Maryse Ouellet

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Maryse
Maryse 2010 Tribute to the Troops.jpg
Maryse no Tribute to the Troops em dezembro de 2010.
Informações pessoais
Nome completo Maryse Ouellet Mizanin
Nascimento 21 de janeiro de 1983 (33 anos)[1]
Montreal, Quebec, Canadá[1]
Residência Los Angeles, Califórnia[2]
Cônjuge(s) The Miz (c. 2014)
Carreira na luta livre profissional
Nome(s)
de ringue
Maryse
Altura
anunciada
5 ft 8 in (1 73 m)

[3]

Peso
anunciado
115 lb (52 kg)[3]
Anunciado
de
Montreal, Quebec, Canadá[4]
Treinado
por
Al Snow[5]
Steve Keirn[5]
Tom Pritchard[5]
Finlay[5]
Ricky Steamboat[5]
Estreia 10 de julho de 2006

Maryse Mizanin ( /məˈrs/; nascida Ouellet; Montreal, 21 de janeiro de 1983) é uma modelo, atriz, executiva, manager e ex-lutadora de luta livre profissional franco-canadense, que atualmente trabalha para a WWE sob o nome de ringue Maryse.

Depois de trabalhar dois anos como modelo, Maryse foi contratada pela WWE em agosto de 2006 após sua participação no programa Diva Search. Apesar de ser eliminada da competição, ela foi mandada para a Ohio Valley Wrestling, território de desenvolvimento da empresa, para treinar. Ela fez sua luta de estreia em dezembro do mesmo ano e continuou a aparecer até meados de 2007, quando foi transferida para a Florida Championship Wrestling, outra empresa para treinamento da WWE. Ela se tornou parte do elenco principal em princípios de 2008, quando começou a aparecer regularmente no programa SmackDown!.

Em dezembro de 2008 Maryse venceu o Campeonato das Divas da WWE, mantendo-o por sete meses. Ela o conquistaria novamente em 2010, tornando-se na primeira lutadora a ganhar o título em mais de uma ocasião. Em março de 2011 ela foi co-apresentadora do NXT e manager de Ted DiBiase, antes de ser liberada de seu contrato com a empresa em outubro daquele ano.

A partir de 2012 Maryse passou a ser comentarista na Family Wrestling Entertainment. Neste período, ela anunciou planos para uma linha de roupas e jóias chamada House of Maryse, além de começar a trabalhar como corretora de imóveis. Ela foi recontratada pela WWE em 2016, servindo como manager para o seu esposo na vida real, The Miz.

Começo de vida e carreira como modelo[editar | editar código-fonte]

Ouellet nasceu em Montreal, mas cresceu em Nova Brunswick.[1] No colégio, apesar de ser a única menina em sua classe, ela produziu um desfile de moda.[6] Nesse período, Ouellet começou a desenvolver gosto por produtos de maquiagem.[6]

Ela começou sua carreira como modelo em um concurso de beleza, ganhando o Miss Hawaiin Tropic Canada de 2003 e terminando em segundo lugar no International Finals of Miss Hawaiian Tropic de 2004.[1] Ela fez várias aparições em jornais, revistas e programas de televisão no Canadá, como bem como apareceu na capa e nas páginas internas de uma edição especial da revista Playboy no verão de 2006.[1] [7] Ela também esteve presente na capa de 2007 do calendário Girls of Canada da mesma revista.[6]

Carreira na luta livre profissional[editar | editar código-fonte]

World Wrestling Entertainment / WWE[editar | editar código-fonte]

Diva Search e territórios de desenvolvimento (2006–2008)[editar | editar código-fonte]

Em meados de 2006 Ouellet fez uma audição para o concurso Diva Search da World Wrestling Entertainment (WWE).[1] Ela foi selecionada como uma das oito participantes do programa, mas acabou sendo a segunda eliminada.[8] Depois disso, Ouellet foi enviada para o território de desenvolvimento da companhia, a Ohio Valley Wrestling (OVW), juntamente com Brooke Adams.[1] Ela declarou "estar muito animada" e que "era seu sonho se tornar uma diva da WWE".[9]

Ouellet assinou oficialmente um contrato com a promoção em 24 de agosto de 2006, logo após começar os treinos na OVW.[1] Ela fez sua estreia no ringue em um evento ao vivo em dezembro daquele ano.[1] Em 14 fevereiro de 2007 Ouellet participou do concurso "Miss OVW" em uma battle royal de calcinhas e sutiãs, o qual foi vencido por ODB.[10] Em 7 de março ela começou a lutar em lutas preliminares, que ocorriam antes das gravações dos shows que seriam televisionados, perdendo para Beth Phoenix no seu combate de estreia.[1] Naquele mesmo mês Ouellet teve sua primeira vitória quando participou de um combate de equipes ao lado de Serena, Kelly e Victoria Crawford.[10] Em 9 de maio ela obteve sua primeira vitória individual ao derrotar Crawford.[10] Em meados de 2007 Ouellet começou a trabalhar como manager de Sylvain Grenier,[10] acompanhando-o em eventos ao vivo do Raw, SmackDown! e ECW.[10]

Quando a Florida Championship Wrestling (FCW) começou a funcionar, em meados de 2007, Ouellet foi transferida para o novo território de desenvolvimento da WWE, e em 25 de junho começou a aparecer como manager de Ryan O'Reilly, com Lacey Von Erich se juntando a eles em setembro.[1] [10] Ouellet fez sua estreia em ringue na FCW num combate individual, perdendo para Victoria Crawford. Ela então começou a trabalhar como manager de Ted DiBiase, Jr. em dezembro, e ele viria a se tornar o campeão sulista peso-pesado da FCW.[10] Ela então continuou fazendo aparições especiais na FCW até janeiro de 2008.[10]

SmackDown! (2006–2008)[editar | editar código-fonte]

Maryse durante um evento ao vivo em 2008.

