Mary Gardiner

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mary Gardiner falando na cerimônia de abertura da Wikimania 2012

Mary Gardiner é uma programadora da Linux australiana e atualmente diretora de operações da Ada Initiative, uma "organização sem fins lucrativos dedicada a aumentar a participação de mulheres na tecnologia e cultura abertas".[1] Ela era um membro do conselho da Linux Austrália até setembro de 2011.[2][3] Em 2012, Gardiner e a co-fundadora da Ada Initiative Valerie Aurora foram nomeadas duas das pessoas mais influentes na segurança de computadores pela SC Magazine (do Haymarket Group).[4]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Gardiner foi co-fundadora da AussieChix, que mais tarde se tornou Oceania Women for Open Tech.[5] É uma das cordenadoras do LinuxChix. Ela se expressa contra "as normas e crenças sociais de uma minoria de contribuidores que não estão interessados em mulheres como colegas ou que não acreditam que mulheres tem a capacidade de contribuir de maneira efetiva".[6] Gardiner esteve envolvida com projetar e realizar políticas anti-assédio em conferências de tecnologia.[7] Gardiner foi a ganhadora do prêmio Rusty Wrench em 2011, que é concedido pela Linux Australia para seus programadores.[8] Ela foi aplaudida por seu trabalho para melhorar a diversidade de gênero e se opor ao assédio sexual na comunidade do software livre.[9] Ela foi a principal palestrante na Wikimania de 2012, em Washington DC.[10] Em 2012, Gardiner foi listada com uma das 10 mulheres mais influentes na tecnologia que retribuem à sociedade (10 Women in Tech Who Give Back) pela Datamation e uma das pessoas mais influentes na segurança de computadores pela SC Magazine.[4][11]

Referências

  1. «About Us». About Us. Ada Initiative. 2011. Consultado em 8 November 2011  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  2. http://www.linux.org.au/council
  3. «Top 50 Women to Watch in Tech – Part II». Femme-o-nomics. 20 October 2011. Consultado em 17 March 2012  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
  4. a b Earls, Alan. «Influential IT security minds in 2012: Valerie Aurora and Mary Gardiner». Reboot 2012. SC Magazine. Consultado em 5 December 2012  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  5. «History o OWOOT». Oceania Women of Open Technology. Consultado em 17 March 2012  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  6. Pearce, Rohan (4 November 2011). «Melbourne AdaCamp to address open technology's gender issues: Ada Initiative's first AdaCamp to be held in January». Techworld. Computerworld. Consultado em 17 March 2012  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
  7. Byfield, Bruce. «Ada Initiative Supports Women in Open Source, Counters Sexism». Open Source. Datamation. Consultado em 5 December 2012  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  8. Stilgherrian (19 January 2012). «Linux.conf.au 2012: cyborg lawyer demands source». TechRepublic. Consultado em 17 March 2012  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
  9. «Nominations: Mary Gardiner». linux australia: Representing Free Software and Open Source Communities. Consultado em 17 March 2012  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  10. «Wikimania 2012 announces Mary Gardiner as keynote speaker». Wikinews. 23 March 201. Consultado em 24 March 2012  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
  11. Vartabedian, Jessica. «10 Women in Tech Who Give Back». Features. Datamation. Consultado em 5 December 2012  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
Wikinotícias
O Wikinotícias tem uma ou mais notícias relacionadas com este artigo: Wikimania 2012 announces Mary Gardiner as keynote speaker
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Mary Gardiner

Ver também[editar | editar código-fonte]