Massacre de Malmedy

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Massacre de Malmedy foi um crime de guerra onde 84 prisioneiros de guerra norte-americanos foram assassinados por tropas alemãs durante a Segunda Guerra Mundial. O massacre aconteceu em 17 de dezembro de 1944, por membros da Kampfgruppe Peiper (subordinada à 1ª Divisão Panzer da SS), uma unidade de combate nazista, durante a Batalha das Ardenas.[1]

O massacre, assim como outros perpetrados naquele dia ou nos dias seguintes, foram levados a julgamento no chamado Julgamento do Massacre de Malmedy, como parte do Julgamento de Dachau em 1946.[2]

Fotos do massacre[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Cole, Hugh M. (1965). "Chapter V: The Sixth Panzer Army Attack". The Ardennes. United States Army in World War II, The European Theater of Operations (Washington, D.C.: Office of the Chief of Military History). 
  2. MacDonald, Charles (1984). A Time For Trumpets: The Untold Story of the Battle of the Bulge Bantam Books [S.l.] ISBN 0-553-34226-6. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Segunda Guerra Mundial é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.