No SmackDown! de 22 de setembro de 2006, Ouellet, chamada apenas de Maryse, foi mostrada no telão dando boas-vindas em francês aos telespectadores de Montreal durante a estreia do programa no CW Network.[1] Maryse fez sua primeira aparição oficial no Raw de 21 de maio de 2007, apresentando o vídeo-clipe da música "Throw It on Me" de Timbaland, no qual estava presente.[11]

Com o tempo, ela começou a aparecer regularmente no SmackDown! no início de 2008, adotando uma atitude esnobe de vilã.[3] [12] No episódio de 7 de março Maryse competiu em um concurso de maiô contra Victoria, Michelle McCool, Cherry e Eve Torres, o qual terminou com uma briga entre Maryse e Torres.[13] Na semana seguinte ela foi a primeira eliminada em outra competição de maiôs.[14] Em 28 de março Maryse competiu num combate "Wet and Wild", aliando-se com Victoria contra Cherry e McCool, mas acabaram perdendo.[15] Dois dias depois, em 30 de março, ela fez sua estreia em WrestleManias ao ser uma lumberjill num combate de equipes entre Beth Phoenix e Melina contra Maria e Ashley Massaro no WrestleMania XXIV.[10] Segundo o site oficial da WWE, a equipe Deuce 'n Domino dispensou Cherry como manager e a substituíram por Maryse.[1] Ela então insultou Cherry, que a estapeou.[16] No SmackDown! de 16 de maio Maryse fez sua estreia no ringue, perdendo para Cherry.[17] No entanto, em uma revanche na semana seguinte, ela venceu.[18]

No episódio de 6 de junho do SmackDown! a gerente geral Vickie Guerrero anunciou a criação do Campeonato das Divas da WWE e que, naquela mesma noite, as Divas competiriam em uma combate "sonhos dourados" para determinar quem disputaria o título no The Great American Bash, que acabou sendo vencido por Natalya.[19] No SmackDown! de 4 de julho ela competiu novamente em outro combate de qualificação, que foi ganho por McCool.[20] Por várias semanas Maryse competiu em lutas de trios com Victoria e Natalya contra Cherry, McCool e Maria. Em agosto, ela sofreu uma pequena lesão no nariz depois de ser atingida por um bulldog aplicado por Maria.[21]

Campeã das Divas (2008–2010)[editar | editar código-fonte]

Maryse começou uma rivalidade com Michelle McCool em 7 de setembro de 2008, onde a desafiou pelo Campeonato de Divas da WWE no pay-per-view Unforgiven e em uma revanche na semana seguinte, no SmackDown!, mas falhou em ambas ocasiões.[22] [23] Em 23 de setembro, Maryse fez sua estreia na ECW, onde ela derrotou McCool em um combate sem o título em jogo.[24] Após um mês ausente, ela retornou durante o Survivor Series, participando de uma luta Survivor Series 5-contra-5 de eliminação, onde eliminou Kelly Kelly, Mickie James e Candice Michelle; Maryse foi a única sobrevivente de sua equipe, mas por fim acabou eliminada por Beth Phoenix.[25] No Armageddon, em 14 de dezembro, ela aliou-se com Jillian Hall, Victoria e Natalya, e perderam para o time de McCool, Maria, Kelly Kelly e Mickie James.[26] Em 19 de dezembro, Maryse derrotou Maria para se tornar desafiante ao título de McCool.[27] Na semana seguinte, no SmackDown!, ela venceu o Campeonato das Divas, que tinha Maria como árbitra especial da luta.[28] [29] Em 28 de dezembro, em um evento ao vivo em Raleigh, Carolina do Norte, Maryse deslocou o joelho em um combate de duplas contra as Bella Twins. Mais tarde foi anunciado que a lesão não era grave e que ela iria ficar afastada por algumas semanas.[30] Maryse retornou no SmackDown! de 23 de janeiro de 2009, assistindo a um combate feminino na mesa dos comentaristas.[30] Ela voltou a lutar em 20 de fevereiro, onde junto com McCool, derrotaram Maria e Eve Torres.[31]

Maryse competindo no WrestleMania XXV, em abril de 2009.

Em 2 de março, Maryse fez uma aparição no Raw como comentarista durante uma luta envolvendo a campeã das mulheres da WWE, Melina, atacando-a após o combate.[32] Na semana seguinte, Maryse fez sua estreia em ringue do Raw, lutando em uma luta lumberjill campeã contra campeã, onde derrotou Melina.[33] A rivalidade se estendeu a um combate de equipes no SmackDown de 13 de março, onde Melina e Maria derrotaram McCool e Maryse quando ela foi abandonada por McCool.[34] Em 27 de março, no SmackDown, Maryse fez sua primeira defesa de título, na qual acabou em desqualificação após Gail Kim, em seu retorno, atacar as duas. No processo, Maryse manteve o campeonato.[35] No WrestleMania XXV, ela competiu em uma battle royal de 25 Divas para coroar a "Miss WrestleMania", mas foi eliminada por Beth Phoenix, antes de Santina Marella (Santino Marella vestido de drag) vencer o combate.[36] Maryse fez sua última aparição no SmackDown! em 24 de abril, mantendo o Campeonato das Divas contra Gail Kim.[37]

Em 13 de abril, durante o Draft de 2009, Maryse foi transferida para o Raw, fazendo com que o Campeonato das Divas se tornasse exclusivo do programa.[38] Ela fez sua primeira luta como parte da divisão em 27 de abril, onde junto com Beth Phoenix, Rosa Mendes e Jillian Hall, perderam para Santina Marella, Mickie James, Brie Bella e Kelly Kelly.[39] Maryse então começou a rivalizar com Mickie James após ela custar-lhe uma battle royal que determinaria uma desafiante ao título, que foi vencida por Kelly Kelly depois de Maryse lançar spray de cabelo nos olhos de James. Na semana seguinte, Maryse perdeu por desqualificação a luta contra Kelly, mas duas semanas depois, em uma revanche, ela venceu.[40] [41] No Night of Champions em 26 de julho, Maryse perdeu o Campeonato das Divas para James.[42] Entretanto, o reinado de Maryse continuou com o recorde de reinado mais longo da história do título por cinco anos, até AJ Lee superá-lo em janeiro de 2014.[43]

Após perder o campeonato, Maryse foi submetida a uma cirurgia no joelho.[44] Ela retornou em 23 de novembro, no Raw, disfarçada como The Gobbledy Gooker, como cronometrista especial para um combate de equipes das Divas. Após o confronto, ela se revelou ao atacar a então campeã das Divas, Melina.[45] Na semana seguinte, Maryse fez seu retorno ao ringue aliando-se com Jillian Hall para derrotarem Kim e Melina.[46] No Raw de 7 de dezembro, Maryse derrotou Kim e após a luta, ela atacou Kelly Kelly, que foi salva por Melina.[1]

