Massacre (Marvel Comics)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde dezembro de 2009).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Massacre
Nome original Onslaught
Poder(es) Superforça
Telepatia
Telecinese
Magnetocinese
Manipulação de seres vivos
Criado por Scott Lobdell
Mark Waid
Andy Kubert
Primeira aparição X-Man #15 (Maio de 1996)
Editor(es) Marvel Comics
Projecto Banda desenhada  · Portal Marvel Comics

Massacre (Onslaught, no original) é um vilão do Universo Marvel Comics. Criado pelos escritores Scott Lobdell e Mark Waid e desenvolvido pelo artista Andy Kubert com a ajuda de outras de dúzias de artistas. Ele inicialmente apareceu nos quadrinhos na década de 90. Foi o responsável pela Saga Massacre Marvel, que começou em Massacre: X- Men e terminou em Massacre: Universo Marvel e que culminou nos eventos mostrados em Heróis Renascem. O personagem apareceu pela primeira vez em X- Men (Volume 2) #54. Ele é a fusão dos personagens Charles Xavier e Magneto.

No início sua natureza não era clara, ele foi derrotado apenas graças aos esforços combinados de toda a comunidade Marvel.

História[editar | editar código-fonte]

Tudo começou durante a saga Atrações Fatais, onde Magneto retira o adamantium do esqueleto de Wolverine através de seus poros, depois deste tentar matá-lo, pois Magneto estava ameaçando vidas inocentes com força letal. Em resposta, o Professor Xavier desativou a mente de Magneto psiquicamente. Quando isto aconteceu a Magneto, a sua essência mais maligna foi transferida para o ego suprimido de Xavier. Esta pequena parte elementar da psiquê de Magneto enraizou-se no lado negro da mente de Xavier, onde sua ira reprimida pela intolerância da humanidade com os mutantes foi enterrada. Esta foi a semente que cresceria e se tornaria o ser diabólico conhecido como Massacre (esses fatos foram mostrados em X-Men (Volume 2) # 25 e Fantásticos X-Men).

A entidade ficou adormecida até a primeira história da Era do Apocalipse terminar. Nesta fase, um grande número de fracassos se acumulou na vida de Xavier, tais como sua incapacidade em regenerar Dentes de Sabre que fugiu da mansão X e quase matou a mutante Psylocke (salva graças à Aurora Rubra). Além do crescimento da histeria anti-mutante com os eventos da Era Apocalipse. Além disso, um ser chamado Nate Grey( filho de Ciclope e Jean Grey, depois descoberto) arrancou a forma astral de Xavier do plano astral, devido a um mal entendido. De algum modo este ato libertou a entidade psiônica escondida que estava lutando para se dividir de Xavier e ter vida própria. Despercebido, o diabólico Massacre estava agora livre para colocar em prática seus planos contra a humanidade.

Depois de manifestar seu poderes cósmicos, Massacre liberou seu poder supremo sobre a Terra, tencionado eliminar a humanidade e conceder o controle da Terra aos mutantes, numa versão deturpada do ideal de Magneto. Porém, após conhecer a realidade da "Era do Apocalipse" e ver o que os mutantes fizeram com o planeta, ele concluiu que nenhuma forma de vida era digna e decidiu causar o Genocídio Planetário, ou seja, destruir todas as formas de vida inteligentes da Terra.

Para este fim, ele planejou capturar dois dos mais poderosos mutantes existentes: Nate Grey (detentor de enormes poderes psiônicos) e Franklin Richards (capaz de alterar a realidade). Assumindo a forma do Senhor Sinistro, ele os raptou facilmente, aprisionando-os em uma cidadela em Nova Iorque para que, assim, pudesse utilizar seus poderes. Paralelamente, seus agentes Post, Holocausto, o Fera Negro e até mesmo Blob (aprimorado pelo vilão) atuavam como seus agentes de campo, enfrentando os heróis e diminuindo a resistência ao seu líder.

Porém, Massacre foi confrontado pelas forças combinados dos Vingadores, Quarteto Fantástico, X-Men, Hulk e surpreendentemente Doutor Destino. Porém, ele só foi derrotado com a interferência de Franklin Richards, que o mandou para outra dimensão.

Poderes[editar | editar código-fonte]

Massacre é enorme e tem um uniforme similar ao de Magneto. Sua força é incalculável, possui extraordinária inteligência e vastos poderes psiônicos, magnéticos e telepáticos . Seus poderes são equivalentes aos do Professor X, Magneto, Franklin Richards, e de Nate Grey somados e em proporções gigantescas. Sua força física é insana, conforme foi mostrado quando literalmente arrancou a Pedra de Cytorrak do peito do Fanático, e o arremessou até o outro lado dos Estados Unidos, e também quando enfrentou um Hulk sem sofrer influência de Banner, pois teve Banner "desligado" por Jean Grey, que aumentou sua força e resistência a um nível jamais visto. Entretanto, Massacre conseguiu derrotar o Hulk perdendo apenas sua armadura .