Mary Gardiner

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mary Gardiner falando na cerimônia de abertura da Wikimania 2012

Mary Gardiner é uma programadora da Linux australiana e atualmente diretora de operações da Ada Initiative, uma "organização sem fins lucrativos dedicada a aumentar a participação de mulheres na tecnologia e cultura abertas".[1] Ela era um membro do conselho da Linux Austrália até setembro de 2011.[2][3] Em 2012, Gardiner e a co-fundadora da Ada Initiative Valerie Aurora foram nomeadas duas das pessoas mais influentes na segurança de computadores pela SC Magazine (do Haymarket Group).[4]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Gardiner foi co-fundadora da AussieChix, que mais tarde se tornou Oceania Women for Open Tech.[5] É uma das cordenadoras do LinuxChix. Ela se expressa contra "as normas e crenças sociais de uma minoria de contribuidores que não estão interessados em mulheres como colegas ou que não acreditam que mulheres tem a capacidade de contribuir de maneira efetiva".[6] Gardiner esteve envolvida com projetar e realizar políticas anti-assédio em conferências de tecnologia.[7] Gardiner foi a ganhadora do prêmio Rusty Wrench em 2011, que é concedido pela Linux Australia para seus programadores.[8] Ela foi aplaudida por seu trabalho para melhorar a diversidade de gênero e se opor ao assédio sexual na comunidade do software livre.[9] Ela foi a principal palestrante na Wikimania de 2012, em Washington DC.[10] Em 2012, Gardiner foi listada com uma das 10 mulheres mais influentes na tecnologia que retribuem à sociedade (10 Women in Tech Who Give Back) pela Datamation e uma das pessoas mais influentes na segurança de computadores pela SC Magazine.[4][11]

Referências

  1. «About Us». About Us. Ada Initiative. 2011. Consultado em 8 de novembro de 2011 
  2. http://www.linux.org.au/council
  3. «Top 50 Women to Watch in Tech – Part II». Femme-o-nomics. 20 de outubro de 2011. Consultado em 17 de março de 2012 
  4. a b Earls, Alan. «Influential IT security minds in 2012: Valerie Aurora and Mary Gardiner». Reboot 2012. SC Magazine. Consultado em 5 de dezembro de 2012 
  5. «History o OWOOT». Oceania Women of Open Technology. Consultado em 17 de março de 2012 
  6. Pearce, Rohan (4 de novembro de 2011). «Melbourne AdaCamp to address open technology's gender issues: Ada Initiative's first AdaCamp to be held in January». Techworld. Computerworld. Consultado em 17 de março de 2012 
  7. Byfield, Bruce. «Ada Initiative Supports Women in Open Source, Counters Sexism». Open Source. Datamation. Consultado em 5 de dezembro de 2012 
  8. Stilgherrian (19 de janeiro de 2012). «Linux.conf.au 2012: cyborg lawyer demands source». TechRepublic. Consultado em 17 de março de 2012 
  9. «Nominations: Mary Gardiner». linux australia: Representing Free Software and Open Source Communities. Consultado em 17 de março de 2012 
  10. «Wikimania 2012 announces Mary Gardiner as keynote speaker». Wikinews. 23 de março de 201. Consultado em 24 de março de 2012  Verifique data em: |data= (ajuda)
  11. Vartabedian, Jessica. «10 Women in Tech Who Give Back». Features. Datamation. Consultado em 5 de dezembro de 2012 
Wikinotícias
O Wikinotícias tem uma ou mais notícias relacionadas com este artigo: Wikimania 2012 announces Mary Gardiner as keynote speaker
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Mary Gardiner

Ver também[editar | editar código-fonte]