No começo de 2010, foi criado um torneio para coroar uma nova campeã das Divas, que estava vago devido a uma lesão de Melina, que foi obrigada a abdicar o título.[47] Maryse então derrotou Brie Bella e Eve Torres nas duas primeiras rodadas, avançando para a final.[48] [49] No pré-show do Royal Rumble, em 31 de janeiro, Maryse aliou-se com Katie Lea Burchill, Jillian Hall, Alicia Fox e Natalya contra Gail Kim, Kelly Kelly, Eve Torres e The Bella Twins (Nikki e Brie), mas acabaram perdendo.[50] Na final do torneio, que deveria ocorrer em 21 de fevereiro, no Elimination Chamber, Vickie Guerrero anunciou que Maryse e Gail Kim iriam lutar contra as LayCool (Michelle McCool e Layla), que venceram a luta após Maryse abandonar Kim e atacá-la logo em seguida.[51] [52] Na noite seguinte, no Raw, Maryse derrotou Kim na final do torneio, capturando o título pela segunda vez, se tornando na primeira lutadora a conquistar o Campeonato das Divas em mais de uma ocasião.[12] [53] [54]

No WrestleMania XXVI, Maryse fez parte da equipe vencedora de um combate de equipes com as LayCool, Alicia Fox e Vickie Guerrero contra Beth Phoenix, Mickie James, Gail Kim, Eve Torres e Kelly Kelly.[55] No entanto, na noite seguinte, no Raw, ela sofreu o pin de Torres em uma revanche.[56] Maryse perdeu o Campeonato das Divas para Torres no Raw de 12 de abril,[57] tentando sem sucesso reconquistar o título no Over the Limit e no Fatal 4-Way (que também envolvia Gail Kim e Alicia Fox, onde Fox venceu após fazer o pin em Maryse).[58] [59]

Manager de Ted DiBiase e NXT (2010–2011)[editar | editar código-fonte]

Maryse acompanhando Ted DiBiase ao ringue em dezembro de 2010.

No Raw de 21 de junho, após Ted DiBiase demitir Virgil em um segmento nos bastidores, Maryse se tornou na sua nova assistente pessoal.[60] No Money in the Bank, em 18 de julho, ela acompanhou DiBiase durante a luta Money in the Bank pelo contrato pelo Campeonato da WWE, onde tentou capturar a maleta, mas foi impedida por John Morrison.[61] [62] Junto com DiBiase, Maryse foi anunciada como mentora de Brodus Clay na quarta temporada do NXT em 30 de novembro.[63] No Raw de 13 de dezembro, ela competiu em uma battle royal para determinar a campeã do Slammy Award de Diva do Ano, mas foi eliminada por Natalya.[64] No episódio de 25 de janeiro de 2011 do NXT, Maryse e DiBiase foram dispensados como mentores de Clay após ele vencer uma luta que dava o direito do vencedor mudar de mentor, escolhendo então Alberto Del Rio como seu substituto.[65] No final de setembro de 2010, Maryse estava envolvida em uma história com Goldust, em que ele roubou o Campeonato Million Dollar de DiBiase,[66] [67] perdendo uma subsequente luta de duplas mistas contra Goldust e Aksana em 26 de outubro.[68]

Em 8 de março, Maryse se tornou co-apresentadora do NXT ao lado de Matt Striker.[69] Como parte da quinta temporada da competição, ela se envolveu em diversos enredos românticos; Yoshi Tatsu e Lucky Cannon disputaram sua atenção tentando vencer combates e a presenteando,[70] [71] com ela dispensando Tatsu, alegando ter interesse em dinheiro e não em pessoas,[72] e Cannon, quando descobriu que estava sendo presenteada com coisas baratas, resultando em sua eliminação da competição na mesma noite.[73] Em seguida, Maryse começou a ser presenteada por Hornswoggle, que achava que ela era sua admiradora secreta; no entanto, ela o humilhou em todas as ocasiões.[74] Em abril, DiBiase fez um ultimato a Maryse para ela escolher entre continuar com ele ou no NXT. Na semana seguinte, ela escolheu continuar no NXT, desfazendo a aliança entre eles no processo.[75] [76] No Raw de 2 de maio, Maryse teve um combate com Kelly Kelly interrompido por Kharma, que a atacou.[77] [78]

Em 25 de julho, Maryse perdeu uma luta de duplas junto com Melina contra Eve Torres e a campeã das Divas Kelly Kelly, fazendo desse seu último combate na WWE.[79] Em 24 de agosto, ela foi submetida a uma cirurgia de hérnia abdominal, ficando um tempo fora da programação.[80] [81] [82] Após dois meses de inatividade, Maryse foi liberada de seu contrato com a WWE em 28 de outubro.[83]

Circuito independente (2012–2013)[editar | editar código-fonte]

Em 5 de outubro de 2012, Maryse apareceu na Family Wrestling Entertainment (FWE) como comentarista durante o evento Back 2 Brooklyn.[84] Ela continuou fazendo aparições regulares nos eventos seguintes, em especial durante combates femininos.[85] [86] [87] Em 18 de outubro de 2013, ela também apareceu como comentarista no evento House of Hardcore 3, em uma luta envolvendo Ted DiBiase.[88] [89]

Retorno a WWE (2016–presente)[editar | editar código-fonte]

Em 4 de abril de 2016, no Raw após o WrestleMania 32, Maryse retornou durante um combate pelo Campeonato Intercontinental entre o campeão Zack Ryder e seu marido, The Miz. Durante a luta, ela estapeou o pai de Ryder, que esteva assistindo ao combate na plateia, distraindo-o e permitindo que Miz o derrotasse.[90] Ela se re-introduziu formalmente três dias depois, no SmackDown de 7 de abril, antes de mais uma vez ajudar Miz a manter o título contra Ryder.[91] Ela então começou a fazer várias promos junto de Miz durante os segmentos do "Miz TV", enquanto chamava eles mesmos de um "casal quente".[92] [93]

Outras mídias[editar | editar código-fonte]

Maryse em uma convenção no Wizard World Chicago em 2012.

