Mary Stewart, Duquesa de Richmond e Lennox

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Mary
Senhora Herbert de Shurland
Duquesa de Buckingham
Retrato de autor desconhecido, c. 1640, localizado no Castelo Skokloster, na Suécia.
Duquesa de Lennox
Reinado 3 de agosto de 164730 de março de 1655
Antecessor(a) Katherine Clifton, 2.ª Baronesa Clifton
Duquesa de Richmond
Reinado 164130 de março de 1655
Predecessor Novo título
 
Cônjuge Charles Herbert, Senhor Herbert de Shurland
James Stewart, 1.° Duque de Richmond
Thomas Howard
Descendência Esmé Stewart, 2.° Duque de Richmond
Mary Butler, Condessa de Arran
Nascimento 30 de março de 1622
  Middlesex, Inglaterra
Morte novembro de 1685 (63 anos)
  Westminster, Londres, Inglaterra
Enterro Jazigo dos Richmond, Capela Mariana de Henrique VII, Abadia de Westminster, Londres, Inglaterra
  28 de novembro de 1685
Pai Jorge Villiers, 1.º Duque de Buckingham
Mãe Katherine Manners, 18.ª Baronesa Ros de Helmsley

Mary Stewart (nascida Mary Villiers (Middlesex, 30 de março de 1622Westminster, novembro de 1685)[1][2] foi uma nobre inglesa. Ela foi duquesa de Richmond e Lennox pelo seu segundo casamento com James Stewart, 1.° Duque de Richmond, além de duquesa de Buckingham em direito próprio.

Família[editar | editar código-fonte]

Mary foi a filha primogênita de Jorge Villiers, 1.º Duque de Buckingham, um favorito do rei Jaime VI da Escócia e I de Inglaterra, e de Katherine Manners, 18.ª Baronesa Ros de Helmsley. Os seus avós paternos eram Sir George Villiers e Mary Beaumont, 1.ª Condessa de Buckingham. Os seus avós maternos eram Francis Manners, 6.° Conde de Rutland e Frances Knyvett.

Ela teve três irmãos mais novos: Charles, Marquês de Buckingham, George Villiers, 2.º Duque de Buckingham, marido de Mary Fairfax, e Francis.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Mary nasceu em 1622, e foi batizada na Igreja de St Martin-in-the-Fields, em Londres. [1]

No dia 27 de agosto de 1627, Mary recebeu uma patente cedendo-lhe a dignidade de duquesa de Buckingham e para os seus herdeiros masculinos, com a morte do pai dela. [1]

Seu pai foi assassinado em 23 de agosto de 1628, quando ela tinha apenas seis anos de idade. Anos depois, sua mãe, Katherine, casou-se com o católico Randal MacDonnell, 1º Marquês de Antrim.

Em 1634, a nobre interpretou a personagem de Sabrina na mascarada Comus do poeta John Milton, no Castelo de Ludlow. [3]

Primeiro casamento[editar | editar código-fonte]

A Senhora Herbert de Shurland, c. 1636, por Anthony van Dyck, no Timken Museum of Art.

Aos 12 anos, ela casou-se com Charles Herbert, Senhor Herbert de Shurland, no dia 8 de janeiro de 1635, de 15 anos de idade, no Palácio de Whitehall. [4]

Contudo, ele logo faleceu como resultado de varíola, e o casal não teve filhos. A viúva passou a morar em Whitehall.

Segundo casamento[editar | editar código-fonte]

Em 3 de agosto de 1647, aos 15 anos, Mary casou-se com James Stewart, 4.° Duque de Lennox, e futuro 1.° Duque de Richmond, na Capela do Arcebispo no Palácio de Lambeth, onde ela foi entregue pelo rei. [4] James era filho de Esmé Stewart, 3.° Duque de Lennox e de Katherine Clifton, 2.ª Baronesa Clifton.

O casal teve dois filhos, Esmé e Mary.

Entre 1663 a 1688, a duquesa ocupou a posição Lady of the Bedchamber da rainha Catarina de Bragança. [4]

Durante o período em que viveu na corte exilada de Carlos I, em Oxford, entre 1643 e 1645, a duquesa pode ter tido um caso com o príncipe Ruperto do Reno, que teria se apaixonado por ela. [5]

O duque James faleceu em 30 de março de 1655, e foi enterrado na Abadia de Westminster.

Terceiro casamento[editar | editar código-fonte]

Por fim, Mary casou-se com o coronel Thomas Howard, por volta de novembro de 1664. Ele era filho de Sir William Howard, do Castelo de Naworth, em Cúmbria, e de Mary Eure.

Ela não teve mais filhos, e faleceu em novembro de 1685, aos 63 anos de idade. Seu sepultamento ocorreu na Abadia de Westminster, em 28 de novembro, no Jazigo dos Richmond, na Capela Mariana de Henrique VII. [1] [6]

Descendência[editar | editar código-fonte]

Legado[editar | editar código-fonte]

A duquesa pode ter publicado poemas sob o pseudônimo de Ephelia.

Ascendência[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Mary Stewart, Duquesa de Richmond e Lennox

Referências

  1. a b c d «The Peerage». thepeerage.com 
  2. «Geneanet». gw.geneanet.org 
  3. Brennan, Kinnamon, Hannay, Michael J., Noel J., Margaret P. The Correspondence (c. 1626–1659) of Dorothy Percy Sidney, Countess of Leicester. [S.l.: s.n.] 
  4. a b c «Lady Mary Villiers, Duchess of Richmond and Lennox (1622-85)». royalcollection.org.uk 
  5. Sawyer, Cheryl (2007). The Winter Prince. [S.l.]: Signet Eclipse 
  6. «Westminster Abbey». westminster-abbey.org