  9. INE - http://censos.ine.pt/xportal/xmain?xpid=CENSOS&xpgid=censos_quadros
  10. Câmara Municipal de Marvão. «História». Consultado em 15 de Março de 2011. 
  11. Grande Enciclopédia Portuguesa Brasileira. XVI, pág. 482.  Parâmetro desconhecido |accessyear= ignorado (|acessodata=) (Ajuda);
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Marvão