Em abril de 2007, Ouellet apareceu junto de Ashley Massaro, Layla El, Brooke Adams, Torrie Wilson e Kelly Kelly no clipe da música "Throw It On Me" de Timbaland com The Hives.[94]

Ouellet também apareceu na edição de janeiro de 2009 da revista Muscle & Fitness junto com Eve Torres e Michelle McCool.[95] Ela e John Morrison foram entrevistados no Eurosport no mesmo ano. Ela também fez uma aparição especial no Redemption Song, com o lutador Chris Jericho como anfitrião, junto com Candice Michelle, Mickie James e Eve Torres.[96] Ela também apareceu em várias entrevistas e jornais, incluindo Tokyo Headline, e esteve na capa do Sessions Magazine em outubro de 2010.[97] [98]

Em 2012, Maryse esteve na capa do jornal mais famoso do Canadá, o Le Journal de Montréal.[99] Ela também esteve no MDA Show of Strength com The Miz e outras celebridades.[100] Em 2015, Ouellet atuou nos filmes Sharknado 3: Oh Hell No! e Santa's Little Helper, com o último estrelando seu esposo, The Miz.[100] No mesmo ano, ela apareceu no reality show WAGS do E!, uma série sobre a vida pessoal de esposas e namoradas de homens esportistas.[100] Em 2016, foi anunciado que Maryse estaria no elenco da sexta temporada do Total Divas, promovendo seu retorno para WWE.[101]

Ouellet aparece em três jogos eletrônicos da WWE. Sua estreia foi no WWE SmackDown vs. Raw 2010, aparecendo em seguida no WWE SmackDown vs. Raw 2011 e WWE '12.[102]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Filmes[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel Notas
1994 Octobre Pouilleuse Estreia em filme
2015 Sharknado 3: Oh Hell No! Oficial Davis Telefilme
Karla Sidney
Santa's Little Helper Melody Diretamente em vídeo
2016 Enter the Fist and the Golden Fleecing Macy Does Em produção
Delilah Amy Lannigan
Isle of the Dead Mikaela Usylvich Em produção
2017 The Marine 5: Battleground

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel Notas
2008 Redemption Song Ela mesma Aparição especial
2010 Musée Eden Religiosa no auditório 1 episódio
2011 Trauma Femme de Lemire 1 episódio
2012 Unité 9 Infirmière d'Yvon 2 episódios
2015 WAGS Ela mesma Episódio "Never Have I Ever"
2016–presente Total Divas Elenco principal (6ª temporada)[103] [104]

Web[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel Notas
2014 Wrestle Talk TV Ela mesma
2015 Tweet Out
Swerved Episódio "I Thought I Was Dead"

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Ouellet é trilíngue; ela é falante nativa de francês, fluente em inglês, e consegue ler espanhol, mas não sabe falar.[5] [6] Ouellet tem uma tatuagem do nome de seu pai, Guy, em seu punho esquerdo.[5] É graduada em administração e possui faixa preta em taekwondo.[1] Sua atriz favorita é Scarlett Johansson, suas bandas favoritas são Simple Plan e Nickelback, além de apreciar música techno.[105] Ouellet é defensora da causa dos direitos dos animais e dos direitos LGBT, e em 2011 posou para a campanha NOH8. Ela também é católica.[106]

A inspiração de Ouellet para se tornar uma lutadora profissional foi Lita.[107] Ela cita Lita e Victoria como suas oponentes dos sonhos.[108]

Em julho de 2011, Ouellet pediu proteção a um juiz em relação a um "fã alucinado" de 61 anos de idade, Lee Silber, entrando com um pedido de ordem de restrição permanente. Ela alegou que Silber havia lhe enviado "inúmeras cartas terríveis para sua casa e deixou mais de 50 mensagens de voz em seu celular, onde todas eram perturbadoras e delirantes." Nos documentos arquivados e em uma entrevista para a TMZ, Ouellet afirmou que "temia por sua vida". Ela também explicou que havia reforçado sua segurança pessoal, chamando Silber de um "stalker louco"... que precisa estar em um hospital psiquiátrico ou na prisão!". Em 3 de agosto, o tribunal concedeu-lhe a ordem de restrição.[109]

Depois de sua liberação da WWE em 2011, Ouellet anunciou seus planos para uma linha de roupas e jóias chamada House of Maryse.[110] [111] No fim de 2013, Ouellet começou a trabalhar como corretora de imóveis em Los Angeles, depois de passar um ano ganhando sua licença imobiliária.[110]

Em 2013, Ouellet ficou noiva de seu namorado de longa data e também lutador, Mike Mizanin, mais conhecido por seu nome de ringue The Miz; eles se casaram nas Bahamas em 20 de fevereiro de 2014.[112] [113] [114] O casal reside em Los Angeles, Califórnia.[110]

Na luta livre profissional[editar | editar código-fonte]

Maryse foi duas vezes campeã das Divas da WWE.

Campeonatos e prêmios[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e f g h i j k l m n o p Kamchen, Richard. «Maryse Ouellet». Slam! Sports (em inglês). Canadian Online Explorer. Consultado em 4 de julho de 2009. 
  2. «Bio» (em inglês). Official website (frenchkissmaryse.com). Consultado em 21 de dezembro de 2011. 
  3. a b c d e f g h i «Maryse's profile» (em inglês). Ohio Valley Wrestling. Arquivado desde o original em 27 de outubro de 2007. 
  4. a b c «Maryse» (em inglês). WWE. Consultado em 21 de dezembro de 2011. 
  5. a b c d e f g Kapur, Bob (12 de dezembro de 2009). «Maryse responda a questão do SLAM! Wrestling». Slam! Sports (em inglês). Canadian Online Explorer. Consultado em 27 de dezembro de 2009. 
  6. a b c d Rote, Andrew (22 de julho de 2008). «Fazendo a vida mais bonita» (em inglês). World Wrestling Entertainment. Arquivado desde o original em 22 de agosto de 2008. Consultado em 19 de setembro de 2009. 
  7. «WWE Raw Diva Search Action 2005 - Bio Information And Gallery - Maryse» (em inglês). Official Women of Wrestling. Arquivado desde o original em 24 de junho de 2009. Consultado em 20 de março de 2009. 
  8. Golden, Hunter (24 de junho de 2006). «Raw Results - 7/24/06 - Cleveland, OH (Hogan & Randy Orton, more)» (em inglês). Wrestleview. Consultado em 27 de maio de 2016. 
  9. Medalis, Kara A. «Mais Sonhos de Divas se tornam realidade» (em inglês). World Wrestling Entertainment. Arquivado desde o original em 24 de agosto de 2006. Consultado em 22 de junho de 2009. 
  10. a b c d e f g h i «Perfil de Maryse Ouellet» (em inglês). Online World of Wrestling. Arquivado desde o original em 28 de outubro de 2011. Consultado em 19 de setembro de 2009. 
  11. Caldwell, James (21 de maio de 2007). «WWE Raw 21/5» (em inglês). Pro Wrestling Torch. Consultado em 19 de setembro de 2009. 
  12. a b Wood, Darren (25 de novembro de 2011). «Maryse feliz em estar se mudando». Slam! Sports (em inglês). Canadian Online Explorer. Consultado em 21 de dezembro de 2011. 
  13. McNamara, Andy (8 de março de 2008). «Smackdown: Números Significam Muito Para 'Taker». Slam! Sports (em inglês). Canadian Online Explorer. Consultado em 26 de fevereiro de 2009. 
  14. McNamara, Andy (15 de março de 2008). «Smackdown: escapa da jaula». Slam! Sports (em inglês). Canadian Online Explorer. Consultado em 26 de fevereiro de 2009. 
  15. McNamara, Andy (29 de fevereiro de 2008). «Smackdown: última parada antes de Orlando». Slam! Sports (em inglês). Canadian Online Explorer. Consultado em 26 de fevereiro de 2009. 
  16. «WWE.com Exclusive: Noite de Cherry vai de ruim a pior» (em inglês). World Wrestling Entertainment. 2 de maio de 2008. Arquivado desde o original em 26 de fevereiro de 2009. Consultado em 26 de fevereiro de 2009. 
  17. Waldman, Jon (16 de maio de 2008). «Smackdown: Maryse faz sua estreia no ringue». Slam! Sports (em inglês). Canadian Online Explorer. Consultado em 25 de junho de 2009. 
  18. Campbell, Brandon (23 de maio de 2008). «Cherry recebe um doce chute de Maryse» (em inglês). World Wrestling Entertainment. Consultado em 23 de dezembro de 2008. 
  19. Passero, Mitch (6 de junho de 2008). «Sonhos da California» (em inglês). World Wrestling Entertainment. Consultado em 4 de março de 2009. 
  20. a b Adam, Martin. (5 de julho de 2008). "Smackdown Resultados - 4/7/08" (em inglês). WrestleView. Visitado em 9 de setembro de 2011.
  21. Medalis, Kara A. (15 de agosto de 2006). «Noite de Celebração» (em inglês). World Wrestling Entertainment. Consultado em 23 de dezembro de 2008. 
  22. Bishop, Matt (8 de setembro de 2008). «Unforgiven: McCool retem o título». Slam! Sports (em inglês). Canadian Online Explorer. Consultado em 4 de abril de 2009. 
  23. Burdick, Michael (16 de setembro de 2008). «Ataque de Moscow Mauler» (em inglês). World Wrestling Entertainment. Consultado em 26 de fevereiro de 2009. 
  24. Burdick, Michael (23 de setembro de 2008). «Maryse derrota a Campeã das Divas no ECW» (em inglês). World Wrestling Entertainment. Consultado em 26 de fevereiro de 2009. 
  25. Plummer, Dale; Tylwalk, Nick (24 de novembro de 2009). «Dois novos campeões no Survivor Series». Slam! Sports (em inglês). Canadian Online Explorer. Consultado em 15 de janeiro de 2013. 
  26. Rote, Andrew (14 de dezembro de 2008). «Resultados: Great Khali e Divas» (em inglês). World Wrestling Entertainment. Arquivado desde o original em 17 de dezembro de 2008. Consultado em 14 de dezembro de 2008. 
  27. Burdick, Michael (19 de novembro de 2009). «Feliz Natal para Maryse, a nova campeã das Divas!» (em inglês). World Wrestling Entertainment. Consultado em 26 de fevereiro de 2009. 
  28. Kamchen, Richard (24 de julho de 2009). «Maryse bate recorde». Slam! Sports (em inglês). Canadian Online Explorer. Consultado em 6 de agosto de 2009. 
  29. Burdick, Michael (26 de dezembro de 2008). «Mudança de título em Toronto» (em inglês). World Wrestling Entertainment. Consultado em 26 de fevereiro de 2009. 
  30. a b «Divas Champion Maryse retorna ao SmackDown» (em inglês). World Wrestling Entertainment. 23 de janeiro de 2009. Consultado em 26 de fevereiro de 2009. 
  31. McNamara, Andy (20 de fevereiro de 2009). «Smackdown: Edge domina». Slam! Sports (em inglês). Canadian Online Explorer. Consultado em 21 de Março de 2009. 
  32. Burdick, Michael (2009). «Maryse e Melina - Batalha de Campeãs» (em inglês). Online world of wrestling.com. Consultado em 6 de fevereiro de 2009. 
  33. Burdick, Michael (2009). «Maryse vs Melina» (em inglês). Wrestleview. Consultado em 1 de dezembro de 2013. 
  34. Burdick, Michael (2009). «Combate de equipe das Divas» (em inglês). WWE.com. Consultado em 1 de dezembro de 2013. 
  35. Parks, Greg (28 de março de 2009). «WWE SmackDown 27/3: Cobertura do MyNetwork TV Show». PW Torch (em inglês). TDH Communications Inc. Consultado em 6 de setembro de 2010. 
  36. «"Santina" Marella é a "Miss WrestleMania"» (em inglês). WWE. 5 de abril de 2009. Consultado em 15 de janeiro de 2013. 
  37. Parks, Greg (24 de abril de 2009). «WWE SmackDown 24/4: Dibiase & Rhodes vs. Batista & Shane». PW Torch (em inglês). TDH Communications Inc. Consultado em 6 de setembro de 2010. 
  38. Plummer, Dale (14 de abril de 2009). «Raw: Um novo recomeço na WWE». Slam! Sports (em inglês). Canadian Online Explorer. Consultado em 14 de abril de 2009. 
  39. Plummer, Dale (28 de abril de 2009). «Raw: Batista vs Orton». Slam! Sports (em inglês). Canadian Online Explorer. Consultado em 29 de abril de 2009. 
  40. Plummer, Dale (26 de maio de 2009). «RAW: Vince usa seu poder». Slam! Sports (em inglês). Canadian Online Explorer. Consultado em 4 de julho de 2009. 
  41. Plummer, Dale (8 de junho de 2009). «RAW: Batista machucado, Vicki desiste, Triple H retorna». Slam! Sports (em inglês). Canadian Online Explorer. Consultado em 4 de julho de 2009. 
  42. Elliott, Bryan (26 de julho de 2009). «Night of Champions: Punk e Maryse perdem seus títulos». Slam! Sports (em inglês). Canadian Online Explorer. Consultado em 31 de julho de 2009. 
  43. Caldwell, James (17 de janeiro de 2014). «AJ Lee bate recorde» (em inglês). Pro Wrestling Torch. Consultado em 21 de março de 2014. 
  44. Aldren, Mike (3 de setembro de 2009). «Maryse submetida a cirurgia». The Sun (em inglês). Consultado em 16 de setembro de 2009. 
  45. Plummer, Dale (20 de novembro de 2009). «RAW: Maryse retorna ao Raw». SLam! Sports (em inglês). Canadian Online Explorer. Consultado em 24 de novembro de 2009. 
  46. Adkins, Greg (29 de novembro de 2009). «Maryse continua a streak» (em inglês). World Wrestling Entertainment. Consultado em 1 de dezembro de 2009. 
  47. Stone, Tom Van (4 de janeiro de 2010). «Melina deixa o Campeonato das Divas devido lesão» (em inglês). WrestleView. Arquivado desde o original em 29 de junho de 2011. Consultado em 6 de setembro de 2010. 
  48. Plummer, Dale (4 de janeiro de 2010). «RAW: Bret Hart retorna». Slam! Sports (em inglês). Canadian Online Explorer. Consultado em 21 de março de 2014. 
  49. Plummer, Dale (26 de janeiro de 2010). «RAW: Royal Rumble». Slam! Sports (em inglês). Canadian Online Explorer. Consultado em 21 de março de 2014. 
  50. Caldwell, James (31 de janeiro de 2010). «CALDWELL'S WWE ROYAL RUMBLE PPV REPORT 1/31: Ongoing "virtual time" coverage Rumble match, Sheamus vs. Orton, Undertaker vs. Mysterio» (em inglês). PW Torch. Consultado em 27 de maio de 2016. 
  51. Martin, Adam (21 de fevereiro de 2010). «Card do WWE Elimination Chamber» (em inglês). WrestleView. Arquivado desde o original em 29 de junho de 2011. Consultado em 6 de setembro de 2010. 
  52. Plummer, Dave; Tylwalk, Nick (12 de agosto de 2010). «Batista, Jericho e Michaels capitalizam o Elimination Chamber». Slam! Sports (em inglês). Canadian Online Explorer. Consultado em 6 de setembro de 2010. 
  53. a b «História do Campeonato das Divas: Maryse» (em inglês). World Wrestling Entertainment. 22 de fevereiro de 2010. Arquivado desde o original em 22 de fevereiro de 2012. Consultado em 24 de fevereiro de 2010. 
  54. Plummer, Dale (22 de fevereiro de 2010). «RAW: WrestleMania se aproxima». Slam! Sports (em inglês). Canadian Online Explorer. Consultado em 24 de fevereiro de 2010. 
  55. Plummer, Dale; Tylwalk, Nick (29 de março de 2010). «Undertaker termina a carreira de Shawn Michaels». Slam! Sports (em inglês). Canadian Online Explorer. Consultado em 14 de agosto de 2014. 
  56. Plummer, Dale (29 de março de 2010). «RAW: HBK promo». Slam! Sports (em inglês). Canadian Online Explorer. Consultado em 23 de abril de 2010. 
  57. Plummer, Dale (12 de abril de 2010). «RAW: Divas tem uma revanche». Slam! Sports (em inglês). Canadian Online Explorer. Consultado em 24 de maio de 2010. 
  58. Bishop, Matt (23 de maio de 2010). «Batista desaponta no Over the Limit». Slam! Sports (em inglês). Canadian Online Explorer. Consultado em 24 de maio de 2010. 
  59. Caldwell, James (20 de junho de 2010). «WWE News: Fatal Four-Way PPV com Divas» (em inglês). Pro Wrestling Torch. Consultado em 21 de junho de 2010. 
  60. Tylwalk, Nick (2 de junho de 2010). «Raw: Vince se inclui na saga NXT». Slam! Sports (em inglês). Canadian Online Explorer. Consultado em 2 de junho de 2010. 
  61. «Results:"Miz-ter" Money in the Bank» (em inglês). World Wrestling Entertainment. Consultado em 19 de julho de 2010. 
  62. Caldwell, James (18 de julho de 210). «Resultados do Money in the Bank 2010» (em inglês). Pro Wrestling Torch. Consultado em 14 de junho de 2011. 
  63. Bishop, Matt (30 de novembro de 2010). «WWE NXT: Terceira temporada termina com WWE Diva como campeã». Slam! Sports (em inglês). Canadian Online Explorer. Consultado em 1 de dezembro de 2010. 
  64. Keller, Wade (14 de dezembro de 2010). «13/12: Prêmio Slammy, David Arquette retorna, Veredito de Barrett em Cena, TLC promo e muito mais!» (em inglês). Pro Wrestling Torch. Consultado em 1 de abril de 2011. 
  65. Bishop, Matt (26 de janeiro de 2011). «WWE NXT: Rookies batalham pela chance de um novo pro». Slam! Sports (em inglês). Canadian Online Explorer. Consultado em 15 de janeiro de 2013. 
  66. Keller, Wade (4 de outubro de 2010). «Keller's WWE Raw report 10/4: John Cena joins The Nexus, wrestles as Nexus, reads statement regarding joining Nexus». Pro Wrestling Torch (em inglês). Consultado em 20 de outubro de 2010. 
  67. Sokol, Bryan (25 de outubro de 2010). «Cena central to Bragging Rights; Smackdown wins again». Slam! Sports (em inglês). Canadian Online Explorer. Consultado em 3 de novembro de 2010. 
  68. «WWE NXT: October 26, 2010» (em inglês). WWE. Arquivado desde o original em 18 de junho de 2014. Consultado em 1 de maio de 2014. 
  69. Bishop, Matt (9 de março de 2011). «WWE NXT: Novos participantes definidos». Slam! Sports (em inglês). Canadian Online Explorer. Consultado em 11 de março de 2011. 
  70. Bishop, Matt (11 de maio de 2011). «WWE NXT: Regal finalmente tem um combate com Novak». Slam! Sports (em inglês). Canadian Online Explorer. Consultado em 21 de dezembro de 2011. 
  71. Bishop, Matt (21 de junho de 2011). «WWE NXT: Ryder faz uma aparição surpresa». Slam! Sports (em inglês). Canadian Online Explorer. Consultado em 21 de dezembro de 2011. 
  72. Caldwell, James. «Resultados do NXT 17/5: Cobertura da quinta temporada - Primeira eliminação» (em inglês). PW Torch. Consultado em 28 de agosto de 2011. 
  73. Caldwell, James. «Cobertura da quinta temporada - última eliminação» (em inglês). PW Torch. Consultado em 28 de agosto de 2011. 
  74. Caldwell, James (26 de Julho de 2011). «Caldwell's WWE NXT Resultados 26/7» (em inglês). Pro Wrestling Torch. Consultado em 28 de janeiro de 2015. 
  75. WrestlingNewsWorld.com. «WWE NXT resultados (12/4/11) - Yoshi Tatsu consegue A GAROTA!» (em inglês). Wrestling News World. Consultado em 12 de abril de 2011. 
  76. Bishop, Matt (9 de março de 2011). «Spoilers do NXT». Slam! Sports (em inglês). Canadian Online Explorer. Consultado em 11-03-2011. 
  77. Plummer, Dale (2 de maio de 2011). «Raw: Feliz Aniversário The Rock». Slam! Sports (em inglês). Canadian Online Explorer. Consultado em 3 de maio de 2011. 
  78. Parks, Greg (6 de maio de 2011). «Celebração de Christian pelo título conquistado». Pro Wrestling Torch (em inglês). Consultado em 6 de maio de 2011. 
  79. «Perfil de Maryse no Pro FightDb» (em inglês). 2010. Consultado em 24 de maio de 2016. 
  80. «Motivo da ausência de Maryse no Raw» (em inglês). Diva Dirt. 2 de agosto de 2011. Arquivado desde o original em 25 de dezembro de 2013. Consultado em 2 de agosto de 2011. 
  81. «WWE Diva em cirurgia» (em inglês). Pro Wrestling Torch. 25 de agosto de 2011. Consultado em 26 de junho de 2011. 
  82. Martin, Adam (25 de agosto de 2011). «WWE Diva fará cirurgia na quarta-feira» (em inglês). WrestleView. Arquivado desde o original em 28 de agosto de 2011. Consultado em 21 de dezembro de 2011. 
  83. «Maryse liberada de seu contrato» (em inglês). WWE. 28 de outubro de 2011. Consultado em 28 de outubro de 2011. 
  84. «Back 2 Brooklyn» (em inglês). Family Wrestling Entertainment. Arquivado desde o original em 18 de fevereiro de 2013. Consultado em 21 de fevereiro de 2013. 
  85. Johnson, Mike (28 de julho de 2012). «Tommy Dreamer Wins Gold: Complete FWE "X" Coverage From Long Island» (em inglês). PWInsider. Consultado em 20 de outubro de 2013. 
  86. Johnson, Mike. «FWE: No Limits IPPV cobertura completa» (em inglês). PWInsider. Consultado em 17 de fevereiro de 2013. 
  87. «No Limit» (em inglês). Family Wrestling Entertainment. Consultado em 27 de maio de 2016. 
  88. «FWE» (em inglês). Family Wrestling Entertainment. 
  89. «Show Results – 10/12 FWE in Brooklyn, N.Y.: Morgan vs. J-Mo como evento principal, DiBiase retorna ao ringue vs. Cabana, Jarrett, A-Love, Masters, Young Bucks, Carlito e muito mais» (em inglês). PW Torch. 13 de outubro de 2013. 
  90. Richard, Trionfo (4 de abril de 2016). «WWE RAW: QUEM É O DESAFIANTE?, QUEM NÃO FEZ SUA ESTREIA ATRAVÉS DO NXT? CELEBRAÇÃO DO WRESTLING FEMININO E RETORNO». PWInsider (em inglês). Consultado em 5 de abril de 2016. 
  91. a b Richard, Trionfo (8 de abril de 2016). «WWE SMACKDOWN: OWENS E JERICHO VERSUS STYLES E CESARO, PROMO DE CORBIN, REIGNS E STYLES SE ENCARAM, VAUDEVILLAINS FAZEM SUA ESTREIA E MAIS». PWInsider (em inglês). Consultado em 9 de abril de 2016. 
  92. Decker, Kyle. «Resultados do WWE SmackDown (7 de abril de 2016): The Miz vs. Zack Ryder» (em inglês). Cageside Seats. Consultado em 7 de abril de 2016. 
  93. Kahrs, Alex (14 de abril de 2016). «RESULTADOS DO WWE SMACKDOWN – 14/4/16 (SAMI ZAYN VS. CHRIS JERICHO NO EVENTO PRINCIPAL, TORNEIO PELO COMBATE PELO CAMPEONATO DE DUPLAS CONTINUA)» (em inglês). Wrestleview. Consultado em 16 de abril de 2016. 
  94. Medalis, Kara A. (20 de abril de 2007). «A mulher mais sexy em Los Angeles» (em inglês). World Wrestling Entertainment. Arquivado desde o original em 22 de junho de 2007. Consultado em 21 de abril de 2007. 
  95. Medalis, Kara A. (8 de dezembro de 2008). «SmackDown Divas posam para 'Muscle & Fitness'» (em inglês). World Wrestling Entertainment. Consultado em 16 de setembro de 2009. 
  96. Stevens, Lee (20 de abril de 2009). «Under The Microscope – 17/4 WWE Smackdown: Mudanças de talentos em brands» (em inglês). Pro Wrestling Torch. Consultado em 16 de setembro de 2009. 
  97. «Hidden Effort de WWE Maryse». Tokyo Headline (em inglês). Japan Style. 5 de agosto de 2010. Consultado em 31 de agosto de 2013. 
  98. «Revista "Sessions" com Maryse Ouellet». Sessions Magazine (em inglês). 5 de outubro de 2011. Consultado em 31 de agosto de 2013. 
  99. «"Le Journal de Monstréal" com Maryse Ouellet». Celebrity (em inglês). 31 de janeiro de 2012. Consultado em 11 de outubro de 2015. 
  100. a b c «Maryse Ouellet» (em inglês). Internet Movie Database. Consultado em 25 de março de 2015. 
  101. «WWE Novidades: Maryse, Lana e Renee Young adicionadas ao elenco do ‘WWE Total Divas’» (em inglês). The Inquisitr News. Consultado em 6 de abril de 2016. 
  102. Corey, Clayton (2 de setembro de 2011). «Elenco do "WWE '12" é revelado!» (em inglês). WWE.com. Consultado em 5 de abril de 2016. 
  103. «'Total Bellas' para o E!, novas 'Total Divas' anunciadas». WWE.com (em inglês). WWE. 18 de abril de 2016. Consultado em 18 de abril de 2016. 
  104. Petski, Denise (18 de abril de 2016). «‘Total Divas’ promoverá 'Total Bellas' no E!». Deadline.com (em inglês). Penske Media Corporation. Consultado em 18 de abril de 2016. 
  105. Zack, Zeigler (5 de julho de 2006). «Conhecendo mais sobre: Maryse Ouellet» (em inglês). WWE.com. Consultado em 5 de maio de 2016. 
  106. «Perfil de Maryse Ouellet no famousVcard» (em inglês). 
  107. «Maryse fala sobre saída da WWE, ordem de restrição, Divas com quem ela quer trabalhar» (em inglês). Pro Wrestling Torch. 5 de janeiro de 2012. Consultado em 12 de abril de 2012. 
  108. A. Medalis, Kara (24 de agosto de 2006). «More Diva dreams come true» (em inglês). WWE. Arquivado desde o original em 4 de março de 2009. Consultado em 27 de maio de 2016. 
  109. «WWE Diva: Eu temo 'Stalker Louco' Quer Me Matar!!!» (em inglês). TMZ. 27 de julho de 2011. 
  110. a b c Linder, Zack (17 de janeiro de 2014). «Entrevista com Maryse» (em inglês). WWE. Consultado em 27 de maio de 2016. 
  111. Mizanin, Mike. «Exclusive: Maryse fala sobre partida da WWE e planos para o futuro» (em inglês). Arquivado desde o original em 15 de outubro de 2013. Consultado em 21 de julho de 2012. 
  112. Nesbitt, Cherylann. «Maryse e The Miz se casam em Bahamas» (em inglês). MTV. Consultado em 31 de agosto de 2013. 
  113. Donnelly, Matthew Scott. «ex-Campeão da WWE se casa com ex-Campeã das Divas» (em inglês). MTV. Consultado em 21 de março de 2014. 
  114. «WWE Superstar The Miz – Meu Casamento Foi Impressionante» (em inglês). TMZ. 22 de fevereiro de 2014. Consultado em 21 de março de 2014. 
  115. Waldman, Jon (25 de abril de 2009). «Smackdown: Reino Unido tem um forte episódio do SmackDown!». Slam! Sports (em inglês). Canadian Online Explorer. Consultado em 14 de fevereiro de 2010. 
  116. David, Stephens (4 de janeiro de 2010). «WWE Raw Results – 4/1/10» (em inglês). WrestleView. Consultado em 9 de abril de 2016. 
  117. David, Stephens (17 de maio de 2010). «WWE Raw Results – 17/05/10» (em inglês). WrestleView. Consultado em 9 de abril de 2016. 
  118. Tedesco, Mike (26 de dezembro de 2008). «Smackdown Results – 12/12/08 – Toronto, ON» (em inglês). Wrestleview. Consultado em 14 de julho de 2011. 
  119. Lennie, DiFino (23 de maio de 2008). «Smackdown resultados - 23/5/08 - Des Moines, IA (Undertaker/Chavo)» (em inglês). WrestleView. Consultado em 6 de abril de 2016. 
  120. Martin, Todd (4 de maio de 2009). «WWE Raw TV anunciado para 4 de maio» (em inglês). Wrestling Observer/Figure Four Online. Arquivado desde o original em 30 de julho de 2012. Consultado em 14 de fevereiro de 2010. 
  121. Mulligan, Ryan (13 de dezembro de 2008). «Ryan Mulligan do Smackdown TV anunciado para 12 de dezembro» (em inglês). Wrestling Observer/Figure Four Online. Arquivado desde o original em 29 de junho de 2012. Consultado em 14 de fevereiro de 2010. 
  122. Keller, Wade (26 de julho de 2011). «Keller's WWE Night Of Champions PPV notícia 26/7: Resultados, notas, opinião, observações» (em inglês). Pro Wrestling Torch. Consultado em 14 de julho de 2011. 
  123. a b Tedesco, Mike. «Smackdown Results – 12/19/08 – Baltimore, MD» (em inglês). Wrestleview. Arquivado desde o original em 27 de novembro de 2011. Consultado em 14 de julho de 2011. «Maryse aplica perfeitamente forearm seguido por um spinning backbreaker. Kurt Angle feliz!» 
  124. Tedesco, Mike. «Smackdown resultados – 20/2/09» (em inglês). Wrestleview. Consultado em 5 de julho de 2014. 
  125. a b c Adam, Martin. (16 de maio de 2016). "Smackdown Resultados – 08/05/16 – Grand Rapids, MI – (6 contra 1 Handicap)" (em inglês). Visitado em 6 de abril de 2016.
  126. David, Stephens (6 de dezembro de 2010). «WWE Raw resultados – 6/12/10» (em inglês). WrestleView. Consultado em 5 de abril de 2016. 
  127. David, Stephens (17 de janeiro de 2011). «WWE Raw resultados – 17/1/11» (em inglês). WrestleView. Consultado em 5 de abril de 2016. 
  128. Mike, Tedesco (25 de julho de 2008). «Smackdown resultados- 25/07/08 - Philadelphia ('Undertaker' está de volta...)» (em inglês). WrestleView. Consultado em 3 de outubro de 2015. 
  129. «WWE Superstars resultados: Money trouble» (em inglês). WWE. 21 de fevereiro de 2011. Consultado em 15 de janeiro de 2013. 
  130. a b «Prévia: Luta pelo Campeonato das Divas da WWE» (em inglês). World Wrestling Entertainment. 7 de setembro de 2008. Arquivado desde o original em 22 de abril de 2009. Consultado em 21 de março de 2009. 
  131. Burdick, Michael (5 de setembro de 2015). «Set to Scramble» (em inglês). World Wrestling Entertainment. Consultado em 21 de março de 2009. 
  132. «Maryse Ouellet Mizanin» (em inglês). IMDb. 
  133. «WWE: Pourquoi? (Maryse) - Single» (em inglês). iTunes. Consultado em 27 de setembro de 2015. 
  134. «WWE: I Came to Play (The Miz) - Single» (em inglês). iTunes. Consultado em 19 de abril de 2016. 
  135. Martin, Adam (11 de setembro de 2008). «PWI Top 50 Female Wrestlers list» (em inglês). WrestleView. Consultado em 12 de setembro de 2008. 
  136. «Spoilers do Smackdown em Toronto» (em inglês). Wrestling Observer/Figure Four Online. 23 de dezembro de 2008. Arquivado desde o original em 24 de dezembro de 2008. Consultado em 23 de dezembro de 2008. 
  137. Plummer, Dale (22 de fevereiro de 2010). «RAW: Maryse vence o Campeonato das Divas pela segunda vez». Slam! Sports (em inglês). World Wrestling Entertainment. Consultado em 24 de fevereiro de 2010. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Maryse Ouellet